Apuramento histórico para o Ouriense

Portugal vai ter pela primeira vez uma equipa na fase a eliminar, após o Ouriense ter ganho o seu grupo de qualificação, enquanto Raheny e Medyk Konin também seguem em frente.

Milena Nikolić (à esquerda) fixou um novo recorde de golos na competição pelo Spartak
Milena Nikolić (à esquerda) fixou um novo recorde de golos na competição pelo Spartak ©Bojan Arsić/ŽFK Spartak

Portugal vai ter pela primeira vez uma equipa na fase a eliminar da UEFA Women's Champions League, isto depois do Clube Atlético Ouriense, actual campeão e vencedor da Taça de Portugal, ter garantido o primeiro lugar no respectivo grupo de qualificação, ao fim de apenas dois jogos. Feito idêntico foi também assegurado pelas irlandesas do Raheny United FC e pelas polacas KKPK Medyk Konin, que irão estar também pela primeira vez na sua história na fase seguinte da prova.

Os grupos concluem-se esta quinta-feira, com todo os jogos agendados para as 16h00 (de Portugal Continental). Os vencedores dos oito grupos, mais os dois segundos classificados com melhor registo frente ao primeiro e terceiro do respectivo grupo, juntam-se às 22 equipas automaticamente apuradas para o sorteio dos 16 avos-de-final e oitavos-de-final, agendado para 22 de Agosto.

A jogar em casa, o Clube Atlético Ouriense selou o apuramento para a fase seguinte graças ao triunfo por 2-1 sobre o ASA Tel-Aviv University SC. O equilíbrio revelou-se a nota dominante da partida que colocou frente-a-frente as duas equipas que tinham vencido os respectivos encontros da primeira jornada do Grupo 8, no sábado. No entanto, a expulsão de Arava Shahaf aos 51 minutos, por acumulação de cartões amarelos, facilitou a tarefa das portuguesas, que viram a missão ainda mais simplificada com nova expulsão do lado das adversárias, com Moran Levi, desta feita, a ver o cartão vermelho 15 minutos mais tarde.

Mariana Coelho saltou então do banco de suplentes para fazer o 1-0 três minutos depois e, apesar de Danielle Leige Paz ainda ter restabelecido a igualdade à passagem do minuto 79, na recarga a um livre cobrado por Sarit Shenar, o Ouriense acabou mesmo por fazer valer a superioridade numérica. À entrada do tempo de compensação, Pisco rematou de fora da área e bateu a guarda-redes contrária, Hanit Schwarz.

O triunfo do Ouriense chegou para garantir desde logo a qualificação, uma vez que o R. Standard de Liège, derrotado pela equipa lusitana há dois dias, bateu o Cardiff Met LFC por 10-0, num jogo em que Aline Zeller assinou cinco golos. O conjunto da Bélgica dominou o desafio graças ao seu futebol de passes longos para as costas da defesa do Cardiff Met e à técnica apurada de Tessa Wullaert.

Resultados e classificações
Grupo 1

Grupo 2

Grupo 3

Grupo 4

Grupo 5

Grupo 6

Grupo 7

Grupo 8

Topo