Final - 30-06-2015 - 20:45CET (20:45 Hora local) - Eden Stadium - Praga
0-0
Suécia vence 4-3 nos penalties 

Suécia - Portugal 0-0 - 30-06-2015 - Página do jogo - Europeu Sub-21 2015

 
O "site" oficial do futebol europeu

Final do EURO Sub-21: Suécia - Portugal

Publicado: Segunda-feira, 29 de Junho de 2015, 21.45CET
Suécia e Portugal vão procurar conquistar o primeiro titulo europeu de Sub-21 na terça-feira: confira as equipas prováveis, as declarações e o desempenho recente das equipas.
por Tom Kell e Nuno Tavares
de Estádio Eden

rate galleryrate photo
1/0
counter
  • loading...

Estatísticas da prova

SuéciaPortugal

Golos marcados7
 
7
Total de tentativas46
 
82
Remates à baliza20
 
21
Remates para fora22
 
39
Remates defendidos4
 
22
nos postes0
3
Cantos12
 
30
Foras-de-jogo7
 
13
Cartões amarelos8
 
5
Cartões Vermelhos1
 
0
Faltas cometidas70
 
52
Faltas sofridas49
 
85
Publicado: Segunda-feira, 29 de Junho de 2015, 21.45CET

Final do EURO Sub-21: Suécia - Portugal

Suécia e Portugal vão procurar conquistar o primeiro titulo europeu de Sub-21 na terça-feira: confira as equipas prováveis, as declarações e o desempenho recente das equipas.

• Suécia e Portugal medem forças na final de Praga, com ambos à procura do seu primeiro título europeu de Sub-21
• As duas equipas empataram 1-1 quando se defrontaram na passada quarta-feira, no Grupo B, em Uherske Hradiste.
• Håkan Ericson: "Eles mostraram ser os melhores ofensivamente"
• Rui Jorge elogia a "paixão, vontade de vencer e qualidade" da selecção portuguesa
• A Suécia tem 43 por cento de posse de bola, a mais baixa do torneio; Portugal domina nos passes completos

É um orgulho para mim poder trabalhar com estes jogadores, especialmente pelo espírito que sempre demonstraram
Rui Jorge

Equipas prováveis
Suécia: Carlgren; Lindelöf, Milošević, Helander, Augustinsson; Tibbling, Lewicki, Hiljemark, Khalili; Guidetti, Kiese Thelin
Em dúvida: Joseph Baffo (ombro)

Portugal: José Sá; Esgaio, Paulo Oliveira, Tobias Figueiredo, Raphael Guerreiro; William Carvalho, Sérgio Oliveira, João Mário, Bernardo Silva; Ivan Cavaleiro, Ricardo
Em dúvida: Tiago Ilori (coxa)

Håkan Ericson, seleccionador da Suécia
Estamos a falar de uma equipa que venceu a Alemanha por 5-0, pelo que é óbvio que eles são favoritos. No entanto, já os defrontámos há uma semana e empatámos 1-1. Sabemos como encontrar espaços para criar as nossas oportunidades e talvez o possamos fazer outra vez. Nunca fazemos planos especiais para determinados jogadores. Em vez disso trabalhamos juntos para tentar minimizar os espacos e mantermo-nos compactos. Fizemos isso muito bem contra outras equipas. Ao mantermo-nos compactos esperamos conseguir travar o nosso adversário.

Eles mostraram ser a melhor equipa do torneio ofensivamente e fiquei realmente impressionado com dois dos seus jogadores, nomeadamente com a sua qualidade individual. Se olharmos para os "rankings", eles têm de ser considerados os favoritos.

