Vitória mantém esperança

Portugal 2-1 Grécia
Rui Pedro e Yazalde marcaram os golos da primeira derrota dos gregos e deram alento à qualificação portuguesa no Grupo 9.

Pereirinha ajudou Portugal a bater a Grécia
Pereirinha ajudou Portugal a bater a Grécia ©Getty Images

Portugal infligiu a primeira derrota à Grécia no Grupo 9 de apuramento para o Campeonato da Europa de Sub-21 de 2011, ao vencer por 2-1 a partida disputada esta terça-feira em Olhão.

Obrigado a vencer
Líder destacada do agrupamento, a selecção helénica sabia que, mesmo tendo um jogo a mais do que os ingleses e perdendo este encontro, continuaria com esse estatuto. Pelo contrário, a precisar de vencer para acalentar esperanças em marcar presença na Dinamarca, o conjunto de Oceano Cruz tratou de tomar a iniciativa do encontro e podia ter-se adiantado no marcador logo aos cinco minutos, quando Yazalde cabeceou à figura do guarda-redes Nikos Babaniotis, depois de um primeiro desvio ao primeiro poste na sequência de um canto.

Babaniotis em destaque
Inofensiva a atacar durante a etapa inicial, a Grécia viu Babaniotis negar novamente os intentos de Yazalde, ao sair rápido aos pés do dianteiro lusitano e defender a sua tentativa de remate aos 36 minutos, antes de o capitão Bruno Pereirinha ver um pontapé sair a rasar o poste. Portugal voltou a entrar bem na partida após o reatamento e, depois de Babaniotis voltar a defender um pontapé perigoso de Ukra, o guardião grego não conseguiu travar completamente o remate de cabeça de Rui Pedro, após cruzamento de Pereirinha. Babaniotis ainda tocou na bola mas esta bateu no poste antes de ultrapassar a linha de baliza.

Yazalde certeiro
A perder, a Grécia tentou alterar o rumo aos acontecimentos e Giannis Papadopoulos criou perigo. No entanto, Portugal aproveitou o adiantamento da equipa helénica e aumentou a vantagem aos 74 minutos. João Aurélio lançou o dianteiro português na esquerda, Papadoulos falhou a intercepção e o jogador do Rio Ave atirou pelo meio das pernas de Babaniotis à saída deste. O guarda-redes grego impediu depois golos a Yazalde e Pedro Moreira antes de ver o suplente Elini Dimoutsos reduzir a diferença nos descontos. A Grécia tem 13 pontos e recebe a Inglaterra, a dois da liderança, em Março, enquanto Portugal, a quatro pontos dos ingleses, apenas volta a jogar em Agosto, na Lituânia.

Topo