Alívio sueco e Wolfsburgo fixa novo recorde

As suecas do Tyresö e do Malmö seguiram em prova, as campeãs do Wolfsburgo fixaram um novo recorde enquanto o Barcelona deu trabalho ao Brøndby, com 12 das 32 equipas já eliminadas.

As atletas do Zurique festejam um golo marcado ao Sparta
As atletas do Zurique festejam um golo marcado ao Sparta ©Pavel Jiřík

As formações suecas do Tyresö FF e FCR Malmö seguiram ambas em frente na UEFA Women's Champions League, no dia em que 12 das 32 equipas ficaram, esta quarta-feira, apuradas para a fase seguinte.

Nos outros jogos, sortes diferentes para as duas equipas dinamarquesas, um novo recorde fixado pelo VfL Wolfsburg, enquanto o Olympique Lyonnais e o 1. FFC Turbine Potsdam resolveram as respectivas eliminatórias com triunfos por 6-0. O UEFA.com mostra-lhe a acção da última noite, com os restantes quatro duelos a serem disputados esta quinta-feira.

Paris Saint-Germain FC 0-0 Tyresö FF (total: 1-2)
Em vantagem na eliminatória por 2-1, as estreantes nas competições europeias fizeram uma exibição compacta na capital francesa, não permitindo ao PSG mais do que poucas oportunidades para marcar. Marie-Laure Delie, antes do intervalo, forçou Ashlyn Harris a uma defesa após remate de Laure Boulleau que embatera na barra, no melhor lance da partida para a equipa de Farid Benstiti.

Fortuna Hjørring 2-0 UPC Tavagnacco (total: 4-3)
O Fortuna foi melhor começou a vencer numa cabeçada de Kur Larsen, pouco antes do intervalo, definindo o rumo da eliminatória num remate esplêndido de Laura Rus, aos 81 minutos. Uma falha eléctrica no estádio fez o jogo atrasar-se seis minutos, sendo que o Fortuna tem como próxima missão, contra o Tyresö, evitar a quinta eliminação consecutiva nos oitavos-de-final.

Brøndby IF 2-2 FC Barcelona (total: 2-2, Barcelona apurado devido aos golos marcados fora)
O Brøndby esteve bem na semana passada quando conseguiu segurar o 0-0, cedo assumindo o domínio do jogo na partida da segunda mão, criando aos 42 segundos, por intermédio de Sanne Troelsgaard, a primeira situação de golo. Tento que, apenas aos 25 minutos Anja Thorsen materializou.

O Barcelona surgiu melhor após o intervalo, com Marta Corredera a repor o empate aos 52 minutos. Jelena Čanković complicou a vida para as dinamarquesas ao fazer o 2-1 para as catalãs, com Simone Boye Sørensen a restabelecer a igualdade nos descontos, mas sem conseguir inverter o rumo da eliminatória.

AC Sparta Praha (CZE) 1-1 FC Zürich Frauen (total: 2-3)
O Barcelona vai ter como adversário o Zurique, que esteve a ganhar graças a uma jogada protagonizada por duas jovens: a lateral-esquerda Karin Bernet, de 18 anos, executou um belo cruzamento para a finalização de cabeça de Mirjine Selimi, de 16. A bem organizada defesa suíça só foi batida no início da segunda parte, após a entrada em jogo de Lucie Hloupá.

Iva Mocová, de longe, aos 66 minutos, fez um belo golo e deu esperança às checas, ficando estas, pouco depois, reduzidas a dez por expulsão de Tereza Krejčiříková

1. FFC Turbine Potsdam 6-0 MTK Hungária FC (total: 11-0)
As duas vezes campeãs Potsdam demoraram 62 minutos a abrir o marcador. Mas após o golo de Asano Nagasato, Nataša Andonova e Antonia Göransson ampliaram a vantagem em três minutos. O trio repetiu a pontaria nos últimos seis minutos do jogo.

Olympique Lyonnais 6-0 FC Twente (total: 10-0)
As finalistas vencidas na época passada colocaram-se em vantagem por Laetitia Tonazzi, cujo remate abriu o activo aos 13 minutos. Louisa Nécib ampliou num disparo a 30 metros da baliza, 12 minutos depois. Élise Bussaglia e Le Sommer também marcaram após o intervalo antes de Lotta Schellin e Rapinoe, ambas saídas do banco, fecharem a contagem.

