Wolfsburgo espera, Lyon e Barcelona em alta

O Wolfsburgo é quase campeão alemão, apesar de ter perdido este domingo, enquanto o Lyon, seu adversário na final, estabeleceu um novo recorde. Em Espanha, o Barcelona revalidou o título de forma emocionante.

Lina Magull (à direita), do Wolfsburgo, em duelo com Yuki Ogimi, do Potsdamm melhor marcadora do campeonato
Lina Magull (à direita), do Wolfsburgo, em duelo com Yuki Ogimi, do Potsdamm melhor marcadora do campeonato ©Getty Images

O VfL Wolfsburg vai ter de esperar mais uma semana antes de conquistar o seu primeiro título da Frauen Bundesliga, mas o Olympique Lyonnais, seu adversário na final da UEFA Women's Champions League, em Stamford Bridge, a 23 de Maio, continua a ganhar e a bater recordes, enquanto o FC Barcelona triunfou no jogo decisivo em Espanha.

O Wolfsburgo estreou-se nas competições europeias esta época, na qualidade de segundo classificado alemão, mas a perda de pontos por parte dos principais rivais, 1. FFC Frankfurt e 1. FFC Turbine Potsdam, nas últimas semanas, significou que a vitória de quarta-feira, frente ao Bayer 04 Leverkusen, por 4-1, garantiu a conquista virtual do campeonato. Dessa forma, o Wolfsburgo ficou com seis pontos de vantagem sobre o Frankfurt, a duas jornadas do fim, e uma diferença de golos quase inultrapassável, ao mesmo tempo que terminou com o reinado do Potsdam, vencedor das quatro edições anteriores.

No entanto, o Wolfsburgo precisava de mais um ponto, frente ao Potsdam, no domingo, para se tornar, matematicamente, na primeira equipa que não o Turbine ou o Frankfurt, a sagrar-se campeã desde 1999/2000. Em vez disso, sucumbiu a uma derrota por 2-0, por culpa dos golos das jovens Nataša Andonova e Pauline Bremer. O Wolfsburgo não garantiu o título devido à vitória do Frankfurt sobre o SC 07 Bad Neuenahr, por 1-0, mas o mais importante para a equipa tricampeã europeia é o facto de ter um ponto de vantagem sobre o Potsdam. O Frankfurt vai regressar às provas da UEFA na próxima temporada, acompanhando o Wolfsburgo, se derrotar o FC Bayern München no próximo domingo, altura em que o líder recebe o Bad Neuenahr.

Em busca do terceiro título na UEFA Women's Champions League, o Lyon já se sagrou heptacampeão em França, e sublinhou o seu domínio no domingo, ao golear o Arras FCF por 6-0, com Camille Abily e Eugénie Le Sommer a bisarem, para além dos golos de Élodie Thomis e Louisa Necib. O emblema gaulês ganhou os 20 jogos realizados no campeonato esta época e a vitória permitiu-lhe atingir os 120 golos, novo recorde na competição, mais um do que na temporada anterior, quando ainda faltam disputar duas jornadas.

De facto, o Lyon conta agora com 40 vitórias oficiais consecutivas, série que remonta há mais de um ano, e ficará mais perto de uma possível "tripla" de troféus se bater o Montpellier Hérault SC nas meias-finais da Taça de França, no domingo. O FCF Juvisy Essonne, eliminado pelo Lyon nas meias-finais da UEFA Women's Champions League, está a quatro pontos do Paris Saint-Germain FC na luta pelo segundo lugar de acesso às competições europeias, graças a um triunfo por 1-0 no terreno do Montpellier; os dois clubes da capital defrontam-se a 18 de Maio.

Em Espanha, o campeonato terminou de forma emocionante, com o Barcelona a somar o seu segundo título consecutivo, garantindo igualmente o apuramento para as competições europeias, após um triunfo por 2-1 sobre o Athletic Club, que à partida para a derradeira jornada liderava com um ponto de vantagem. Mais de 25,000 espectadores marcaram presença em San Mamés, onde os golos de Melanie Serrano e Kenti Robles deram a vitória ao Barcelona, cuja campanha europeia de estreia terminou frente ao Arsenal LFC, nos 16 avos-de-final.