O "site" oficial do futebol europeu

Inglaterra derrota Suécia com golo de Lingard

Publicado: Domingo, 21 de Junho de 2015, 19.50CET
Suécia 0-1 Inglaterra
Um tento de Jesse Lingard, aos 85 minutos, terminou com a longa espera inglesa e relançou-a no caminho das meias-finais.
por Tom Kell
de Estádio Ander
Inglaterra derrota Suécia com golo de Lingard
Jesse Lingard apontou o golo vitorioso da Inglaterra à beira do fim ©Getty Images

Estatísticas dos jogos

SuéciaInglaterra

Golos marcados0
1
Total de tentativas10
 
14
Remates à baliza4
 
3
Remates para fora3
 
7
Remates defendidos3
 
4
nos postes0
 
0
Cantos6
 
6
Foras-de-jogo0
3
Cartões amarelos2
 
0
Cartões Vermelhos0
 
0
Faltas cometidas11
 
7
Faltas sofridas7
 
11

Classificação

Legenda:

J: Jogados   
Pts: Pontos   
Última actualização: 30/11/2017 15:07 CET
Publicado: Domingo, 21 de Junho de 2015, 19.50CET

Inglaterra derrota Suécia com golo de Lingard

Suécia 0-1 Inglaterra
Um tento de Jesse Lingard, aos 85 minutos, terminou com a longa espera inglesa e relançou-a no caminho das meias-finais.

Jesse Lingard, extremo do Manchester United, dá a vitória da  Inglaterra sobre a Suécia
Formação de Gareth Southgate tem agora os mesmos três pontos que o adversário no Grupo B
Primeira vitória da Inglaterra na fase final de um EURO Sub-21 desde o triunfo sobre a Suécia nas meias-finais de 2009
Lingard coloca um ponto final numa série de cinco jogos da Inglaterra sem marcar em lances de bola corrida na fase final de um EURO Sub-21
Próximos jogos: Inglaterra - Itália, Portugal - Suécia (quarta-feira)

Quando parecia já uma equipa sem ideias em Olomouc, a Inglaterra relançou-se na corrida pelo apuramento para as meias-finais do Campeonato da Europa de Sub-21 da UEFA.

Gareth Southgate sempre desejou ver a sua equipa "jogar com um determinado estilo", mas até a sua paciência foi testada ao limite no Estádio Ader. A Inglaterra circulou a bola, atacou, continuou a atacar, mas a Suécia resistia. Os ingleses mostravam-se demasiado cerimoniosos e cautelosos durante grande parte do processo de construção. Tudo demasiado planeado, provavelmente. Depois apareceu Lingard.

Que o golo do extremo entretanto entrado em campo tenha vindo de um canto nem surpreendeu, atento ao facto de a Inglaterra se ter revelado mais perigosa quando optou por improvisar algo, ao contrário do desejo de Southgate. Nathan Redmond, Carl Jenkinson e Harry Kane – as três principais ameaças salientadas por Håkan Ericson no sábado – combinaram bem no minuto 27, mas o avançado do Tottenham não conseguiu cabecear com a melhor direcção. Will Hughes parecia ter mais espaço quando foi lançado por Alex Pritchard, mas viu Filip Helander bloquear-lhe o remate quando já nada o fazia prever.

Meias-ocasiões por parte de Simon Tibbling, John Guidetti e Isaac Kiese Thelin foram o melhor que os suecos conseguiram fazer nos primeiros 45 minutos. No entanto, a sua persistência em jogar com dois atacantes fazia com que a Inglaterra não se pudesse lançar no ataque como mais gostaria.

Southgate optou por apostar num semelhante 4-4-2 ao colocar Danny Ings ao intervalo. O novo jogador do Liverpool mexeu com o jogo, mas era o No9 da Inglaterra que se mantinha como referência no ataque, com Jenkinson a quase beneficiar desta alteração, por volta da hora de jogo, quando surgiu para receber um centro atrasado de Kane, mas o seu remate foi à malha lateral.

Mesmo apesar de ter em campo uma dupla atacante que marcou um total de 32 golos na última edição da Premier League, o facto é que o golo não chegava. A espera da Inglaterra por um tento num lance de bola corrida, desde que Danny Welbeck marcou na derrota por 2-1 frente à República Checa, a 19 de Junho de 2011, parecia continuar, só que Lingaard, na sequência de um canto, controlou a com o peito e disparou a contar à entrada da área. A espera de 459 minutos chegava ao fim.

Última actualização: 22-06-15 0.25CET

http://pt.uefa.com/under21/season=2015/matches/round=2000408/match=2015374/postmatch/report/index.html#inglaterra+derrota+suecia

Equipas

Suécia

Suécia

Inglaterra

Inglaterra

1
CarlgrenPatrik Carlgren (GR)
1
ButlandJack Butland (GR) (C)
2
LindelöfVictor Lindelöf
2
JenkinsonCarl Jenkinson
4
HelanderFilip Helander
3
GarbuttLuke Garbutt
5
AugustinssonLudwig Augustinsson
6
GibsonBen Gibson
6
LewickiOscar Lewicki
7
PritchardAlex Pritchard
Substitution55
7
HiljemarkOscar Hiljemark (C)
9
KaneHarry Kane
8
KhaliliAbdullah Khalili
Yellow Card70
Substitution87
10
CarrollTom Carroll
Substitution73
10
GuidettiJohn Guidetti
Substitution81
11
RedmondNathan Redmond
11
Kiese ThelinIsaac Kiese Thelin
14
ChalobahNathaniel Chalobah
16
TibblingSimon Tibbling
Substitution78
19
HughesWill Hughes
Substitution46
17
BaffoJoseph Baffo
Yellow Card79
20
MooreLiam Moore

suplentes

12
RinneJacob Rinne (GR)
12
BondJonathan Bond (GR)
9
HrgotaBranimir Hrgota
4
Forster-CaskeyJake Forster-Caskey
13
ZeneliArber Zeneli
5
StonesJohn Stones
14
IshakMikael Ishak
Substitution81
8
Ward-ProwseJames Ward-Prowse
15
OlssonKristoffer Olsson
13
BettinelliMarcus Bettinelli (GR)
18
HolménSebastian Holmén
15
KeaneMichael Keane
19
LarssonSam Larsson
Substitution78
16
LingardJesse Lingard
Substitution55
Goal85
20
QuaisonRobin Quaison
Substitution87
17
IngsDanny Ings
Substitution46
21
KonatePa Konate
18
AfobeBenik Afobe
22
GustafsonSimon Gustafson
21
ChambersCalum Chambers
23
LindeAndreas Linde (GR)
22
TargettMatt Targett
23
Loftus-CheekRuben Loftus-Cheek
Substitution73

Treinador

Håkan Ericson (SWE) Gareth Southgate (ENG)

Árbitro

Javier Estrada (ESP)

Árbitros assistentes

Miguel Martínez (ESP), Teodoro Sobrino (ESP)

Quarto árbitro

Ondřej Pelikán (CZE)

Árbitros assistentes adicionais

Alejandro Hernandez (ESP), Jesús Gil Manzano (ESP)

Legenda:

  • GolosGolos
  • Auto-goloAuto-golo
  • Grandes penalidadesGrandes penalidades
  • Penalties falhadosPenalties falhados
  • reds_cardCartões Vermelhos
  • yellow_cardsCartões amarelos
  • yellow_red_cardsDuplo amarelo
  • SubstituiçãoSubstituição