O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

UEFA Women's Champions League: jogadoras a observar na Jornada 3

Escolhemos quatro avançadas que poderão desempenhar um papel vital nesta jornada.

UEFA

Algumas das maiores estrelas do futebol feminino, bem como vários jovens talentos, estão em exibição na nova fase de grupos da UEFA Women's Champions League.

Traçamos o perfil de algumas das avançadas que podem deixar marca no fecho da primeira volta.

Jordyn Huitema (Paris Saint-Germain, avançada)

Campeão olímpica de futebol pelo Canadá, estreou-se como profissional no Paris, com apenas 18 anos. Avançada versátil, apontou o primeiro "hat-trick" pelo clube na segunda ronda da fase de grupos, em apenas 18 minutos.

Caroline Møller (Real Madrid, avançada)

Contratada ao Inter no Verão, não demorou muito a mostrar serviço, tendo tal como Huitema marcado um "hat-trick" na segunda jornada. Forte no jogo aéreo e nas disputas de bola, é capaz de manter a posse sob pressão e possui boa capacidade de remate.

Caroline Graham Hansen (Barcelona, avançada)

A sua contratação ao Wolfsburgo mostrou que o Barcelona queria afirmar-se a nível europeu. E assim foi, com a norueguesa a ser decisiva no título ganho em 2020/21, assistindo para o golo que deu a final e marcando no jogo decisivo frente ao Chelsea.

Nicole Billa (Hoffenheim, avançada)

A Frauen-Bundesliga sempre teve grandes goleadoras e a austríaca Billa é a mais recente, com os seus 23 golos na época passada decisivos para o apuramento europeu do Hoffenheim. Deu a vitória frente ao Valur na qualificação e ante o HB Køge na primeira jornada.