O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Malmö, Gotemburgo e Potsdam prevalecem

Malmö, Gotemburgo e Potsdam completaram o alinhamento dos quartos-de-final esta quinta-feira, juntando-se assim a Lyon, Frankfurt, Arsenal, Brøndby e Rossiyanka.

Manon Melis marcou o golo do Malmö
Manon Melis marcou o golo do Malmö ©FC Malmö

O bicampeão 1. FFC Turbine Potsdam e a dupla sueca composta por FC Malmö e Göteborg FC completaram esta quinta-feira o alinhamento dos quartos-de-final da UEFA Women's Champions League.

Juntam-se assim ao Olympique Lyonnais, detentor do troféu, ao 1. FFC Frankfurt, compatriota do Potsdam e antigo vencedor da prova, e ainda a Arsenal LFC, Brøndby IF e FC Rossiyanka no sorteio das restantes eliminatórias da competição, em Nyon, na próxima quinta-feira, às 11h30 (de Portugal Continental). Os quartos-de-final disputam-se a 14/15 e 21/22 de Março, as meias-finais a 14/15 e 21/22 de Abril e a final está agendada para Munique, a 17 de Maio.

Göteborg FC 3-2 Fortuna Hjørring (total: 4-2)
O estreante europeu Gotemburgo aproveitou ao máximo a vantagem trazida da Dinamarca, na semana passada, para eliminar o finalista vencido de 2003. Tal como na primeira mão, as suecas marcaram cedo, por intermédio de Johanna Almgren, logo aos dois minutos. O Gotemburgo controlou os acontecimentos e aos 66 minutos Lisa Ek converteu um penalty, a castigar falta de Janne Madsen, do Fortuna, sobre Ingvild Stensland, que momentos depois viria a fazer o 3-0. A 11 minutos do fim, Madsen reduziu a diferença e Lisa-Marie Woods também marcou, assinalando uma ponta final forte do Fortuna, ainda que inconsequente.

FC Malmö 1-0 SV Neulengbach (total: 4-1)
O Malmö garantiu que a Suécia terá dois representantes nos quartos-de-final pela primeira vez desde 2004/05 e fê-lo com uma exibição categórica. Manon Melis inaugurou o marcador aos 23 minutos, culminando um ano prolífico para o campeão sueco, e as visitantes austríacas nunca foram capazes de contrariar o domínio da formação da casa. Caroline Seger, do Malmö, controlou as operações a meio-campo e raramente cometeu erros.

Glasgow City LFC 0-7 1. FFC Turbine Potsdam (total: 0-17)
A vitória por 10-0 do Potsdam na primeira mão tornou este segundo jogo quase uma formalidade, frente à primeira equipa da Escócia a chegar a esta fase da competição. Chantal de Ridder aproveitou uma bola solta à entrada da área para colocar o finalista vencido da época passada na frente, logo aos cinco minutos, e Anja Mittag fez o segundo pouco depois. Kerstin Demann apontou o terceiro num remate em arco, enquanto De Ridder, que tinha feito a assistência para o terceiro golo, fixou o resultado em 4-0 ao intervalo, depois de contornar Lee Alexander.

À passagem dos 60 minutos, Mittag tornou-se na melhor marcadora da competição, depois de aumentar a sua conta pessoal para sete golos com uma finalização subtil. A suplente Stefanie Draws fez o sexto, concluindo uma jogada e cruzamento de Tabea Kemme, e Isabel Kerschowski, de cabeça, no seguimento de um canto, selou o resultado no último minuto de deixou o Potsdam a um golo do recorde da competição em termos de resultado numa eliminatória. Desse modo, junta-se nos quartos-de-final às compatriotas do Frankfurt, que visitam no domingo, na tentativa de conservarem os três pontos de vantagem na Frauen Bundesliga.