Final - 30-06-2015 - 20:45CET (20:45 Hora local) - Eden Stadium - Praga
0-0
Suécia vence 4-3 nos penalties 

Suécia - Portugal 0-0 - 30-06-2015 - Página do jogo - Europeu Sub-21 2015

SSI Err
O "site" oficial do futebol europeu

Suécia garante título de Sub-21 nos penalties

Publicado: Terça-feira, 30 de Junho de 2015, 22.50CET
Suécia 0-0 Portugal (ap, 4-3 nos penalties)
A Suécia esteve irrepreensível a defender e decidiu a final na "lotaria" das grandes penalidades.
por Nuno Tavares
de Estádio Eden

rate galleryrate photo
1/0
counter
  • loading...

Estatísticas dos jogos

SuéciaPortugal

Golos marcados0
 
0
Total de tentativas12
 
22
Remates à baliza3
 
4
Remates para fora8
 
11
Remates defendidos1
 
7
nos postes0
1
Cantos2
 
9
Foras-de-jogo0
6
Cartões amarelos2
 
0
Cartões Vermelhos0
 
0
Faltas cometidas16
 
9
Faltas sofridas9
 
16

Classificação

Publicado: Terça-feira, 30 de Junho de 2015, 22.50CET

Suécia garante título de Sub-21 nos penalties

Suécia 0-0 Portugal (ap, 4-3 nos penalties)
A Suécia esteve irrepreensível a defender e decidiu a final na "lotaria" das grandes penalidades.

Suécia ganha a Portugal 4-3 nos penalties e conquista troféu pela primeira vez
O guarda-redes da Suécia, Patrik Carlgren, defende terceiro penalty de Portugal, de Ricardo Esgaio, e o quinto, de William Carvalho
Jogo termina sem golos após prolongamento, apesar de Sérgio Oliveira ter estado perto de marcar
Ambas as equipas haviam perdido com a Itália no início dos anos 90, nas únicas finais de Sub-21 que haviam alcançado
Primeiro desempate por penalties numa final dos Sub-21 desde que a República Checa bateu a França em 2002

A Suécia conquistou pela primeira vez o Campeonato da Europa de Sub-21 da UEFA, ao vencer na final frente a Portugal por 4-3 nas grandes penalidades, após um nulo no final do tempo regulamentar e do prolongamento.

Portugal quase entrou a ganhar no Eden Stadium, com Ricardo a ficar muito perto do 1-0 logo aos dois minutos, rematando ligeiramente ao lado após um passe atrasado de Raphael Guerreiro. A equipa de Rui Jorge tomou rapidamente controlo do jogo e ameaçou ainda mais seriamente ganhar vantagem cinco minutos volvidos, quando Sérgio Oliveira acertou com estrondo na barra, na conversão de um livre directo.

A equipa portuguesa esmagava na percentagem de posse de bola e quase toda a acção do encontro decorria no meio-campo sueco, mas a verdade é que o conjunto escandinavo começou a acertar melhor nas marcações individuais e conseguiu, pelo menos, travar o assalto do adversário. E o assomo da Suécia permitiu-lhe mesmo obrigar José Sá à sua primeira intervenção digna desse nome, com Simon Tibbling a querer repetir a façanha do jogo da fase de grupos entre as duas equipas, quando assinou o tento do empate.

O equilíbrio de forças era agora maior, mas Portugal voltou a criar dois lances de perigo no espaço de três minutos e já na recta final da primeira parte. João Mário, em posição privilegiada, viu o seu remate na passada embater num adversário, antes de Raphael Guerreiro disparar forte de fora da área, mas ligeiramente por cima.

Ao contrário da etapa inicial, foi a Suécia a dispor da primeira oportunidade no regresso dos balneários, com John Guidetti, até esse momento discreto, a rematar de forma acrobática e com muito perigo. Quase logo de seguida, Rui Jorge mexeu na equipa e lançou Tozé para o lugar de Sérgio Oliveira. A selecção portuguesa ressentiu-se um pouco da ausência do seu capitão, mas foi curiosamente o seu substituto que devolveu emoção ao encontro, com Patrik Carlgren a ter dificuldades para travar o remate do médio do Estoril.

