O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Bayern 1-2 Paris Saint-Germain: Eficácia de Katoto faz a diferença

Marie-Antoinette Katoto bisou e o Paris leva uma vantagem de um golo para a partida da segunda mão, no seu estádio.

See how Klara Bühl struck late on to give Bayern hope for the second leg after they trailed to Marie-Antoinette Katoto's double.
Resumo: Bayern 1-2 Paris

A melhor marcadora de sempre do Paris Saint-Germain, Marie-Antoinette Katoto, fez a diferença na Fußball Arena München ao bisar e deixar o Bayern, que ainda reduziu a desvantagem, com muito trabalho pela frente para virar esta eliminatória dos quartos-de-final da UEFA Women's Champions League no jogo da segunda mão, dentro de uma semana, no Parc des Princes.

Como tudo aconteceu

O jogo em poucas palavras

Um golo de livre de Klara Bühl perto do final do jogo dá esperança ao Bayern para a segunda mão, depois de a turma alemã se ter visto em desvantagem fruto de um bis de Katoto perante 13 mil adeptos em Munique. O Bayern até entrou melhor no jogo, mas ficou em desvantagem quando Katoto rematou certeiro na recarga a um primeiro remate de Kadidiatou Diani à trave, no seguimento de um canto.

O Bayern ficou perto de empatar num remate de Sydney Lohmann, que havia saltado do banco pouco antes, mas o seu disparo acertou na trave e Katoto aproveitou para, depois, ampliar a vantagem do PSG, num cabeceamento certeiro ao primeiro poste após canto cobrado por Sandy Baltimore. A turma da casa voltou a reagir, Lohmann viu Barbora Votíková negar-lhe o golo, mas o Bayern reduziu mesmo, no tal disparo fortíssimo de Bühl, na transformação de um livre, que a guarda-redes forasteira não conseguiu travar.

Melhor em Campo VISA: Marie-Antoinette Katoto (Paris)

Reacções

Jens Scheuer, treinador do Bayern: "Acho que fomos a melhor equipa na primeira parte e estivemos muito bem a jogar pelos flancos, mas faltou o toque final. Defrontámos uma equipa de topo do futebol europeu, com muita qualidade. Penso que tivemos um desempenho fantástico."

Didier Ollé-Nicolle, treinador do Paris: "Foi uma boa primeira mão. Antes do jogo disse às jogadoras que seria difícil porque é o Bayern e a verdade é que elas tiveram muitas oportunidades. Elas jogam juntas há quatro ou cinco anos e são muito boas, por isso precisamos de ter isso em conta para a segunda mão."

Estatísticas-chave

  • O Paris somou a sétima vitória em sete jogos na presente edição da prova, e chegou aos 27 golos marcados sem sofrer nenhum antes de Bühl marcar para o Bayern.
  • Katoto chegou aos 11 golos pelo Paris em nove jogos em 2022.
  • O resultado coloca ponto final a uma série de oito vitórias caseiras consecutivas do Bayern nas provas europeias (com apenas um golo sofrido nesses oito jogos).
  • Este foi o primeiro jogo da equipa feminina do Bayern jogado na Fußball Arena München; foi presenciado por 13 mil adeptos.

Equipas iniciais

Bayern: Leitzig; Glas, Wenninger, Viggósdóttir, Gwinn (Simon 85); Magull (Dallmann 74), Zadrazil (Lohmann 63), Kumagai; Schüller (Damjanović 74), Bühl, Asseyi (Rall 63)

Paris: Votíková; Lawrence, De Almeida, Ilestedt, Karchaoui; Geyoro (Luana 85), Hamraoui, Däbritz (Diallo 41); Diani, Katoto (Huitema 85), Baltimore (Bachmann 75)

O que se segue?

A segunda mão joga-se no Parc des Princes na quarta-feira, 30 de Março, a partir das das 20h00 de Portugal continental. Quem vencer vai defrontar Juventus ou Lyon nas meias-finais, a 23/24 de Abril e 30 de Abril/1 de Maio.