O "site" oficial do futebol europeu

Retrospectiva do Portugal - Suécia

Publicado: Terça-feira, 23 de Junho de 2015, 12.02CET
Portugal e Suécia concluem a participação no Grupo B, em Uherske Hradiste, com um lugar nas meias-finais em disputa, 11 anos após o último jogo oficial, na fase final de 2004.
Retrospectiva do Portugal - Suécia
Portugal vai tentar garantir o apuramento para as meias-finais frente à Suécia ©Sportsfile

Estatísticas da prova

PortugalSuécia

Golos marcados7
 
7
Total de tentativas82
 
46
Remates à baliza21
 
20
Remates para fora39
 
22
Remates defendidos22
 
4
nos postes3
 
0
Cantos30
 
12
Foras-de-jogo13
 
7
Cartões amarelos5
 
8
Cartões Vermelhos0
1
Faltas cometidas52
 
70
Faltas sofridas85
 
49
Publicado: Terça-feira, 23 de Junho de 2015, 12.02CET

Retrospectiva do Portugal - Suécia

Portugal e Suécia concluem a participação no Grupo B, em Uherske Hradiste, com um lugar nas meias-finais em disputa, 11 anos após o último jogo oficial, na fase final de 2004.

Portugal e Suécia concluem a participação no Grupo B do Campeonato da Europa de Sub-21 da UEFA, em Uherske Hradiste, 11 anos após o último jogo oficial, com o apuramento para as meias-finais em disputa.

Conteúdos relacionados

• Portugal lidera o grupo após ter iniciado a campanha com um triunfo por 1-0 sobre a Inglaterra, seguindo-se um empate a zero com a Itália.

• A Suécia bateu a Itália por 2-1 na primeira jornada mas depois perdeu com a Inglaterra, devido a um golo tardio.

• Os quatro semifinalistas na República Checa apuram-se automaticamente para os Jogos Olímpicos do próximo Verão, no Rio de Janeiro. Caso a Inglaterra seja um deles, os terceiros classificados disputam um "play-off", a 28 de Junho, para saber quem a substitui.

• Portugal apura-se se vencer ou empatar. Também segue em frente se perder, desde que a Inglaterra empate com a Itália. Se Portugal perder e a Inglaterra vencer a Itália, a diferença de golos vai decidir qual dos dois – Portugal ou Itália – se apura, dado que empataram entre si. Se Portugal perder e a Inglaterra vencer, então é eliminado, mas disputa o "play-off" de acesso aos Jogos Olímpicos.

• A Suécia apura-se em caso de vitória, enquanto um empate é suficiente desde que a Itália derrote a Inglaterra. Se perder e a Inglaterra vencer, então disputa o "play-off".

Uma anáise mais detalhada das permutações pode ser consultada aqui.

Últimas de Portugal
• Portugal tem todo o plantel disponível, já que Ivan Cavaleiro está em condições depois de ter sido poupado frente à Itália, tempo que lhe permitiu recuperar de uma lesão na perna direita sofrida no triunfo sobre a Inglaterra.

• João Mário, Gonçalo Paciência e Bernardo Silva têm um cartão amarelo e estão a um de cumprir castigo.

• Os jogadores de Portugal relaxaram durante a manhã desta segunda-feira no seu quartel-general, em Otrokovice, antes de Gonçalo Paciência participar numa conferência de imprensa. "Vmios os jogos da Suécia e sabemos que possui jogadores fortes e rápidos – estamos prontos para os enfrentar", disse o avançado do Porto.

• A tarde terminou com um treino ligeiro – visto, como sempre, por um espectador muito especial. Diante do complexo desportivo utilizado por Portugal encontra-se um lar de terceira idade, e uma das suas residentes pode ser vista a observar o plantel com recurso a binóculos. A Suécia bem que lhe podia pedir informação privilegiada sobre o adversário de quarta-feira …

• Kola Ilori, que está na República Checa para ver o seu filho jogar, disse a uma rádio portuguesa que o Liverpool assegurou que Tiago Ilori vai participar na pré-época dos "reds".

Últimas da Suécia
• A selecção sueca folgou na tarde de segunda-feira, após um treino matinal para os jogadore que não participaram no jogo frente à Inglaterra. Os que jogaram cumpriram uma sessão no ginásio.

• Håkan Ericson, seleccionador da Suécia, admitiu após o embate com a Inglaterra que "conversámos bastante sobre utilizar os mesmos jogadores ou não", dado que a sua equipa tinha jogado mais de 62 minutos frente a uma selecção italiana reduzida a dez. Explicou que falou com diversos jogadores sobre a sua condição física para defrontarem a Inglaterra e que confiou na capacidade de cada um para lidar com a fadiga.

• O defesa Alexander Milosević está disponível após cumprir um jogo de castigo, na sequência da expulsão frente à Itália. Cinco jogadores já viram um cartão amarelo na competição e falham as meias-finais, em caso de apuramento sueco, se virem mais um diante da Itália. O quinteto é composto por Joseph Baffo, John Guidetti, Filip Helander, Oscar Hiljemark e Abdullah Khalili.

• O avançado Isaac Kiese Thelin cumpriu os 90 minutos frente à Inglaterra, apesar de um problema recorrente no calcanhar, mas segundo Ericson, não houve mais queixas físicas a registar depois do jogo em Olomouc.

