Grings adianta Duisburgo

O Duisburgo tem um pé nos oitavos-de-final, depois de Inka Grings ter marcado quatro golos na vitória por 5-0 em casa do CSHVSM, com o Rayo Vallecano e o Juvisy Essonne a estarem também perto do apuramento.

Inka Grings marcou quatro dos cinco golos com que o Duisburgo venceu no Cazaquistão
Inka Grings marcou quatro dos cinco golos com que o Duisburgo venceu no Cazaquistão ©Peter Seeger

Quatro golos de Inka Grings garantiram ao FCR 2001 Duisburg uma confortável vantagem sobre o CSHVSM na primeira mão dos 16 avos-de-final da UEFA Women's Champions League.

Grandes rivais na Liga alemã, o 1. FFC Turbine Potsdam iniciou a defesa do seu título com um claro triunfo por 9-0 em casa do Åland United, mas  o Duisburgo, a quem o Potsdam sucedeu como campeão europeu, respondeu com uma vitória igualmente tranquila, ao ganhar por 5-0 no terreno do CSHVSM, do Cazaquistão, estreante na prova. Grings, que se estreou nas competições europeias na temporada 2008/09, ajudando o Duisburgo a erguer a Taça UEFA Feminina, é agora a quinta melhor marcadora de sempre das provas femininas de clubes da UEFA, com 27 golos marcados, e soma 16 nos dez encontros oficiais disputados pela sua equipa na presente temporada. O outro golo do Duisburgo teve a assinatura de Simone Laudeh.

Breidablik e FCF Juvisy Essonne, que tal como o Duisburgo tiveram de passar pela fase de qualificação, voltaram a medir forças, depois de terem empatado 3-3 na anterior fase da competição. Tal como nessa ocasião, o encontro voltou a realizar-se na Islândia, mas, desta feita, o resultado foi bem menos equilibrado. Sandrine Soubeyrand colocou as visitantes na frente e golos de Gaëtane Thiney e Laëtitia Tonazzi já na segunda parte garantiram à formação francesa uma convincente vitória por 3-0.

A outra equipa islandesa em prova, o Valur Reykjavík, partiu confiante para a sua visita ao terreno do Rayo Vallecano, depois de ter celebrado recentemente a conquista do seu quinto título consecutivo de campeã nacional, mas foi surpreendida e categoricamente derrotada em Madrid. A capitã Natalia inaugurou o marcador logo aos quatro minutos e, depois, golos de Adriana e Jenifer Hermoso ampliaram a vantagem da formação espanhola. No outro encontro dos 16 avos-de-final disputado esta quinta-feira, a consistência defensiva do MTK Hungária FC permitiu à equipa magiar segurar o nulo em Budapeste, diante do Everton.

Sint-Truidense VV e AC Sparta Praha defrontam-se na próxima quinta-feira, na conclusão dos jogos da primeira mão. As partidas da segunda mão decorrerão a 13 e 14 de Outubro, tendo sido já realizado o sorteio dos oitavos-de-final.

Topo