O "site" oficial do futebol europeu

Portugal volta a golear e segue imparável

Publicado: quinta-feira, 12 de Novembro de 2015, 20.09CET
Portugal 4-0 Albânia
Golos de Ricardo Horta, Carlos Mané, Rúben Vezo e Gonçalo Paciência deram a Portugal a quarta vitória em quatro jogos no Grupo 4.
Portugal volta a golear e segue imparável
Ricardo Horta marcou na goleada lusa ©Getty Images
Publicado: quinta-feira, 12 de Novembro de 2015, 20.09CET

Portugal volta a golear e segue imparável

Portugal 4-0 Albânia
Golos de Ricardo Horta, Carlos Mané, Rúben Vezo e Gonçalo Paciência deram a Portugal a quarta vitória em quatro jogos no Grupo 4.

  • Portugal bate Albânia por 4-0 e soma quarta vitória em quatro jogos no Grupo 4
  • Pupilos de Rui Jorge isolados no topo da classificação, com 16 golos marcados e apenas um sofrido
  • Ricardo Horta inaugura marcador no final da primeira parte, Carlos Mané, Rúben Vezo e Gonçalo Paciência confirmam triunfo no segundo tempo
  • Próximos jogos: Albânia-Liechtenstein (16 de Novembro), Israel-Portugal (17 de Novembro)

Portugal recebeu e venceu a Albânia por 4-0 em Arouca, seguindo isolado no topo do Grupo 4 de apuramento para o Campeonato da Europa de Sub-21 da UEFA de 2017.

Mesmo com a ausência de jogadores como Rúben Neves, Gonçalo Guedes ou Rafa Silva, chamados à selecção principal, a equipa treinada por Rui Jorge somou mesmo a quarta vitória em quatro jogos nesta qualificação, graças a golos de Ricardo Horta, Carlos Mané e Rúben Vezo.

A Albânia, apostada em redimir-se da pesada derrota sofrida em Setembro na recepção à selecção lusa, até começou por criar algum perigo, primeiro com um remate cruzado de Ron Broja, e, logo depois, com um disparo de longe de Qazim Laci. Bruno Varela, guarda-redes de Portugal, segurou o nulo com duas excelentes defesas.

Portugal só à passagem da meia hora aumentou a intensidade do seu jogo e os lances de perigo começaram, então, a suceder-se junto da grande área albanesa. Gonçalo Paciência deixou um forte aviso ao acertar na trave depois de um bom trabalho individual e, a dois minutos do intervalo, Bruno Fernandes cruzou rasteiro da direita na direcção de Ricardo Horta, que encostou para o fundo das redes, fazendo o 1-0.

Motivado pelo golo, Portugal entrou forte no segundo tempo. Logo aos 47 minutos, Rony Lopes obrigou Thoma Strakosha, guardião albanês, a defesa apertada e, no seguimento do consequente pontapé de canto, o 2-0 surgiu mesmo. Gonçalo Paciência desviou, de cabeça, ao primeiro poste e Mané, no segundo poste, elevou a vantagem.

Strakosha adiou, depois, por duas vezes o terceiro de Portugal, que acabou por surgir à passagem do minuto 60. Mané assistiu Rúben Vezo, que de cabeça fez o 3-0. A goleada ficou fechada aos 82 minutos, com chave de ouro, na sequência duma grande jogada de entendimento, finalizada por Gonçalo Paciência após passe de João Cancelo.

Reacções
Rui Jorge, seleccionador de sub-21 de Portugal
Na primeira parte permitimos alguns ataques rápidos da Albânia, mas nos últimos dez minutos conseguimos pegar no jogo e ser mais perigosos. Na segunda parte tudo foi diferente. Tivemos mais segurança com a bola, marcámos golos interessantes, e conseguimos os três pontos, que era o mais importante. Quatro jogos, quatro vitórias, acho que é muito bom, e os jogadores sentem-no. Eles têm-se portado à altura.

Última actualização: 14-03-17 13.05CET

https://pt.uefa.com/under21/season=2017/matches/round=2000649/match=2016186/postmatch/report/index.html#portugal+segue+imparavel