O "site" oficial do futebol europeu

Acquafresca embala Itália

Publicado: Quarta-feira, 24 de Junho de 2009, 8.57CET
Bielorrússia 1-2 Itália
Sergei Kislyak inaugurou o marcador, mas dois golos de Robert Acquafresca apuraram os transalpinos para as meias-finais.
por Michael Harrold
de Helsingborg
Acquafresca embala Itália
O italiano Robert Acquafresca é felicitado por Luca Cigarini depois de apontar o primeiro golo ©Getty Images

Estatísticas dos jogos

BielorrússiaItália

Golos marcados1
 
2
Remates à baliza6
 
13
Remates para fora1
 
9
Cantos4
 
11
Faltas cometidas21
 
15
Cartões amarelos4
 
2
Cartões Vermelhos0
 
0

Classificação

Grupo A(País Anfitrião: Suécia)

EquipasJVEDGMGSDGPts
1Itália Itália32104227
2Suécia Suécia32019456
3Sérvia Sérvia302113-22
4Bielorrússia Bielorrússia301227-51

Legenda:

J: Jogados   
V: Vitórias   
E: Empates   
D: Derrotas   
GM: Golos marcados   
GS: Golos sofridos   
DG: Diferença de golos   
Última actualização: 30/11/2017 15:06 CET
Publicado: Quarta-feira, 24 de Junho de 2009, 8.57CET

Acquafresca embala Itália

Bielorrússia 1-2 Itália
Sergei Kislyak inaugurou o marcador, mas dois golos de Robert Acquafresca apuraram os transalpinos para as meias-finais.

Dois golos de Robert Acquafresca apuraram a Itália para as meias-finais do Campeonato da Europa de Sub-21 de 2009. Os italianos controlaram a posse de bola, mas tiveram de lutar muito para bater a aguerrida Bielorrússia, por 2-1, em Helsingborg, sendo que como prémio vão discutir a passagem à final com a Alemanha.

Bis de Acquafresca
A Bielorrússia não se atemorizou com o palmarés dos italianos, que já venceram por cinco vezes o Europeu, e ganharam uma surpreendente vantagem aos 45 minutos, graças a Sergei Kislyak. Os "azzurrini" responderam de imediato, com Acquafresca a fazer o empate na conversão de uma grande penalidade na última jogada do primeiro tempo. Com o marcador em 1-1 e a Suécia a bater a Sérvia no outro jogo de terça-feira, a Bielorrússia só precisava de mais um golo para seguir em frente, mas o encontro ficou decidido aos 75 minutos, quando Acquafresca bisou e garantiu o primeiro lugar do Grupo A para os transalpinos. Apesar do triunfo, nem tudo correu bem aos italianos. Claudio Marchisio viu um cartão amarelo e vai ser obrigado a falhar a meia-final de sexta-feira, enquanto Paolo de Ceglie foi retirado de campo em maca no primeiro tempo, devido a uma lesão num joelho.

Abate a titular
A Itália fez apenas uma alteração em relação à equipa que tinha batido a Suécia, com Ignazio Abate a render no ataque o castigado Mario Balotelli. O jogador do Torino FC não precisou de muito tempo para se adaptar e no segundo minuto cruzou para Acquafresca, que rematou às malhas laterais. A Itália dominou o início do encontro e, cinco minutos depois, Abate voltou a criar perigo com um remate. A Bielorrússia respondeu aos 12 minutos, com Leonid Kovel a entrar na área, mas Marco Motta tirou-lhe a bola dos pés quando o bielorrusso se dirigia para a baliza. A equipa da Europa de leste equilibrou o encontro e ganhou maior protagonismo a partir dos 14 minutos, quando De Ceglie se lesionou no joelho esquerdo e teve de ceder o lugar a Daniele Dessena. Sergei Krivets esteve muito activo, sendo que primeiro rematou por alto e depois recebeu a bola de Dmitri Komarovski dentro da área, obrigando a um corte atento de Salvatore Bocchetti.

Boas oportunidades
A Itália também criou uma série de oportunidades para inaugurar o marcador aos 29 minutos. Primeiro, Mikhail Afanasiev desviou sobre a linha de baliza um remate de Domenico Criscito, antes de Pavel Chesnovski ter de se aplicar a fundo para desviar um disparo de Abate. Seguiu-se um pontapé de canto, com Bocchetti a cabecear para a baliza e Afanasiev a salvar a sua equipa sobre a linha de golo. A Bielorrússia estava sob uma enorme pressão e, a quatro minutos do intervalo, Criscito dispôs de uma excelente oportunidade para marcar com um remate de cabeça. Os italianos desesperavam com tanta falta de sorte e ficaram ainda em pior situação aos 45 minutos, quando Kislyak marcou após um cruzamento de Igor Shitov. Os jogadores bielorrussos correram para o banco para comemorar, mas a festa durou pouco tempo. No segundo minuto do período de compensação, Afanasiev interceptou um cruzamento de Abate com a mão dentro da área e Acquafresca empatou na conversão da grande penalidade.