VfL Wolfsburg 13-0 Pärnu JK (total: 27-0)
As campeãs fixaram um novo recorde em provas da UEFA frente à primeira equipa da Estónia a jogar esta fase. Lyn Meyer fez um "hat-trick", tendo sido imitada por Conny Pohlers, que elevou a sua marca pessoal na prova para 48 golos.

FCR Malmö 5-0 LSK Kvinner FK (total: 8-1)
Ramona Bachmann apontou um excelente golo que se juntou aos dois de Manon Melis e de Anja Mittag, que se tornou na segunda jogadora a marcar mais de 40 golos nas competições femininas da UEFA. À sua frente segue a sua antiga colega no Postdam, Pohlers, a quem vai tentar ultrapassar quando o Malmö enfrentar o Wolfsburgo nos oitavos-de-final.

ASD Torres Calcio 3-1 FSK St. Pölten-Spratzern (total: 5-3)
A equipa italiana, há uma semana, conseguiu o empate no derradeiro minute através de Sabrina Marchese, mas, desta vez, um espectacular remate de pé esquerdo de Sandy Maendly colocou cedo as locais a vencer. Patrizia Panico permitiu depois a Giulia Domenichetti marcar o 30º golo europeu da sua carreira, com a suplente Sandy Iannella a ampliar antes de Lisa Makas fazer o golo solitário das visitantes. 

SV Neulengbach 1-1 Apollon Limassol LFC (total: 3-2)
O Apollon revelou-se incapaz de desfazer a desvantagem trazida do jogo da primeira mão, com o Neulengbach a colocar-se em vantagem aos 58 minutos, por Alexandra Bíróová. Seguiu-se a resposta cipriota com Sinead Farrelly a fazer o empate a 13 minutos do fim, sem conseguir, contudo, forçar o prolongamento.

Birmingham City LFC 1-0 PK-35 Vantaa (total: 4-0)
O Birmingham dominou toda a primeira parte, com Kirstly Linnett a ver os seus remates interceptados por várias vezes, enquanto Karen Carney teve um remate que passou perto do alvo. O marcador funcionou cinco minutos depois do recomeço após uma combinação entre Chelsea Weston e Carney, com a defesa-central a rematar já dentro da área.

FK Zorkiy Krasnogorsk 4-1 Thór/KA (total: 6-2)
O Birmingham terá pela frente o Zorkiy que, com um começo brilhante e que lhe permitiu marcar três vezes em 12 minutos, depressa tirou as islandesas da discussão da eliminatória. A extremo-direito Elena Morozova fez o golo inaugural aos 22 minutos, e logo depois, Maria Ruiz assistiu Vira Dyatel. Nick Ashley fez o terceiro após lance individual de Morozova e apesar das visitantes terem reduzido através da capitã Arna Ásgrímsdóttir, Mautz depressa repôs a diferença em lance individual.

Jogos de quinta-feira
RTP Unia Racibórz (POL) 1-2 Konak Belediyesi (TUR)
Glasgow City LFC (SCO) 2-2 R. Standard de Liège (BEL)
FC Rossiyanka (RUS) 4-2 ŽFK Spartak Subotica (SRB)
Arsenal LFC (ENG) 7-1 WFC SSHVSM Kairat (KAZ)

Sorteio dos oitavos-de-final (9/10 e 13/14 de Novembro)
Barcelona - Zürich
Konak/Unia - Neulengbach
Fortuna - Tyresö
Spartak/Rossiyanka - Torres
Potsdam - Lyon
Zorkiy - Birmingham
Malmö - Wolfsburgo
Kairat/Arsenal - Standard/Glasgow

Repórteres: Chris Burke, Rasmus Munch, Brian Serup, Ondřej Zlámal, Marc Uhlmann, Sylvain Lartaud, Harry Jurkschat, Ulf Nilsson, Ben Gladwell, Ernst Schneider, Steve Carpenter e Evgen Shuvaev

Topo