O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Pernille Harder sobre a caminhada do Chelsea e o duelo com o Barcelona

Pernille Harder fala ao UEFA.com sobre como está a ser a sua estreia no Chelsea e a final de domingo.

Pernille Harder
Pernille Harder UEFA via Getty Images

A 30 de Agosto do ano passado, Pernille Harder perdeu a final da UEFA Women's Champions League pela segunda vez. Dois dias depois, assinou pelo Chelsea e agora está novamente no jogo decisivo da principal competição feminina de clubes, onde vai defrontar o Barcelona.

A época de estreia da avançada dinamarquesa na equipa inglesa não podia estar a correr melhor, tendo já apontado 16 golos e ganho o campeonato e a Taça da Liga, ajudando o clube a alcançar a sua primeira final europeia. Nessa caminhada, bisou frente ao Wolfsburgo, sua antiga equipa, e também contribuiu para a eliminação do Bayern Munique nas meias-finais.

A jogadora de 28 anos, única a ser eleita duas vezes Jogadora do Ano da UEFA, falou ao UEFA.com sobre um arranque de sonho no Chelsea, a caminhada rumo à final e um encontro com uma equipa do Barcelona que possui qualidade individual e colectiva.

Sobre a época de estreia no Chelsea

O objectivo principal passava por ganhar títulos, e isso está a acontecer. Encontrei uma equipa fantástica, dentro e fora de campo, algo que ajudou à minha adaptação e a dar o melhor de mim em prol do colectivo, especialmente nos jogos mais importantes.

Conheça melhor o Chelsea

Sobre enfrentar o Wolfsburgo

Foi um momento especial mas também estranho. Parece que foi ontem que estava a jogar pelo Wolfsburgo e agora era ele o adversário. De qualquer das maneiras, estava pronta para dar o meu melhor pelo Chelsea e ganhar, e fiquei ainda mais satisfeita por ter contribuído com golos.

Pernille Harder: Jogador do Ano da UEFA em 2019/20
Pernille Harder: Jogador do Ano da UEFA em 2019/20

O facto de o Wolfsburgo ser uma equipa com historial na Champions League fez com que o apuramento nos desse confiança, ainda para mais quando a seguir vinha outra equipa alemã. Acreditei nesta equipa desde o primeiro dia e sabia que tínhamos qualidade para chegar à final.

Sobre a meia-final frente ao Bayern

Tive de ver os minutos finais a partir do banco, e só posso dizer que estava muito nervosa! Bastava um golo do Bayern e éramos eliminadas. Mas felizmente correu tudo bem e no fim de contas chegámos à final. Chegar à segunda mão a perder por 2-1 e dar a volta exige muito carácter e força de vontade, e isso não falta na nossa equipa. As sensações após o apuramento foram indescritíveis.

Resumo: Wolfsburgo de Harder elimina Barcelona nas meias-finais de 2020
Resumo: Wolfsburgo de Harder elimina Barcelona nas meias-finais de 2020

Sobre o Barcelona

O Barcelona é uma grande equipa. Defrontei-a na época passada, nas meias-finais, e para ser honesta até acho que merecia mais passar do que o Wolfsburgo, pois fez um óptimo jogo. Possui várias jogadoras talentosas e um estilo de jogo atractivo. Vai ser uma partida difícil mas agradável de ver, entre duas equipas de qualidade.