O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Quartos-de-final da Women's Champions League: Conheça as equipas

Conheça as oito equipas que vão disputar os quartos-de-final da UEFA Women's Champions League em Março.

Os oito participantes na fase a eliminar
Os oito participantes na fase a eliminar UEFA

Com o caminho rumo à final da UEFA Women's Champions League, em Bilbau, definido apresentamos o perfil dos oito participantes.

Caminho até Bilbau: Embates dos quartos-de-final e meias-finais

Quartos-de-final

Primeira mão:

Terça-feira, 19 de Março
Ajax - Chelsea (17h45)
Benfica - Lyon (20h00)

Quarta-feira, 20 de Março
Häcken - Paris Saint-Germain (17h45)
Brann - Barcelona (20h00)

Segunda mão:

Quarta-feira, 27 de Março
Lyon - Benfica (17h45)
Chelsea - Ajax (20h00)

Quinta-feira, 28 de Março
Barcelona - Brann (17h45)
Paris Saint-Germain - Häcken (20h00)

Horas de Portugal Continental

Meias-finais (20/21 e 27/28 de Abril)

1: Brann/Barcelona - Ajax/Chelsea
2: Benfica/Lyon - Häcken/Paris Saint-Germain

Final (25 de Maio, San Mamés, Bilbau)

Vencedor da meia-final 1 - Vencedor da meia-final 2

Ajax - Chelsea

  • Nunca se defrontaram nas competições da UEFA.

Ajax (NED)

Ranking UEFA (final de 2022/23): 29
Como se qualificou: campeão dos Países Baixos; V3-0 vs Dinamo-BSUPC, V8-0tot vs Zurique
Fase de grupos: segundo classificado do Grupo C (V2-0 c vs Paris Saint-Germain, D0-3 f vs Roma, E1-1 f vs Bayern, V1-0 c vs Bayern, D1-3 f vs Paris Saint-Germain, V2-1 c vs Roma)
Melhor marcadora na fase de grupos: Romée Leuchter e Tiny Hoekstra (2)
Época passada: Ronda 2
Palmarés nacional: 3 x Liga neerlandesa, 5 x Taça dos Países Baixos
Melhor na Europa: Oitavos-de-final (2018/19)
Registo nos quartos-de-final: Estreante

  • O Ajax parecia um "outsider" num grupo que continha três dos clubes presentes nos quartos-de-final da época passada, mas às brilhantes vitórias em casa contra o Paris Saint-Germain e contra o Bayern seguiu-se uma reviravolta para ultrapassar a Roma. Os jogos disputados na Johan Cruijff ArenA foram assistidos por um total de quase 50.000 pessoas, o maior número de qualquer equipa na fase de grupos.
  • É a primeira equipa dos Países Baixos a chegar à fase de grupos e apenas a segunda a atingir os quartos-de-final, depois do Saestum em 2006/07.
Caminhada do Ajax rumo aos quartos-de-final: Todos os golos

Chelsea (ENG)

Ranking UEFA (final de 2022/23): 6
Como se qualificou: campeão de Inglaterra
Fase de grupos: vencedor do Grupo D (E2-2 f vs Real Madrid, V4-1 c vs Paris FC, E0-0 c vs Häcken, V3-1 f vs Häcken, V2-1 c vs Real Madrid, V4-0 f vs Paris FC)
Melhor marcadora na fase de grupos: Sam Kerr (5)
Época passada: Meias-finais
Palmarés nacional: 6 x Liga inglesa, 5 x Taça de Inglaterra
Melhor na Europa: Finalista vencido (2020/21)
Registo nos quartos-de-final: V4 D0

Quartos-de-final anteriores
2022/23: V2-2tot, 4-3pen vs Lyon (V1-0 f, D1-2ap f)
2020/21: V5-1tot vs Wolfsburgo (V2-1 c, C3-0 f, ambas as mãos em Budapeste)
2018/19: V3-2tot vs Paris Saint-Germain (V2-0 c, D1-2 f)
2017/18: V5-1tot vs Montpellier (V2-0 f, V3-1 c)

  • Mesmo tendo perdido por lesão Sam Kerr, autora de um hat-trick em casa contra o Paris FC, durante a fase de grupos, o Chelsea conseguiu apurar-se novamente em grande estilo. A ausência de Kerr, no entanto, foi reforçada com o regresso, após lesão, de Catarina Macario, da recém-chegada atacante Mayra Ramírez e da defesa Nathalie Björn.
  • Esta é a oitava e última campanha europeia sob o comando da treinadora Emma Hayes, dos Estados Unidos, depois de ter falhado por pouco a presença numa segunda final na época passada, após uma meia-final renhida contra o Barcelona.
Caminhada do Chelsea rumo aos quartos-de-final: Todos os golos

Benfica - Lyon

  • As duas equipas defrontaram-se na fase de grupos de 2021/22, tendo o Lyon vencido os dois jogos por 5-0.