Tensão
Acquafresca poderia ter colocado a Itália em vantagem no terceiro minuto do segundo tempo, mas rematou ao lado quando estava isolado. Os italianos voltaram a estar perto de consumar a reviravolta aos 55 minutos, quando Bocchetti cabeceou à trave, e nove minutos depois, quando Chesnovski defendeu o remate rasteiro de Sebastian Giovinco. Com o avançar do relógio, as esperanças da Bielorrússia aumentavam ao mesmo ritmo que cresciam os nervos no banco italiano. Com a Suécia a bater a Sérvia, um único golo bastaria para o triunfo e o apuramento da Bielorrússia, em detrimento de Itália. Os bielorrussos criaram duas boas situações para causar uma enorme surpresa aos 73 minutos, com Andrea Consigli a desviar um livre fortíssimo de Kovel e Maksim Bordachov a cabecear um pouco por cima do alvo. O golo da tranquilidade italiana surgiu ao minuto 75. Giovinco lançou Candreva, que cruzou para Acquafresca empurrar para a baliza. Giovinco atirou à trave três minutos depois, mas os italianos já tinham atingido o objectivo.

Última actualização: 27-03-13 5.57CET

http://pt.uefa.com/under21/season=2009/matches/round=15086/match=304494/postmatch/report/index.html#acquafresca+embala+italia

Equipas

Bielorrússia

Bielorrússia

Itália

Itália

1
ChesnovskiPavel Chesnovski (GR)
1
ConsigliAndrea Consigli (GR)
2
OsipovichNikolai Osipovich
2
MottaMarco Motta (C)
4
ShitovIgor Shitov
3
AndreolliMarco Andreolli
5
BordachevMaksim Bordachev
4
CriscitoDomenico Criscito
7
KrivetsSergei Krivets
7
AbateIgnazio Abate
Substitution62
9
KovelLeonid Kovel
8
MarchisioClaudio Marchisio
Yellow Card51
10
KomarovskiDmitri Komarovski
Yellow Card13
Substitution81
9
AcquafrescaRobert Acquafresca
Goal45+3
Goal75
11
AfanasievMikhail Afanasiev (C)
Yellow Card47
Substitution67
10
GiovincoSebastian Giovinco
15
KislyakSergei Kislyak
Goal45
Yellow Card79
Substitution82
11
De CegliePaolo De Ceglie
Substitution14
18
VerkhovtsovDmitri Verkhovtsov
Yellow Card45+2
15
BocchettiSalvatore Bocchetti
Yellow Card72
21
SivakovMikhail Sivakov
21
CigariniLuca Cigarini
Substitution85

suplentes

12
GomelkoArtem Gomelko (GR)
12
SiriguSalvatore Sirigu (GR)
22
KovalevskiAnton Kovalevski (GR)
22
SeculinAndrea Seculin (GR)
3
MartynovichAleksandr Martynovich
5
MorosiniPiermario Morosini
Substitution85
6
BalanovichSergei Balanovich
6
MarzorattiLino Marzoratti
8
A. VolodkoAleksandr Volodko
Substitution82
13
RanocchiaAndrea Ranocchia
13
SachivkoAleksandr Sachivko
14
PisanoFrancesco Pisano
14
PutiloAnton Putilo
16
CandrevaAntonio Candreva
Substitution62
16
VeretiloOleg Veretilo
17
PoliAndrea Poli
17
GigevichSergei Gigevich
Substitution67
18
CerciAlessio Cerci
19
YanushkevichAleksei Yanushkevich
19
PaloschiAlberto Paloschi
20
YurchenkoVladimir Yurchenko
Substitution81
23
DessenaDaniele Dessena
Substitution14
23
ChukhleiAndrei Chukhlei

Treinador

Yury Kurnenin (BLR) Pierluigi Casiraghi (ITA)

Árbitro

Claudio Circhetta (SUI)

Árbitros assistentes

Joël De Bruyn (BEL), Emil Ubias (CZE)

Quarto árbitro

Markus Strömbergsson (SWE)

Legenda:

  • GolosGolos
  • Auto-goloAuto-golo
  • Grandes penalidadesGrandes penalidades
  • Penalties falhadosPenalties falhados
  • reds_cardCartões Vermelhos
  • yellow_cardsCartões amarelos
  • yellow_red_cardsDuplo amarelo
  • SubstituiçãoSubstituição