Iuri Medeiros, em campo há apenas dois minutos, ficou a milímetros do 1-0 num disparo de pé esquerdo ao poste mais afastado. Já com Gonçalo Paciência em campo, Portugal continuava a ser a equipa que mais procurava a baliza contrária, mas a verdade é que as forças já iam escasseando dos dois lados. Porém, aos 86 minutos, Guidetti teve nos pés a melhor ocasião de todo o encontro, numa jogada confusa que acabou com o avançado na cara de José Sá, mas o guardião voltou a estar gigante na baliza.

O prolongamento chegou e com ele uma excelente ocasião de Abdullah Khalili, aos 95 minutos, numa altura em que o jogo estava partido e a Suécia mostrava mais frescura física nas transições. Mas não dava para mais, pelo que tudo se decidiu nas grandes penalidades. E aí, Ricardo Esgaio falhou a terceira tentativa lusa, Khalili a quarta dos nórdicos e William Carvalho a quinta portuguesa. A Suécia levou a Taça para casa.

Última actualização: 29-11-16 11.53CET

http://pt.uefa.com/under21/season=2015/matches/round=2000411/match=2015383/postmatch/report/index.html#suecia+campea+sub

Equipas

Suécia

Suécia

Portugal

Portugal

1
CarlgrenPatrik Carlgren (GR)
1
José SáJosé Sá (GR)
2
LindelöfVictor Lindelöf
Yellow Card112 Prolong.
2
Ricardo EsgaioRicardo Esgaio
3
MilosevicAleksander Milosevic
3
Tiago IloriTiago Ilori
4
HelanderFilip Helander
Substitution46
4
Paulo OliveiraPaulo Oliveira
5
AugustinssonLudwig Augustinsson
5
Raphaël GuerreiroRaphaël Guerreiro
6
LewickiOscar Lewicki
6
William CarvalhoWilliam Carvalho
7
HiljemarkOscar Hiljemark (C)
8
Sérgio OliveiraSérgio Oliveira (C)
Substitution54
8
KhaliliAbdullah Khalili
10
Bernardo SilvaBernardo Silva
10
GuidettiJohn Guidetti
18
Ivan CavaleiroIvan Cavaleiro
Substitution61
11
Kiese ThelinIsaac Kiese Thelin
21
RicardoRicardo
Substitution70
16
TibblingSimon Tibbling
Substitution66
23
João MárioJoão Mário

suplentes

12
RinneJacob Rinne (GR)
12
Daniel FernandesDaniel Fernandes (GR)
9
HrgotaBranimir Hrgota
7
Rafa SilvaRafa Silva
13
ZeneliArber Zeneli
9
Gonçalo PaciênciaGonçalo Paciência
Substitution70
14
IshakMikael Ishak
11
Iuri MedeirosIuri Medeiros
Substitution61
15
OlssonKristoffer Olsson
13
João CanceloJoão Cancelo
17
BaffoJoseph Baffo
Substitution46
Yellow Card110 Prolong.
14
Tobias FigueiredoTobias Figueiredo
18
HolménSebastian Holmén
15
Frederico VenâncioFrederico Venâncio
19
LarssonSam Larsson
16
Rúben NevesRúben Neves
20
QuaisonRobin Quaison
Substitution66
17
Carlos ManéCarlos Mané
21
KonatePa Konate
19
Ricardo HortaRicardo Horta
22
GustafsonSimon Gustafson
20
TozéTozé
Substitution54
23
LindeAndreas Linde (GR)
22
Bruno VarelaBruno Varela (GR)

Treinador

Håkan Ericson (SWE) Rui Jorge (POR)

Árbitro

Szymon Marciniak (POL)

Árbitros assistentes

Paweł Sokolnicki (POL), Tomasz Listkiewicz (POL)

Quarto árbitro

Clément Turpin (FRA)

Árbitros assistentes adicionais

Paweł Raczkowski (POL), Tomasz Musiał (POL)

Legenda:

  • GolosGolos
  • Auto-goloAuto-golo
  • Grandes penalidadesGrandes penalidades
  • Penalties falhadosPenalties falhados
  • reds_cardCartões Vermelhos
  • yellow_cardsCartões amarelos
  • yellow_red_cardsDuplo amarelo
  • SubstituiçãoSubstituição