Benfica (POR)

Ranking UEFA (final de 2022/23): 23
Como se qualificou: campeão de Portugal; V8-1 vs Cliftonville, V4-0 vs SFK Rīga, V11-0tot vs Apollon LFC
Fase de grupos: Segundo classificado do Grupo A (D0-5 f vs Barcelona, V1-0 c vs Rosengård, V1-0 c vs Eintracht Frankfurt, E1-1 f vs Eintracht Frankfurt, E2-2 f vs Rosengård, E4-4 c vs Barcelona
Melhor marcadora na fase de grupos: Marie Alidou (4)
Época passada: Fase de grupos
Palmarés nacional: 3 x Liga portuguesa, 1 x Taça de Portugal
Melhor na Europa: Fase de grupos (2021/22, 2022/23)
Registo nos quartos-de-final: Estreante

  • Com uma evolução rápida desde a primeira época na modalidade, em 2018/19, e a estreia na Europa, em 2020/21, o Benfica fez história para Portugal. A chave foi a vitória em casa contra o tetracampeão Frankfurt e depois o empate fora 1-1 em que a guarda-redes alemã Lena Pauels negou a vitória às suas compatriotas ao defender uma grande penalidade no último minuto. Terminou com um emocionante empate 4-4 contra o Barcelona, em que o Benfica recuperou de uma desvantagem de dois golos, mas viu -lhe negada a vitória nos descontos.
  • Até 2021/22, nenhuma equipa portuguesa tinha integrado as 16 melhores em qualquer formato da prova; o Benfica fê-lo em três épocas consecutivas e esta é agora a sua primeira presença nos quartos-de-final.
Caminhada do Benfica rumo aos quartos-de-final: Todos os golos

Lyon (FRA)

Ranking UEFA (final de 2022/23): 2
Como se qualificou: campeão de França
Fase de grupos: vencedor do Grupo B (V9-0 f vs Slavia Praga, V2-0 c vs St. Pölten, V3-1 c vs Brann, E2-2 f vs Brann, V1-0 f vs St. Pölten, E2-2 c vs Slavia Praga)
Melhor marcadora na fase de grupos: Kadidiatou Diani e Ada Hegerberg (5)
Época passada: Quartos-de-final
Palmarés nacional: 16 x Liga francesa, 10 x Taça de França
Melhor na Europa: Vencedor (2010/11, 2011/12, 2015/16, 2016/17, 2017/18, 2018/19, 2019/20, 2021/22)
Registo nos quartos-de-final: V12 D2

Quartos-de-final anteriores
2022/23: D2-2tot, 3-4pen vs Chelsea (D0-1 c, V2-1ap f)
2021/22: V4-3tot vs Juventus (D1-2 f, V3-1 c)
2020/21: D2-2tot golos fora vs Paris Saint-Germain (V1-0 f, D1-2 c)
2019/20: V2-1 vs Bayern (n, Bilbau)
2018/19: V6-3tot vs Wolfsburgo (V2-1 c, V4-2 f)
2017/18: V3-1tot vs Barcelona (V2-1 c, V1-0 f)
2016/17: V2-1tot vs Wolfsburgo (V2-0 f, D0-1 c)
2015/16: V9-1tot vs Slavia Praga (V9-1 c, E0-0 f)
2012/13: V8-0tot vs Rosengård (V5-0 c, V3-0 f)
2011/12: V8-0tot vs Brøndby (V4-0 c, V4-0 f)
2010/11: V1-0tot vs Zvezda-2005 (E0-0 f, V1-0 c)
2009/10: V3-1tot vs Torres (V3-0 c, D0-1 f)
2008/09: V9-1tot vs Bardolino Verona (V5-0 f, V4-1 c)
2007/08: V3-2tot vs Arsenal (E0-0 c, V3-2 f)

