O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Candidatas a Jogadora do Ano da UEFA: Hermoso, Martens, Putellas

Jenni Hermoso, Lieke Martens e Alexia Putellas, do Barcelona, são as candidatas ao prémio Jogadora do Ano da UEFA 2020/21.

Nomeadas para Jogadora do Ano da UEFA 2020/21
Nomeadas para Jogadora do Ano da UEFA 2020/21

Jenni Hermoso, Lieke Martens e Alexia Putellas, vencedoras da UEFA Women's Champions League com o Barcelona, são as nomeadas para o prémio Jogadora do Ano da UEFA 2020/21.

A vencedora será anunciada, tal como o Treinador do ano em futebol feminino da UEFA e os prémios por posição da UEFA Women's Champions League, durante o sorteio da fase de grupos da UEFA Champions League 2021/22, em Istambul, Turquia, na quinta-feira, dia 26 de Agosto.

Hermoso sagrou-se melhor marcadora da UEFA Women's Champions League e foi eleita para a Equipa da Época pela segunda vez seguida. Também foi a goleadora-mor do campeonato espanhol, pela terceira vez consecutiva, e em Dezembro tornou-se na melhor marcadora de sempre do Barcelona. Apontou nove golos no apuramento da Espanha para o UEFA Women's EURO de 2022 e ultrapassou Verónica Boquete como melhor marcadora da selecção.

Martens apontou os golos que apuraram o Barcelona para a final e fez uma assistência no jogo decisivo. Também marcou oito golos pelos Países Baixos e tornou-se apenas na terceira jogadora a marcar mais de 50 pelo país. Caso vença este prémio, imita Pernille Harder como vencedora em épocas consecutivas.

Putellas foi o motor do Barcelona, marcando e assistindo na final, sendo eleita para a Equipa da Época pela segunda vez em três campanhas. Tornou-se na primeira jogadora a marcar em Camp Nou e também facturou na final da Taça de Espanha. A nível de selecção, passou a integrar o lote de capitãs da Espanha e está perto de igualar Marta Torrejón como recordista de jogos.

UEFA Women's Champions League


Restantes integrantes na lista das dez primeiras

4 Vivianne Miedema (Arsenal/Países Baixos) – 32 pontos
5 Aitana Bonmatí (Barcelona/Espanha) – 29 pontos
6 Caroline Graham Hansen (Barcelona/Noruega) – 28 pontos
7 Sam Kerr (Chelsea/Austrália) – 18 pontos
= Fran Kirby (Chelsea/inglaterra/Grã Bretanha) – 18 pontos
9 Pernille Harder (Chelsea/Dinamarca) – 17 pontos
10 Irene Paredes (Paris Saint-German/França, actualmente no Barcelona) – 11 pontos

Como as jogadoras foram escolhidas

Resumo da final da UEFA Women's Champions League 2021: Chelsea 0-4 Barcelona
Resumo da final da UEFA Women's Champions League 2021: Chelsea 0-4 Barcelona

O prémio Melhor Jogadora do Ano da UEFA reconhece as melhores jogadoras, independentemente da nacionalidade, que representaram um clube no território de uma federação-membro da UEFA na época passada. As jogadores são avaliadas com base no desempenho em todas as competições de clubes e seleções.

A lista de três jogadoras foi formada por um júri composto pelos treinadores dos clubes que participaram nos oitavos-de-final da UEFA Women's Champions League 2020/21. Vinte jornalistas especializados em futebol feminino, escolhidos pelo grupo ESM, também fizeram parte do júri. Os treinadores não podiam votar em jogadoras das suas equipas.

As vencedoras anteriores são: Nadine Angerer (2013), Nadine Kessler (2014), Célia Šašić (2015), Ada Hegerberg (2016), Lieke Martens (2017), Pernille Harder (2018 e 2020) e Lucy Bronze (2019).