• Após ter adoptado uma estratégia de contenção frente à Inglaterra, a Suécia terá agora de usar uma postura diferente diante Portugal, numa partida que precisa vencer. "Frente a Portugal vamos utilizar um plano de jogo diferente", disse Ericson.

©UEFA.com

Portugal festeja após vencer a Suécia no jogo de atribuição do terceiro lugar, em 2004

Confrontos anteriores
• As duas equipas encontraram-se no arranque do Grupo B da edição de 2004, num jogo ganho pelos suecos, por 3-1, em Mannheim.

• Hugo Almeida adiantou Portugal aos 28 minutos, mas Johan Elmander marcou antes e após o intervalo. O suplente Stefan Ishizaki entrou para confirmar o triunfo sueco, a 19 minutos do fim.

• As formações que alinharam no Carl-Benz-Stadion, a 28 de Maio de 2004, foram as seguintes:
Suécia
: Alvbåge; Anotnsson, Dorsin, Stenman, Holmén, Elmander (Rosenberg 78), Jönsson (Johansson 72), Stefanidis, Andersson, Gerbrand, Djurić (Ishizaki 46).
Portugal: Moreira, Sérgio, Meireles, Alves, Costa, Bosingwa, Viana (Custódio 55), Almeida, Martins (Danny 56), Ribeiro, Lourenço (Carlitos 63).

• Ambos os conjuntos passaram a fase de grupos e perderam nas meias-finais, o que significou que tiveram de disputar o "play-off" de atribuição do terceiro lugar, de maneira a decidir o apuramento para o Jogos Olímpicos desse Verão. Desta feita, Portugal ganhou por 3-2, após prolongamento, numa emocionante partida realizada em Oberhausen.

• As equipas que alinharam no Niederrheinstadion, a 8 de Junho de 2004, foram as seguintes:
Portugal: Moreira, Meireles, Alves, Costa, Martins (Viana 61), Ribeiro, Garcia, Custódio, Danny, Lourenço (Oliveira 91).
Suécia: Wiland; Antonsson, Dorsin, Nilsson, Stenman, Ishizaki, Elmander, Jönsson, Stefanidis (Hysén 72), Andersson (Rosenberg 89), Djurić.

• Elmander assinou o quarto tento na fase final pouco antes do intervalo, mas Hugo Viana empatou a 14 minutos do final. Depois, parecia que Jorge Ribeiro ia dar a vitória a Portugal, só que Markus Rosenberg ainda entrou a tempo de forçar o prolongamento.

• Carlitos marcou o golo do triunfo aos 114 minutos, na sequência de excelente trabalho de Danny. Nos Jogos Olímpicos de Atenas, apesar de contar com Cristiano Ronaldo, Portugal ficou-se pela fase de grupos.

• Os embates oficiais anteriores entre ambos tinham sido na qualificação. Em 1988, a Suécia ganhou em casa, por 4-2, e Portugal fez o mesmo, por 2-0.

• No apuramento de 1986, houve empate a um golo em Estocolmo e vitória por 1-0 da Suécia em Lisboa. Os nórdicos ficaram no primeiro lugar do grupo e depois perderam frente à Itália nos quartos-de-final, disputados a duas mãos.

Retrospectiva
• O melhor desempenho de Portugal aconteceu quando chegou à final em 1994. Terminou no terceiro lugar em 2004 e foi eliminado na fase de grupos em 2002, 2006 e 2007, na última vez em que participou na fase final.

• O melhor desempenho da Suécia aconteceu quando chegou à final em 1992. Atingiu as meias-finais em 1990, 2004 e 2009 (como anfitriã), mas não se qualificou em 2011 e 2013.

• A Suécia ultrapassou a fase de grupos nas suas duas últimas participações, em 2004 e 2009.

Perfis dos seleccionadores
Portugal: Rui Jorge
Data de nascimento: 27/03/73
Rui Jorge sucedeu a Oceano Cruz em Novembro de 2010. Antigo defesa-esquerdo de FC Porto, Rio Ave, Sporting e Belenenses, fez 45 jogos pela selecção principal de Portugal, um dos quais no UEFA EURO 2004, em solo luso, e três no Campeonato do Mundo, dois anos antes.

Suécia: Håkan Ericson
Data de nascimento: 29/05/1960
Filho de Georg Ericson, seleccionador da Suécia entre 1970 e 1979, Håkan Ericson assumiu o comando dos Sub-21 em Novembro de 2010. Antigo técnico do Norrköping, iniciou o percurso de treinador em 1983, após uma lesão num joelho ter ditado o fim de carreira prematuro, aos 21 anos.

Guia de forma
Portugal
Últimos cinco jogos (mais recente primeiro): EVDED
Melhor marcador na qualificação: Ricardo (5)

Suécia
Últimos cinco jogos (mais recente primeiro): DVEVV
Melhores marcadores na qualificação: John Guidetti, Isaac Kiese Thelin (4)

Última actualização: 26-06-15 0.11CET

http://pt.uefa.com/under21/season=2015/matches/round=2000408/match=2015379/prematch/background/index.html#portugal+suecia+factos