O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Lyon 3-1 Juventus (total: 4-3): Hegerberg, Malard e Macario valem 12ª meia-final ao OL

Ada Hegerberg, Melvine Malard e Catarina Macario marcaram os golos que colocaram o Lyon nas meias-finais pela 12ª vez, onde vão agora defrontar o Paris Saint-Germain.

Watch all the goals as Lyon edged past Juventus after overturning a first-leg deficit to secure a 4-3 aggregate victory.
Resumo: Lyon 3-1 Juventus

O Lyon virou a eliminatória depois da derrota por 2-1 sofrida na primeira mão, no terreno da Juventus, para garantir pela 12ª ocasião a presença em meias-finais da UEFA Women's Champions League, onde irá renovar a sua rivalidade com o Paris Saint-Germain.

Ada Hegerberg e Melvine Malard marcaram no espaço de três minutos ainda na primeira parte e Catarina Macario carimbou o triunfo antes de Andrea Stašková marcar o tento de honra da Juventus, que assim viu cair por terra de estender esta sua maior caminhada europeia de sempre até à final de Turim. O Paris colocou fim ao reinado de cinco títulos seguidos do Lyon há um ano, nos quartos-de-final, e agora as duas equipas vão voltar a encontrar-se na Europa, pela décima vez.

O jogo em poucas palavras: Lyon num nível acima

Ada Hegeberg cabeceia para o 1-0
Ada Hegeberg cabeceia para o 1-0AFP via Getty Images

As visitantes começaram por defender bem a vantagem na eliminatória, mas depois da meia hora, no espaço de três minutos, o Lyon mostrou a sua força pelos flancos e virou os acontecimentos. Hegerberg subiu mais alto ao segundo poste para dar o melhor seguimento a um cruzamento de Selma Bacha vindo da esquerda, antes de Malard marcar também de cabeça após cruzamento de Lindsey Horan da direita.

A meio da segunda parte, Macario, com um gesto técnico fantástico, girou sobre uma defesa no momento da recepção da bola e finalizou com êxito, ampliando a vantagem das sete vezes campeãs. Stašková ainda reacendeu a esperança da Juventus para os minutos finais, mas o Lyon segurou mesmo o apuramento.

Como tudo aconteceu: Lyon - Juventus


Melhor em Campo Visa: Ada Hegerberg (Lyon)

 Ada Hegerberg
Ada Hegerberg UEFA via Getty Images

Reacções

Sonia Bompastor, treinadora do Lyon: "Sabíamos, no início, que tínhamos 90 minutos para conseguir dar a volta aos acontecimentos. A ideia era não ter pressa. Sabíamos que as nossas oportunidades iriam surgir."

Joe Montemurro, treinador da Juventus: "Mostrámos que somos uma equipa que está a melhorar e que pode competir ao mais alto nível. Todos nós crescemos, a equipa e os técnicos. Agora queremos voltar mais fortes – e para isso precisamos de vencer a Serie A que, agora, é o nosso foco principal."

Principais estatísticas

  • O Lyon passou pela 12ª vez às meias-finais, em 15 presenças, registo que constitui um recorde.
  • Ada Hegerberg dilatou a sua vantagem como melhor marcadora da história da competição ao chegar aos 57 golos.
  • Wendie Renard disputou o seu 99º jogo nas competições europeias de clubes; nenhuma jogadora chegou ainda aos 100.
  • O Lyon disputou o seu 120º jogo na prova, mais 25 do que qualquer outro clube (o Arsenal, com 95 é o segundo da lista).

Equipas

Melvine Malard festeja o seu golo
Melvine Malard festeja o seu goloAFP via Getty Images

Lyon: Endler; Mbock Bathy (Cayman 76), Buchanan, Renard, Bacha; Horan, Egurrola (Henry 46), Macario (Gunnarsdóttir 87); D Cascarino, Ada Hegerberg, Malard

Juventus: Peyraud-Magnin; Lenzini (Lundorf 70), Gama, Sembrant, Boattin; Rosucci, Pedersen, Cernoia; Bonansea (Caruso 70), Girelli, Hurtig (Bonfantini 61)

O que se segue?

O Lyon vai defrontar o Paris Saint-Germain nas meias-finais, a 23/24 de Abril e 30 de Abril/1 de Maio.