  • O Lyon qualificou-se com duas jornadas por disputar, apesar de ter deixado escapar uma vantagem de dois golos no empate 2-2 com o Brann. Com Diani em alta desde que chegou ao clube e Hegerberg, a melhor marcadora da história da competição, em boa forma, o Lyon tem tudo para tentar tirar o título do Barcelona.
  • O clube francês bateu também mais um recorde na competição ao igualar o máximo do Arsenal de 15 presenças nos quartos-de-final.
Caminhada do Lyon rumo aos quartos-de-final: Todos os golos

Häcken - Paris Saint-Germain

  • Estas equipas defrontaram-se na ronda 2 da época passada, tendo o Paris passado à fase de grupos com uma vitória por 2-1 fora e por 2-0 em casa.

Häcken (SWE)

Ranking UEFA (final de 2022/23): 24
Como se qualificou: Segundo classificado na Liga sueca; V4-3tot vs Twente
Fase de grupos: Segundo classificado do Grupo D (V2-1 f vs Paris FC, V2-1 c vs Real Madrid, E0-0 f vs Chelsea, D1-3 c vs Chelsea, E0-0 c vs Paris FC, V1-0 f vs Real Madrid)
Melhor marcadora na fase de grupos: Rosa Kafaji (3)
Época passada: Ronda 2
Palmarés nacional: 1 x Liga sueca, 3 x Taça da Suécia
Melhor na Europa: Quartos-de-final (2011/12, 2012/13)
Registo nos quartos-de-final: V0 D2

Quartos-de-final anteriores
2012/13: D1-4tot vs Juvisy* (D0-1 c, D1-3 f)
2011/12: D2-3tot vs Arsenal (D1-3 c, V1-0 f)

*Conhecido agora como Paris FC

  • Poucos dias antes do início da fase de grupos, o Häcken viu o título sueco ser-lhe negado pelo Hammarby devido à diferença de golos, num final de campeonato emocionante, mas respondeu com um início soberbo num grupo difícil. Depois de vencer o Paris e o Real Madrid, empatou com o Chelsea (a única outra equipa que os Blues não venceram em casa em todas as competições em 2023 foi o Barcelona) e venceu na capital espanhola, garantindo assim os primeiros quartos-de-final em 11 anos.
  • Conhecido como Gotemburgo até à sua fusão com o Häcken em 2021, o clube passou à fase de grupos pela segunda vez sob a nova designação, depois de ter somado apenas três pontos há dois anos. É a primeira equipa sueca a passar a fase de grupos.
Caminhada do Häcken rumo aos quartos-de-final: Todos os golos

Paris Saint-Germain (FRA)

Ranking UEFA (final de 2022/23): 4
Como se qualificou: Segundo classificado na Liga francesa; V4-2tot vs Manchester United
Fase de grupos: vencedor do Grupo C (D0-2 f vs Ajax, D0-1 c vs Bayern, V3-1 c vs Roma, V2-1 f vs Roma, V3-1 c vs Ajax, E2-2 f vs Bayern)
Melhor marcadora na fase de grupos: Marie-Antoinette Katoto (4)
Época passada: Quartos-de-final
Palmarés nacional: 1 x Liga francesa, 3 x Taça de França
Melhor na Europa: Finalista vencido (2014/15, 2016/17)
Registo nos quartos-de-final: V6 D2

Quartos-de-final anteriores
2022/23: D1-2tot vs Wolfsburgo (D0-1 c, E1-1 f)
2021/22: V4-3tot vs Bayern (V2-1 f, E2-2ap c)
2020/21: V2-2tot golos fora vs Lyon (D0-1 c, V2-1 f)
2019/20: V2-1 vs Arsenal (n, San Sebastián)
2018/19: D2-3tot vs Chelsea (D0-2 f, V2-1 c)
2016/17: V4-1tot vs Bayern (D0-1 f, V4-0 c)
2015/16: V1-0tot vs Barcelona (E0-0 f, V1-0 c)
2014/15: V7-0tot vs Glasgow City (V2-0 f, V5-0 c)

  • Depois de derrotar o estreante Man United nas qualificação, o Paris (assim como o rival da cidade) recuperou rapidamente após duas derrotas na fase de grupos e conquistou o primeiro lugar com um emocionante empate 2-2 com o Bayern numa luta até os últimos segundos. Apesar de ter perdido Kadidiatou Diani para o Lyon no Verão, Katoto está de volta à sua melhor forma, isto após ter perdido toda a época passada devido a lesão.
  • O Chegou pelo menos aos quartos de final nove vezes em dez temporadas (só falhou em 2017/18, quando não estava na Europa).
Caminhada do Paris rumo aos quartos-de-final: Todos os golos

Brann - Barcelona

  • Nunca se defrontaram nas competições da UEFA.

