O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Lyon 3-2 Paris: Bis de Macario dá vantagem ao OL na meia-final

A primeira mão da meia-final 100 por cento francesa proporcionou um grande espectáculo e cinco golos, com o Lyon a vencer em casa por 3-2.

Watch how seven-time winners Lyon came from behind to beat Paris and earn the advantage in their all-French semi-final.
Resumo: Lyon 3-2 Paris

Vai estar tudo em aberto no próximo sábado, no Parc des Princes, depois de o Lyon ter recebido e vencido o Paris Saint-Germain por 3-2 na primeira mão deste embate das meias-finais da UEFA Women's Champions League que coloca frente a frente duas equipas francesas.

O jogo em poucas palavras: Duelo gaulês com muita emoção

 Marie-Antoinette Katoto marcou primeiro para o Paris Saint Germain
Marie-Antoinette Katoto marcou primeiro para o Paris Saint GermainUEFA via Getty Images

O Lyon foi quem mais oportunidades de golo criou, mas foi o Paris o primeiro a marcar, no seu primeiro remate à baliza, com Katoto a trabalhar bem dentro da grande área contrária e a rematar para o golo inaugural da partida, que colocou as visitantes em vantagem. Mas, a meio da primeira parte, Barbora Votíková, guarda-redes do Paris, derrubou Melvine Malard e Renard não perdoou na conversão da respectiva grande penalidade.

Pouco depois, à passagem da meia hora, Ada Hegerberg, com um grande passe, isolou Macario e esta não perdoou, colocando o Lyon pela primeira vez na frente. Macario viria a bisar no arranque do segundo tempo, desta feita aproveitando uma confusão da defesa contrária. Só que o Paris reacendeu ainda as suas esperanças de lutar pela eliminatória quando Malard tocoou com a mão na bola dentro da sua própria grande área e Dudek não perdoou na transformação do respectivo castigo máximo, reduzindo para penas um golo a desvantagem das parisienses. Uma desvantagem que elas irão agora tentar reverter no sábado, e voltar assim a eliminar o Lyon, tal como fizeram nos quartos-de-final na temporada passada.

Como tudo aconteceu: Lyon - Paris

Melhor em Campo VISA: Catarina Macario (Lyon)

Reacções

Sonia Bompastor, treinadora do Lyon: “Gostaríamos de ter mantido a vantagem de dois golos. Ainda assim, vamos saborear a vitória, mesmo que tenhamos de aprender as lições desta partida para o jogo da segunda mão. Faltou-nos algum equilíbrio. Temos uma semana para recuperar e estarmos prontas."

Didier Ollé-Nicolle, treinador do Paris: "Esperávamos um início difícil, com as nossas adversárias a pressionarem muito. Foi o que aconteceu e não estávamos suficientemente calmas, mesmo tendo tido a sorte de marcar primeiro. Depois disso, não jogámos bem o suficiente e os erros que cometemos causaram-nos dificuldades."

 Wendie Renard chegou aos 100 jogos nas provas europeias de clubes
Wendie Renard chegou aos 100 jogos nas provas europeias de clubesUEFA via Getty Images

Estatísticas-chave

  • Wendie Renard tornou-se na primeira jogadora a chegar aos 100 jogos nas provas femininas de clubes da UEFA (todas pelo Lyon).
  • O golo Renard foi o seu 31º nas provas europeias, colocando-a como uma das 15ª melhores marcadoras de sempre.
  • Macario, internacional pelos EUA, leva oito jogos seguidos a marcar pelo clube e selecção.
  • Os 22,774 espectadores que estiveram no estádio constituem a oitava maior assistência de sempre na história da competição e a quinta excluindo finais (dessas cinco, quatro foram já nesta edição da prova).

"Onzes"

Lyon: Endler; Carpenter, Buchanan, Renard, Bacha (Morroni 66); Horan, Macario, Henry; D Cascarino (Laurent 90+2), Hegerberg, Malard (Le Sommer 66)

Paris: Votíková; Lawrence (De Almeida 86), Ilestedt, Dudek, Karchaoui; Fazer (Folquet 79), Geyoro, Däbritz; Diani, Katoto, Baltimore (Bachmann 77)

O que se segue?

A segunda mão joga-se no Parc des Princes no próximo sábado. Quem seguir em frente defrontará Wolfsburgo ou Barcelona na final, marcada para o Juventus Stadium, em Turim, a 21 de Maio.