O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
A partir de 25 de Janeiro, o UEFA.com já não vai suportar o Internet Explorer.
Para obter a melhor experiência possível, recomendamos que use Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Paris 0-1 Lyon: crónica da meia-final da Women's Champions League

O cabeceamento da capitã Wendie Renard apurou as campeãs do Lyon para a final de domingo com o Wolfsburgo.

Resumo: Paris 0-1 Lyon
Resumo: Paris 0-1 Lyon
Paris - Lyon: como tudo aconteceu

Match in brief

Selma Bacha exulta após o apito final
Selma Bacha exulta após o apito finalUEFA via Getty Images

Um cabeceamento de Wendie Renard colocou as campeãs do Lyon na sua nona final da UEFA Women's Champions League em 11 anos e, pela quarta vez, vão defrontar o Wolfsburgo na luta pela conquista do troféu.

O Lyon pareceu ser a melhor equipas no relvado durante a primeira parte, mas não houve muito a separar duas equipas com conhecimento uma da outra, ainda para mais por terem disputado a final da Taça de França há 17 dias. Sara Björk Gunnarsdóttir, a jogar no lugar da lesionada Amandine Henry, rematou de cabeça ao lado antes do intervalo. Aos 66 minutos, o Paris ficou reduzido a dez jogadoras, quando Grace Geyoro viu o segundo cartão amarelo por falta sobre Lucy Bronze e Renard, na marcação da falta de Amel Majri, marcou de cabeça. Duplo golpe seguido para o Paris, mas o Lyon também perdeu Nikita Parris por expulsão a 15 minutos do fim, ao ver o seu segundo cartão amarelo por falta sobre Christiane Endler. O Paris ainda forçou nos últimos minutos, só que não conseguiu evitar o Lyon de cegar à decisão de domingo e lutar pelo quinto título seguido.

Reacções

Wendie Renard, capitã e autora do golo do Lyon: "Não foi fácil esta noite, nunca é fácil chegar a uma final. Considerando tudo neste jogo, tudo o que conseguimos, penso que merecemos a vitória. Fomos capazes de nos reagrupar no meio- tempo e isso ajudou. Vamos ter de recuperar bem."

Irene Paredes, capitã do Paris: "Estamos tristes, era um jogo que poderíamos ter ganho, mas foi perdido em pequenos detalhes. É difícil de aceitar, mas agora temos de continuar. Vamos continuar a progredir, hoje fomos nós a perder, mas há motivos para estarmos orgulhosas."

Jean-Luc Vasseur, treinador do Lyon: "Adorei o jogo, foi um grande duelo e um jogo de qualidade particularmente elevada. Foi combativo, táctico e com a qualidade que esperamos hoje. Nunca é fácil, o Paris esteve sempre muito perto, mas hoje é o Lyon que passa as meias-finais. O Wolfsburgo é uma grande equipa para defrontar na final, conhecemo-la bem. Tem qualidade, jogadoras jovens, sem dúvida, mas muita qualidade."

Equipas

Paris: Endler; Lawrence, Paredes, Dudek; Morroni, Diani, Däbritz, Nadim (Baltimore 54, Bruun 81), Geyoro; Bachmann (Formiga 67), Katoto

Lyon: Bouhaddi; Bronze, Buchanan, Renard, Karchaoui (Bacha 73); Gunnarsdóttir, Kumagai; Cascarino (Le Sommer 77), Marozsán (Van de Sanden 87, Majri; Parris

O que se segue?

O Lyon vai defrontar o Wolfsburg na final, em San Sebastián, no domingo, a partir das 19h00 GMT.