Brann (NOR)

Ranking UEFA (final de 2022/23): 64
Como se qualificou: campeão da Noruega; V5-0 vs Lokomotiv Stara Zagora, V3-0 vs Anderlecht, V6-0tot vs Glasgow City
Fase de grupos: Segundo classificado do Grupo B (V2-1 f vs St. Pölten, V1-0 c vs Slavia Praga, D1-3 f vs Lyon, E2-2 c vs Lyon, V1-0 f vs Slavia Praga, V2-1 c vs St. Pölten)
Melhor marcadora na fase de grupos: Justine Kielland (3)
Época passada: Round 2
Palmarés nacional: 2 x Liga norueguesa, 2 x Taça da Noruega
Melhor na Europa: Ronda 2 (2022/23)
Registo nos quartos-de-final: Estreante

  • O Brann demonstrou a sua capacidade contra o Anderlecht e o Glasgow City na fase de qualificação e começou bem no seu grupo. Impressionou também na derrota em Lyon e, na semana seguinte, tornou-se na primeira equipa de sempre a evitar uma derrota por dois golos de diferença contra o gigante francês desde que este se tornou no Olympique Lyonnais Féminine em 2004, com Signe Gaupset a empatar nos descontos. O triunfo contra o Slavia confirmou o apuramento antes da vitória no último jogo contra o St. Pölten.
  • Primeira equipa norueguesa a atingir a fase de grupos, está apenas na sua segunda campanha europeia. Anteriormente conhecido como IL Sandviken, era a única equipa na fase de grupos que nunca tinha chegado aos oitavos-de-final em qualquer formato e tinha o coeficiente mais baixo de todos os participantes na fase de grupos.
Caminhada do Brann rumo aos quartos-de-final: Todos os golos

Barcelona (ESP, campeão)

Ranking UEFA (final de 2022/23): 1
Como se qualificou: Detentor do troféu, campeão de Espanha
Fase de grupos: vencedor do Grupo A (V5-0 c vs Benfica, V3-1 f vs Eintracht Frankfurt, V6-0 f vs Rosengård, V7-0 c vs Rosengård, V2-0 c vs Eintracht Frankfurt, E4-4 f vs Benfica)
Melhor marcadora na fase de grupos: Salma Paralluelo (5)
Época passada: Vencedor
Palmarés nacional: 8 x Liga espanhola, 9 x Taça de Espanha
Melhor na Europa: Vencedor (2020/21, 2022/23)
Registo nos quartos-de-final: V6 D3

Quartos-de-final anteriores
2022/23: V6-1tot vs Roma (V1-0 f, V5-1 c)
2021/22: V8-3tot vs Real Madrid (V3-1 f, V5-2 c)
2020/21: V4-2tot vs Manchester City (V3-0 c jogado em Monza, D1-2 f)
2019/20: V1-0 vs Atlético (n, Bilbau)
2018/19: V4-0tot vs LSK Kvinner (V3-0 c, V1-0 f)
2017/18: D1-3tot vs Lyon (D1-2 f, D0-1 c)
2016/17: V3-0tot vs Rosengård (V1-0 f, V2-0 c)
2015/16: D0-1tot vs Paris Saint-Germain (E0-0 c, D0-1 f)
2013/14: D0-5tot vs Wolfsburgo (D0-3 c, D0-2 f)

  • Única equipa que ficou no primeiro lugar do seu grupo nas três épocas desde o início do actual formato, em 2021/22. Passou incólume pela fase de grupos, mas precisou de um golo no último minuto para empatar 4-4 com o Benfica.
  • Recuperou o título na época passada com uma reviravolta fantástica ao vencer o Wolfsburgo, por 3-2, em Eindhoven.
Caminhada do Barcelona rumo aos quartos-de-final: Todos os golos

Os vencedores das taças dizem respeito apenas às taças principais de cada país.

App da Women's Champions League