O "site" oficial do futebol europeu

Grupo B: Antevisão do Inglaterra - Portugal

Publicado: Quarta-feira, 17 de Junho de 2015, 21.45CET
O seleccionador de Inglaterra, Gareth Southgate, espera um "jogo fantástico" frente a Portugal, enquanto o homólogo Rui Jorge salienta que a este nível não há favoritos.
por Nuno Tavares
de City Stadium
Grupo B: Antevisão do Inglaterra - Portugal
A selecção portuguesa de Sub-21 treina no City Stadium ©UEFA.com

Estatísticas da prova

InglaterraPortugal

Golos marcados2
 
7
Total de tentativas56
 
82
Remates à baliza13
 
21
Remates para fora29
 
39
Remates defendidos14
 
22
nos postes0
3
Cantos19
 
30
Foras-de-jogo9
 
13
Cartões amarelos3
 
5
Cartões Vermelhos0
 
0
Faltas cometidas35
 
52
Faltas sofridas32
 
85
Publicado: Quarta-feira, 17 de Junho de 2015, 21.45CET

Grupo B: Antevisão do Inglaterra - Portugal

O seleccionador de Inglaterra, Gareth Southgate, espera um "jogo fantástico" frente a Portugal, enquanto o homólogo Rui Jorge salienta que a este nível não há favoritos.

• Inglaterra e Portugal medem forças na estreia no Grupo B, em Uherske Hradiste
• Gareth Southgate fala de um "jogo fantástico" entre duas "grandes equipas"
• Rui Jorge elogia a Inglaterra, mas avisa que Portugal tem uma "enorme qualidade"
• A Inglaterra não perde há quatro jogos frente a Portugal
• John Stones vai falhar o encontro, devido a uma lesão na cabeça

Campanha na qualificação (incluindo o "play-off")
Inglaterra: J12 V11 E1 D0 GM35 GS4 (vencedor do Grupo 1)
Melhor marcador na qualificação: Saido Berahino (10)

Portugal: J10 V10 E0 D0 GM29 GS10 (vencedor do Grupo 8)
Melhor marcador na qualificação: Ricardo (5)

Guia de forma (incluindo amigáveis, mais recente primeiro)
Inglaterra: VVVDV
Portugal: DEDVV

Equipas prováveis
Inglaterra: Jack Butland; Carl Jenkinson, Liam Moore, Ben Gibson, Luke Garbutt; James Ward-Prouse, Nathaniel Chalobah; Nathan Redmond, Tom Carroll, Alex Pritchard; Harry Kane.
De fora: John Stones (concussão cerebral), Saido Berahino (regressou a Inglaterra devido a lesão)

Portugal: José Sá; Ricardo Esgaio, Paulo Oliveira, Tiago Ilori, Raphael Guerreiro; William Carvalho, Sérgio Oliveira, João Mário, Bernardo Silva; Ivan Cavaleiro, Ricardo Pereira.

Gareth Southgate, seleccionador da Inglaterra
É um grande desafio para nós. Portugal tem uma grande equipa. Defrontámo-los em Novembro e agora têm algunms jogadores que não jogaram nessa ocasião. Vai ser um jogo fantástico. Temos um grande respeito pelo futebol português e pelos jogadores que produziram ao longo dos anos.

Marcámos em todos os jogos que disputámos na qualificação e não pretendemos mudar de estilo ou filosofia de jogo só porque agora se trata de uma fase final. Portugal é muito perigoso nas transições e especialmente no contra-ataque. O mais importante vai ser a mentalidade que vamos apresentar no torneio.

Todos querem ganhar o primeiro jogo, mas a chave para nós é que tudo o que fizemos até agora em termos de preparação foi perfeito. O nosso grupo de trabalho tem um grande carácter e um enorme confiança nas suas capacidades. Esperamos ser bem sucedidos na competição também para dar confiança e esperança às opessoas que trabalham com as camadas jovens em Inglaterra.

Rui Jorge, seleccionador de Portugal
Vamos fazer tudo dentro e fora de campo para conseguirmos o melhor resultado possível. É nisso que estamos focados e é dessa forma que vamos encarar a competição. Temos três jogos difíceis, mas isso acontece porque todas as equipas são muito fortes a este nível.

Vamos defrontar uma equipa extremamente forte e com um meio-campo poderoso. Têm muita qualidade técnica, algo que não é usual ver em equipas inglesas. Para além de terem um ataque muito perigoso, defensivamente foram a equipa com a melhor média de golos sofridos. Isso diz muito do adversário que temos pela frente. Temos de estar ao nosso melhor nível e esperar que isso chegue.

É um orgulho tanto para mim como para os jogadores estar presente numa fase final. Sabemos as dificuldades que tivemos de ultrapassar para estar aqui. Não gosto de fazer comparações com outras gerações de jogadores. Aquilo que posso dizer é que este é um grupo de enorme qualidade e muito homogéneo. Temos 23 jogadores de grande qualidade, mas podiam estar aqui ainda mais alguns do mesmo nível.

Disputar três jogos de três em três dias é uma realidade nova para nós, mas o facto de termos um grupo de qualidade permite-nos gerir um possivel cansaço. Foi uma época desgastante para todos eles, mas estar presente num torneio desta grandeza vai fazer com que superem qualquer tipo de cansaço que possa aparecer. Numa competição deste calibre não há favoritos. Qualquer equipa pode ganhar.

Internacionais A na equipa
Inglaterra: John Stones (4), Calum Chambers (3), Harry Kane (2), Jack Butland (1), Carl Jenkinson (1)

Portugal: William Carvalho (13), João Mário (3), Rafa Silva (3), Raphael Guerreiro (2), Ivan Cavaleiro (2), Paulo Oliveira (1), Ricardo Horta (1), Bernardo Silva (1)

Facto do jogo
• A Inglaterra não perde há quatro jogos frente a Portugal, tendo vencido os últimos dois compromissos entre as duas selecções – ambos por 1-0 e referentes à fase de apuramento para a edição de 2011. Conseguirão os comandados de Rui Jorge terminar com essa sequência na quinta-feira? Confira todos os detalhes e muito mais na nossa extensiva retrospectiva do jogo.

Última actualização: 20-06-15 16.27CET

http://pt.uefa.com/under21/season=2015/matches/round=2000408/match=2015368/prematch/preview/index.html#inglaterra+portugal