O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Wolfsburgo ganha vantagem no terreno do Arsenal

Arsenal LFC 0-2 VfL Wolfsburg
Conny Pohlers e Martina Müller assinaram, em Londres, os golos que deixam o Wolfsburgo co vantagem confortável na eliminatória.

Nadine Kessler (à esquerda) tenta escapar a Rachel Yankey, do Arsenal
Nadine Kessler (à esquerda) tenta escapar a Rachel Yankey, do Arsenal ©Arsenal FC

Conny Pohlers e Martina Müller ofereceram ao VfL Wolfsburg uma vantagem de 2-0 na primeira mão das meias-finais da UEFA Women's Champions League, em Londres, frente ao Arsenal LFC.

Apesar de o Arsenal estar a disputar a sexta meia-final da prova que conquistou em 2007 frente ao estreante Wolfsburgo, a experiente Conny  Pohlers conquistou o título europeu de clubes ao serviço do 1. FFC Frankfurt e do 1. FFC Turbine Potsdam e o golo com que inaugurou o marcador, a meio do primeiro tempo, foi o seu 42º na história da prova, registo que constitui um recorde. A formação londrina também dispôs de várias oportunidades para marcar, sobretudo por intermédio de Ellen White, mas o tento de Müller ao cair do pano deixa o Arsenal com dura tarefa pela frente na segunda mão, na VfL Arena, no próximo domingo, se quiser estar na final de 23 de Maio, em Stamford Bridge.

Sem poder contar com a defesa Ciara Grant devido a castigo nem com a ponta-de-lança Kelly Smith, por lesão, o Arsenal viu-se sobre intensa pressão por parte do Wolfsburgo logo após o apito inicial, pois a turma germânica está apostada em tornar-se na quarta do seu país a sagrar-se campeã europeia na campanha de estreia na prova. As anfitriãs, porém, começaram a responder, a partir dos 20 minutos de jogo, e White teve um remate de cabeça interceptado por Lena Goessling em cima da linha de golo, antes de Kim Little rematar a rasar o poste.

Contudo, à passagem do minuto 29, o Wolfsburgo ganhou vantagem, na sequência de um cruzamento de Anna Blässe ao qual Pohlers respondeu da melhor maneira, com um excelente remate de primeira. White quase restabeleceu a igualdade mas, após ultrapassar a guarda-redes Alisa Vetterlein, viu Luisa Wensing cortar a bola no momento certo. Alguns minutos mais tarde, foi Verena Faisst a afastar o perigo no seguimento de um livre cobrado com perigo por Stephanie Houghton.

O Arsenal teve dificuldades em criar boas situações de golo no segundo tempo, ainda assim, ficou perto do empate a 19 minutos do fim, quando um cabeceamento de White bateu na parte de cima da trave da baliza, com Vetterlein batida. E, logo depois, a atacante inglesa voltou a criar perigo, só uma vez mais Wensing segurou a vantagem das visitantes graças a novo corte providencial.

Com o vento a seu favor e o fervoroso apoio de 1406 adeptos, o Arsenal continuou a pressionar até ao fim e Gemma Davison mostrou-se particularmente perigosa. O golo do empate, porém, teimou em não surgir e foi mesmo o Wolfsburgo a voltar a marcar, numa finalização fácil de Müller. A única nota negativa para as alemãs foi o cartão amarelo exibido a Alexandra Popp que a afasta da partida da segunda mão.