Cinco grandes golos em finais dos Sub-21

[Sobre serem a equipa com a média mais baixa do torneio no que diz respeito à posse de bola] Defrontámos equipas que são muito boas na posse de bola e por vezes temos um plano para deixar os adversários terem a bola em seu poder. Contudo, também reparei noutra estatística interessante: que somos a segunda equipa com mais remates à baliza [17 contra 20 da Alemanha]. O futebol é mesmo isso: criar oportunidades. É claro que quero que tenhamos mais tempo a bola em nosso poder. Temos o nosso própro objectivo de atingir uma percentagem de 80-85 por cento de passes completos e, de momento, estamos nos 78 ou 79; esperamos poder melhorar isso amanhã

Rui Jorge, seleccionador de Portugal
A equipa está muito bem, concentrada em recuperar bem para o jogo de amanhã e totalmente motivada. A Suécia é uma equipa forte, mas nós também. Temos mostrado que somos uma equipa muito forte, mas estou certo que eles pensam o mesmo. Para estar aqui nesta fase do torneio é preciso ter muita qualidade. Ambas as equipas mostraram isso mesmo e vamos ver como as coisas correm amanhã.

É claro que este também é o jogo mais importante da minha carreira enquanto treinador até agora, porque se trata de uma final de uma competição muito importante. Nunca vencemos este troféu antes, pelo que ser um dos dois treinadores presentes na final é algo que me orgulha. Todos conhecem a paixão, a vontade de vencer e a qualidade da minha equipa - isso é o mais importante para mim e não a forma como esta geração de jogadores vai ser classificada no futuro. Apenas quero que os meus jogadores continuem a mostrar toda a sua qualidade; se vencermos, então será perfeito.

É um orgulho para mim poder trabalhar com estes jogadores, especialmente pelo espírito que sempre demonstraram. Mais importante do que o aspecto individual é o lado colectivo da equipa.

Caminhada até à final

Percurso até agora
Suécia (segunda classificada do Grupo B)

Itália 1-2 Suécia (Berardi 29 pen; Guidetti 56, Kiese Thelin 86 pen)
Suécia 0-1 Inglaterra (Lingard 85)
Portugal 1-1 Suécia (Gonçalo Paciência 82, Tibbling 89)
Dinamarca 1-4 Suécia (Bech 63; Guidetti 23pen, Tibbling 26, Quaison 83, Hiljemark 90+5)

Portugal (vencedor do Grupo B)
Inglaterra 0-1 Portugal (João Mário 57)
Itália 0-0 Portugal
Portugal 1-1 Suécia (Gonçalo Paciência 82; Tibbling 89)
Portugal 5-0 Alemanha (Bernardo Silva 25, Ricardo 33, Cavaleiro 45+1, João Mário 46, Horta 71)

Guia de forma (mais recente em primeiro)
Suécia: VEDVE
Portugal: VEEVD

Internacionais A na equipa (internacionalizações)
Suécia:
11 jogadores com 37 internacionalizações entre si
Oscar Hiljemark (6), Isaac Kiese Thelin (5), Robin Quaison (5), Oscar Lewicki (4), Alexander Miloševic (4), Branimir Hrgota (3), Ludwig Augustinsson (2), John Guidetti (2), Simon Gustafson (2), Sebastian Holmén (2), Mikael Ishak (2)

Portugal: Oito jogadores com 26 internacionalizações entre si:
William Carvalho (13), João Mário (3), Rafa Silva (3), Raphael Guerreiro (2), Ivan Cavaleiro (2), Paulo Oliveira (1), Ricardo Horta (1), Bernardo Silva (1)

Fique a conhecer Bernardo Silva

Opinião dos jogadores
John Guidetti, avançado da Suécia
Não acredito que muitos de nós voltem a ter a oportunidade de jogar numa final de um Campeonato da Europa durante as suas carreira. Vamos para dentro de campo para aproveitar ao máximo o momento e orgulhosos por podermos representar o nosso país num jogo desta dimensão.

Bernardo Silva, médio de Portugal
Em pequeno sonha-se em disputar este tipo de partidas. É uma competição muito importante e é um marco para qualquer jogador vencer um torneio desta magnitude. Contamos com o apoio de todos os portugueses.

Facto do jogo
• A Suécia nunca conquistou um torneio oficial da UEFA nos escalões jovens, mas sabes quantos é que a Itália já venceu?  Confira os detalhes e muito mais na nossa extensiva retrospectiva do jogo.

Última actualização: 30-06-15 14.18CET

http://pt.uefa.com/under21/season=2015/matches/round=2000411/match=2015383/prematch/preview/index.html#suecia+portugal