O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Paris 2-2 Bayern (a.p, total 4-3): Bachmann veste a pele de heroína

Ramona Bachmann saltou do banco para marcar, no prolongamento, o golo que valeu ao Paris o empate no encontro e a vitória na eliminatória diante de uma assistência recorde para o clube no que a futebol feminino diz respeito.

Watch the late drama as substitute Ramona Bachmann scored the decisive goal in extra time to send Paris into the last four.
Resumo: Paris 2-2 Bayern

Um embate épico dos quartos-de-final da UEFA Women's Champions League ficou decidido a apenas oito minutos do fim do prolongamento, com Ramona Bachmann a marcar o golo que colocou o Paris Saint-Germain nas meias-finais pela terceira temporada consecutiva.

Muito desfalcado, o Bayern viu as adversárias marcarem primeiro num Parc des Princes com uma assistência recorde no que toca a futebol feminino naquele recinto, mas conseguiu virar o marcador e assim igualar a eliminatória, forçando o prolongamento. Aí, o golo de Bachmann fez a diferença para o Paris, que vai agora defrontar Lyon ou Juventus.

O jogo em poucas palavras: Emoção até ao fim

UEFA via Getty Images

Derrotado em casa há uma semana, na primeira mão, na Alemanha, o Bayern entrou no Parc des Princes determinado a virar os acontecimentos e até começou melhor, mas um remate feliz de Sandy Baltimore surpreendeu a guarda-redes Janina Leitzig e colocou o Paris em vantagem no encontro. As visitantes continuaram a recusar baixar os braços e empataram dois minutos depois, por intermédio de Saki Kumagai. O 1-2 que igualou a eliminatória surgiu a meio da segunda parte, num remate de Klara Bühl que sofreu um desvio em Lea Schüller.

A decisão seguiu então para o prolongamento, onde o Paris foi mais forte. Bachmann, que começou no banco, vinvou essa superioridade com um remate rasteiro, já de dentro da área, a oito minutos dos 120, ditando o desfecho de um encontro emocionante, ao qual assistiram 27,262 adeptos no Parc des Princes.

Como tudo aconteceu: Paris - Bayern


Melhor em Campo Visa: Ramona Bachmann (Paris)

 Ramona Bachmann com o troféu de Melhor em Campo VISA
Ramona Bachmann com o troféu de Melhor em Campo VISAUEFA via Getty Images

Reacções

Didier Ollé-Nicolle, treinador do Paris: "Queríamos melhorar relativamente à primeira mão, mas o mais importante era a nossa mentalidade - a mentalidade de trabalhar e sofrer juntos. Quando o Bayern liderava e controlava o jogo e tínhamos de ser fortes. As jogadoras mantiveram-se organizadas e atentas a qualquer oportunidade que pudesse ser decisiva."

Ramona Bachmann, melhor em campo, do Paris: "Foi um jogo difícil. Não começámos muito bem – não da forma que esperávamos. Na segunda parte estivemos melhor. Foi uma prestação fantástica de toda a equipa e um grande esforço. Penso que merecemos vencer no final."

Principais estatísticas

  • Bachmann disputou o seu 77 jogo na prova, estando agora entre as quintas jogadoras com mais partidas disputadas na competições; desde 2008/09, quando representava o Umeå, que não chegava aos quatro golos numa mesma campanha europeia.
  • A assistência de 27,262 espectadores constitui não só um recorde a nível de futebol feminino para o Paris, mas representa ao mesmo tempo o quinto jogo com mais espectadores da história da UEFA Women's Champions League.
  • Este foi o segundo embate franco-germânico desta época na prova a ir a prolongamento; no outro o Wolfsburgo tinha garantido um lugar na fase de grupos ao vencer por 3-0 no desempate por penáltis o Montpellier, depois de uma vitória caseira por 3-2 para cada lado.

Equipas

UEFA via Getty Images

Paris: Votíková; Lawrence, Dudek (De Almeida 106), Ilestedt, Karchaoui; Geyoro (Luana 119), Hamraoui (Bachmann 93), Diallo (Fazer 77); Diani, Katoto, Baltimore (Folquet 116)

Bayern: Leitzig; Glas, Viggósdóttir, Kumagai, Simon; Lohmann, Magull, Gwinn; Beerensteyn (Landenberger 105+1); Schüller, Büh

O que se segue?

O Paris Saint-Germain vai defrontar Juventus ou Lyon nas meias-finais, a 23/24 de Abril e 30 de Abril/1 de Maio.