O "site" oficial do futebol europeu

Antevisão do Portugal - Alemanha

Publicado: Sexta-feira, 26 de Junho de 2015, 19.45CET
Rui Jorge acredita que Portugal vai ter de "roçar a perfeição" para bater a Alemanha nas meias-finais, enquanto Horst Hrubesch pediu melhor finalização à sua equipa.
por Simon Hart e Nuno Tavares
de Ander Stadium
Antevisão do Portugal - Alemanha
Ivan Cavaleiro num momento divertido do treino da selecção portuguesa de Sub-21 ©Sportsfile

Estatísticas da prova

PortugalAlemanha

Golos marcados7
 
5
Total de tentativas82
 
59
Remates à baliza21
 
20
Remates para fora39
 
23
Remates defendidos22
 
16
nos postes3
 
0
Cantos30
 
19
Foras-de-jogo13
 
6
Cartões amarelos5
 
10
Cartões Vermelhos0
2
Faltas cometidas52
 
50
Faltas sofridas85
 
60
Publicado: Sexta-feira, 26 de Junho de 2015, 19.45CET

Antevisão do Portugal - Alemanha

Rui Jorge acredita que Portugal vai ter de "roçar a perfeição" para bater a Alemanha nas meias-finais, enquanto Horst Hrubesch pediu melhor finalização à sua equipa.

Portugal procura a primeira final desde 1994 contra a vencedora da prova em 2009
Horst Hrubesch e Rui Jorge querem que as suas equipas sejam mais capazes no capítulo da finalização
Vamos ter de "roçar a perfeição para vencer", diz Rui Jorge
Ambas as equipas ultrapassaram a fase de grupos sem derrotas
Vencedor disputará a final no Eden Stadium, em Praga, no dia 30 de Junho

Equipas prováveis
Portugal: José Sá; Ricardo Esgaio, Raphael Guerreiro, Paulo Oliveira, Tiago Ilori; William Carvalho, Sérgio Oliveira, João Mário, Bernardo Silva; Ivan Cavaleiro, Ricardo
De fora: Ninguém
Em dúvida: Tiago Ilori
(O defesa contraiu um problema na coxa esquerda frente à Suécia, mas os exames não revelaram danos e poderá jogar.)

Alemanha: Ter Stegen; Korb, Ginter, Knoche, Günter; Kimmich, Can; Younes, Meyer, Schulz; Volland
De fora: Ninguém

Rui Jorge, seleccionador de Portugal
É verdade que ainda só marcámos dois jogos, mas temos jogador muito bem e criado várias oportunidades. Aquilo que vamos tentar é continuar a jogar da mesma forma. Tivemos mais posse de bola em todos os jogos que disputámos até ao momento e é apenas uma questão de mantermos o nosso estilo de jogo e manter a nossa identidade. Contudo, também tentaremos ser mais eficientes na finalização.

A nossa abordagem táctica ao jogo contra a Alemanha será a mesma de sempre. Eles têm uma grande equipa e nós teremos de roçar praticamente a perfeição para os batermos. [Leonardo] Bittencourt, [Kevin] Volland e vários outros jogadores têm uma enorme qualidade.
 
Quanto ao facto de eles terem mais um dia de descanso do que nós, é óbvio que isso nos prejudica. Nesta altura da temporada é muito importante ter um dia a mais ou menos para descansar, mas isso não nos vai servir de desculpa amanhã caso o jogo não nos corra de feição.
 
Desde o primeiro dia desta longa caminhada que temos sentido o mesmo tipo de pressão, pelo que não vamos sentir mais nervosismo pelo facto de se tratar de uma meia-final de um Europeu. Confio plenamente nos meus jogadores e naquilo que são capazes de fazer.
 
[Sobre a disponibilidade de Tiago Ilori] De momento ainda não temos qualquer certeza, pelo que vamos ter de esperar por amanhã para decidir se ele joga ou não.

Horst Hrubesch, seleccionador da Alemanha
Estou confiante, pois ainda ninguém se superiorizou a nós. Sempre que necessário conseguimos elevar o nosso jogo.

Não tememos Portugal. Para nós foi sempre importante ir passo a passo, pelo que não importa quem nos surge pela frente. Estamos empenhados desde o início e agora queremos chegar à final.

Ao longo da competição vimos que treinador e equipa entendem-se e confiam um no outro. É uma combinação forte. As exibições até agora mostram que temos a ambição certa. É por isso que não tenho preocupações em campo. Estou a retirar dos jogadores o que preciso.

Vimos pelo estilo de jogo de Portugal que são capazes de criar golos, mas tal como nós desperdiçaram ocasiões. Ambas as formações precisam de ser eficazes nesta meia-final. Somos capazes de ser compactos e defender alto e o único problema que detecto é que precisamos de ser mais eficientes no aproveitar das oportunidades.

Percurso até agora
Portugal (vencedor do Grupo B)
Inglaterra 0-1 Portugal (João Mário 57)
Itália 0-0 Portugal
Portugal 1-1 Suécia (Gonçalo Paciência 82; Tibbling 89)

Alemanha (segunda classificada do Grupo A)
Alemanha 1-1 Sérvia (Can 17; Djuričić 8)
Alemanha 3-0 Dinamarca (Volland 32 48, Ginter 53)
República Checa 1-1 Alemanha (Krejčí 66; Schulz 55)

Guia de forma (mais recente em primeiro)
Portugal: EEVDE
Alemanha: EVEDE

Internacionais A na equipa (internacionalizações)
Portugal: Oito jogadores com 26 internacionalizações entre si
William Carvalho (13), João Mário (3), Rafa Silva (3), Raphael Guerreiro (2), Ivan Cavaleiro (2), Paulo Oliveira (1), Ricardo Horta (1), Bernarndo Silva (1)

Alemanha: Seis jogadores com 15 internacionalizações entre si
Matthias Ginter (5), Marc-André ter Stegen (4), Kevin Volland (3), Christian Günter (1), Maximilian Arnold (1), Max Meyer (1)

Facto do jogo
• As duas equipas não perdem há 14 jogos oficiais. Confira os detalhes e muito mais na nossa extensiva retrospectiva do jogo.

Última actualização: 26-06-15 23.55CET

http://pt.uefa.com/under21/season=2015/matches/round=2000409/match=2015382/prematch/preview/index.html#portugal+alemanha