#UWCL 2018/19 de relance: Lyon sobe outro patamar

O Lyon conquistou o sexto título, quarto consecutivo, com Ada Hegerberg a ser levar a equipa francesa ao triunfo sobre o Barcelona.

Ada Hegerberg comemora depois de marcar o segundo golo do Lyon na final
©Getty Images

Final
Lyon 4-1 Barcelona

Melhores marcadoras
Pernille Harder (Wolfsburgo) 8  
Krystyna Freda (Somatio Barcelona) 7
Ada Hegerberg (Lyon) 7
Petra Divišová (Slávia Praga) 6
Tereza Kozarova (Slávia Praga) 6
Eugénie Le Sommer (Lyon) 6
Tine De Caigny (Anderlecht) 5
Toni Duggan (Barcelona) 5
Isadora Freitas (Gintra Universitetas) 5
Marie-Antoinette Katoto (Paris Saint-Germain) 5
Fran Kirby (Chelsea) 5
(inclui qualificação)   

Recordes

  • O Lyon é o primeiro clube a conquistar por seis vezes o troféu e o único com quatro triunfos consecutivos (os dois rivais mais próximos têm quatro e dois títulos). 
  • O Barcelona foi o primeiro finalista de Espanha. 
  • Sarah Bouhaddi, Wendie Renard e Eugénie Le Sommer estabeleceram um novo recorde com seis triunfos em finais, todos pelo Lyon. 
  • Ada Hegerberg fez o segundo "hat-trick" numa final, depois de Inka Grings ter feito o mesmo na primeira mão de 2009 pelo Duisburgo frente ao Zvezda-2005. 
  • O Lyon disputou a oitava final, mais duas que o FFC Frankfurt, a quarto consecutiva pela segunda vez. 
  • Renard e Bouhaddi também aumentaram os seus recordes ao participarem na oitava inal pelo Lyon. 
  • Renard superou Camille Abily ao disputar o 82º jogo na prova na final (Abily atingiu os 81 jogos na final de 2018, quando terminou a carreira). 
  • A japonesa Saki Kumagai tornou-se na primeira asiática a atingir os 50 jogos ao alinhar na final pelo Lyon. 
  • A atacante nigeriana Asisat Oshoala, que marcou como suplente pelo Barcelona em Budapeste, é a primeira internacional africana a participar numa final da prova. 
  • Anja Mittag marcou o 51º e último golo nesta competição, um recorde, no jogo dos oitavos-de-final entre o Rosengård e o Slávia. A alemã já anunciou a retirada como a única mulher a atingir a meia centena de golos europeus. 
  • Os 22.911 adeptos que viram o encontro do Lyon com o Chelsea nas meias-finais foram a maior assistência de sempre na prova num jogo que não uma final. O Lyon também estabeleceu um recorde para jogos dos quartos-de-final com 17.840 pessoas a assistirem à recepção com o Wolfsburgo.

Final de 2020: Viena

Quadro de honra
UEFA Women's Champions League

2018/19: Lyon (FRA) 4-1 Barcelona (ESP): Budapeste
2017/18: Wolfsburgo (GER) 1-4 ap Lyon (FRA): Kiev
2016/17: Lyon (FRA) 0-0 aap, 7-6 pens Paris Saint-Germain (FRA): Cardiff
2015/16: Wolfsburgo (GER) 1-1 ap, 3-4 pens Lyon (FRA): Reggio Emilia
2014/15: FFC Frankfurt (GER) 2-1 Paris Saint-Germain (FRA): Berlim
2013/14: Tyresö (SWE) 3-4 Wolfsburgo (GER): Lisboa
2012/13: Wolfsburgo (GER) 1-0 Lyon (FRA): Londres
2011/12: Lyon (FRA) 2-0 FFC Frankfurt (GER): Munique
2010/11: Lyon (FRA) 2-0 Turbine Potsdam (GER): Londres
2009/10: Lyon (FRA) 0-0 ap, 6-7 pens Turbine Potsdam (GER): Getafe
Taça UEFA Feminina

2008/09: Zvezda-2005 (RUS) 1-7 tot Duisburgo (GER)
2007/08: Umeå (SWE) 3-4 tot FFC Frankfurt (GER)
2006/07: Umeå (SWE)  0-1 tot Arsenal (ENG)
2005/06: Turbine Potsdam (GER) 2-7 tot FFC Frankfurt (GER)
2004/05: Djurgården (SWE) 1-5 tot Turbine Potsdam (GER)
2003/04: Umeå (SWE) 8-0 tot FFC Frankfurt (GER)
2002/03: Umeå (SWE) 7-1 tot Fortuna Hjørring (DEN)
2001/02: Umeå (SWE) 0-2 FFC Frankfurt (GER): Frankfurt

  • Mais títulos

Por clube 
Lyon (FRA) 6
FFC Frankfurt (GER) 4
Turbine Potsdam (GER)/Umeå (SWE)/Wolfsburgo (GER) 2
Arsenal (ENG)/Duisburgo (GER) 1

Por país 
Alemanha 9
França
 6
Suécia 2
Inglaterra 1

  • Mais finais

Por clube 
Lyon (FRA) 8
FFC Frankfurt (GER) 6
Umeå (SWE) 5
Turbine Potsdam (GER) 4
Wolfsburgo (GER) 4
Paris Saint-Germain (FRA) 2
Arsenal (ENG)/Barcelona (ESP), Djurgården (SWE)/Duisburgo (GER)/Fortuna Hjørring (DEN)/Tyresö (SWE)/Zvezda-2005 (RUS) 1

Por país
Alemanha 15
França 10
Suécia 7
Dinamarca, Inglaterra, Rússia, Espanha 1

(A final de 2006 conta como duas participações para a Alemanha, 2017 como duas participações para a França)

Topo