O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Hegerberg reina como melhor marcadora de sempre

Ada Hegerberg é a melhor marcadora de sempre da competição com 59 golos.

Getty Images

Ada Hegerberg continua a liderar a lista das melhores marcadoras de sempre na principal competição europeia feminina de clubes da UEFA, tendo ultrapassado a anterior detentora do recorde, Anja Mittag, em 2019.

Mittag, que se retirou em Maio de 2019, tornou-se na primeira jogadora a chegar aos 50 golos na UEFA Women's Champions League e na sua prova antecessora, a Taça UEFA Feminina, a 11 de Outubro de 2017, ao marcar pelo Rosengård frente ao Olimpia Cluj nos oitavos-de-final. A antiga avançada internacional alemã conquistou dois títulos europeus com o Turbine Potsdam e mudou-se para ter a sua primeira passagem pelos suecos do Rosengård, ao qual voltou depois de jogar pelo Paris Saint-Germain e pelo Wolfsburgo.

Mittag levou 68 jogos para chegar a 50 golos, enquanto Hegerberg só precisou de 49 quando converteu um penálti frente ao Fortuna Hjørring nos oitavos-de-final em Outubro de 2019, tendo depois marcado novamente para igualar os 51 de Mittag. Hegerberg elevou para ainda 52 e de seguida para 53, na segunda mão, duas semanas depois.

Confira as dez melhores marcadoras da competição:

Melhores marcadoras de sempre

59 Ada Hegerberg (Stabæk/Turbine Potsdam/Lyon)
51 Anja Mittag (Turbine Potsdam/Rosengård/Paris Saint-Germain/Wolfsburg)
48 Conny Pohlers (Turbine Potsdam/Frankfurt/Wolfsburg)
47 Eugénie Le Sommer (Lyon)
46 Marta (Umeå/Tyresö/Rosengård)
43 Camille Abily (Montpellier/Lyon)
42 Lotta Schelin (Lyon/Rosengård)
41 Kim Little (Hibernian/Arsenal)
40
Nina Burger (Neulengbach)
39 Hanna Ljungberg (Umeå)

Os clubes indicados são apenas aqueles que as jogadoras representaram na Europa, mesmo que não tenham marcado. Números actualizados desde 15/12/2021.

Melhores marcadoras por época
2021/22: Alexia Putellas (Barcelona) 11
2020/21: Jenni Hermoso (Barcelona), Fran Kirby (Chelsea) 6
2019/20: Vivianne Miedema (Arsenal) 10, Emueje Ogbiagbevha (Minsk) 10, Berglind Thorvaldsdóttir (Breidablik) 10
2018/19: Pernille Harder (Wolfsburgo) 8
2017/18: Ada Hegerberg (Lyon) 15
2016/17: Zsanett Jakabfi (Wolfsburgo), Vivianne Miedema (Bayern Munique) 8
2015/16: Ada Hegerberg (Lyon) 13
2014/15: Célia Šašić (FFC Frankfurt) 14
2013/14: Milena Nikolić (ŽFK Spartak) 11
2012/13: Laura Rus (Apollon Limassol) 11
2011/12: Camille Abily, Eugénie Le Sommer (ambas Lyon) 9
2010/11: Inka Grings (Duisburgo) 13
2009/10: Vanessa Bürki (Bayern Munique) 11
2008/09: Margrét Lára Vidarsdóttir (Valur Reiquiavique) 14
2007/08: Vira Dyatel (Kharkiv), Patrizia Panico (Bardolino Verona), Margrét Lára Vidarsdóttir (Valur Reiquiavique) 9
2006/07: Julie Fleeting (Arsenal) 9
2005/06: Margrét Lára Vidarsdóttir (Valur Reiquiavique) 11
2004/05: Conny Pohlers (Turbine Potsdam) 14
2003/04: Maria Gstöttner (Neulengbach) 11
2002/03: Hanna Ljungberg (Umeå) 10
2001/02: Gabriela Enache (Codru Anenii Noi) 12