Frankfurt marca cinco ao Bristol

O tricampeão Frankfurt bateu por 5-0 o Bristol, na primeira mão dos quartos-de-final da UEFA Women's Champions League.

A goleadora Dzsenifer Marozsán numa disputa de bola
A goleadora Dzsenifer Marozsán numa disputa de bola ©Getty Images

O tricampeão 1. FFC Frankfurt deu um passo de gigante rumo às meias-finais da UEFA Women's Champions League, após golear o Bristol Academy WFC na primeira mão, por 5-0.

O Bristol, estreante nos quartos-de-final e que perdeu várias jogadoras desde que eliminou o FC Barcelona nos oitavos-de-final, lutou bravamente mas chegou ao intervalo a perder, por culpa dos golos de Verónica Boquete e de Bianca Schmidt. Dzsenifer Marozsán, a suplente Mandy Islacker e Kerstin Garefrekes fizeram os restantes tentos, assegurando uma vantagem confortável para o jogo da segunda mão, no domingo, na Alemanha.

O Frankfurt viu-se obrigado a fazer uma alteração na equipa antes do jogo, devido à lesão da defesa Kathrin-Julia Hendrich no aquecimento, abrindo o caminho para a titularidade de Maria Crnogorčević. As visitantes cedo começaram a criar perigo e aos 25 minutos foram compensadas com uma grande penalidade, quando após perder a bola Georgia Evans rasteirou Schmidt – contudo, o remate de Célia Šašić foi defendido por Mary Earps.

No entanto, as visitantes chegaram à vantagem quando Garefrekes isolou Boquete, que calmamente bateu Earps. E com o Frankfurt insatisfeito com a vantagem, aumentou-a ao cair da primeira parte, com Boquete a assistir Schmidt, que bateu a guardiã do Bristol junto ao primeiro poste.

Após o intervalo, a equipa alemã não baixou o ritmo e o Bristol raramente conseguiu criar perigo, apesar de ter feito entrar Hayley Ladd e Sharla Passariello, contratadas no mercado de Inverno. Uma poderosa finalização de Marozsán fez o terceiro golo, aos 66 minutos, com Boquete novamente na assistência. Dois minutos volvidos após render Šašić, Islacker aproveitou uma bola perdida para marcar também, fazendo o quarto tento do Frankfurt. Islacker esteve igualmente no lance do 5-0, rematando ao travessão, com Garefrekes a fechar a contagem na recarga.

Topo