O "site" oficial do futebol europeu

2017: Dani Ceballos

Publicado: terça-feira, 25 de Julho de 2017, 9.00CET
O médio espanhol Dani Ceballos foi o primeiro vencedor do novo prémio Jogador do Torneio, introduzido no EURO Sub-21 de 2017.
2017: Dani Ceballos
Dani Ceballos recebeu o prémio Jogador do Torneio das mãos de Aleksander Čeferin, Presidente da UEFA ©Getty Images
Publicado: terça-feira, 25 de Julho de 2017, 9.00CET

2017: Dani Ceballos

O médio espanhol Dani Ceballos foi o primeiro vencedor do novo prémio Jogador do Torneio, introduzido no EURO Sub-21 de 2017.

Tinham passado pouco mais de duas semanas desde o fim do EURO Sub-21 quando Dani Ceballos se transferiu do Real Betis para o Real Madrid, o que diz muito sobre a qualidade das suas exibições durante o torneio realizado na Polónia.

O desempenho do médio tinha sido merecedor do novo prémio Jogador do Torneio, atribuído pela equipa de observadores técnicos da UEFA na fase final. Estes procuraram jogadores com qualidades excepcionais, capazes de contributos decisivos, atitude positiva e, acima de tudo, colocarem as suas capacidades individuais ao serviço do colectivo. Ceballos cumpriu todos esses critérios.

O prémio substituiu a distinção "Jogador de Ouro", entregue ao melhor jogador da competição em edições anteriores.

Muitos dos espectadores presentes no Estádio Cracóvia na noite da final previam que Saúl Ñíguez, melhor marcador da prova, ou o notável criativo Marco Asensio iam disputar este prémio. Mesmo após a derrota da Espanha com a Alemanha, continuavam a ser os dois favoritos. No entanto, Ceballos tinha feito o suficiente em 295 minutos ao longo do torneio para levar a melhor sobre os colegas.

O jovem de 20 anos tinha começado a fase final como suplente, entrando aos 63 minutos da goleada da Espanha sobre a ARJ da Macedónia, por 5-0, na primeira jornada. Iso levou à sua titularidade no triunfo por 3-1 sobre Portugal na ronda seguinte, onde cumpriu os 90 minutos. Com a sua equipa já apurada, o seleccionador Albert Celades fez 11 alteraçoes para a partida com a Sérvia e Ceballos regressou ao banco de suplentes.

No entanto, daí para a frente, nas meias-finais e na final, ante Itália e Alemanha, respectivamente, o jogador andaluz falhou apenas dois minutos. Foi durante esses desafios que mostrou verdadeiramente o seu valor, com autoridade quando em posse da bola, capacidade para ditar o ritmo do jogo e excelente visão de jogo, que o tornaram peça imprescindível numa bem oleada selecção espanhola.

O facto de os pupilos de Celades terem perdido a final pouco importou, já que Ceballos se apresentou ao mundo do futebol de forma concludente. E o Real Madrid tinha estado atento.

Anteriores Jogadores de Ouro
2015: William Carvalho
2013: Thiago Alcántara

2011: Juan Mata
2009: Marcus Berg
2007: Royston Drenthe
2006: Klaas-Jan Huntelaar
2004: Alberto Gilardino
2002: Petr Čech
2000: Andrea Pirlo
1998: Francesc Arnau
1996: Fabio Cannavaro
1994: Luís Figo
1992: Renato Buso
1990: Davor Šuker
1988: Laurent Blanc
1986: Manuel Sanchís
1984: Mark Hateley
1982: Rudi Völler
1980: Anatoliy Demyanenko
1978: Vahid Halilhodžić

Última actualização: 29-08-17 16.44CET

https://pt.uefa.com/under21/season=2017/golden-player/index.html#2017+dani+ceballos