O "site" oficial do futebol europeu

Goleada frustrante

Publicado: Domingo, 17 de Junho de 2007, 0.45CET
Israel 0-4 Portugal
Os portugueses cumpriram com dois golos em cada parte mas o empate no Bélgica-Holanda colocou estas duas selecções nas meias-finais.

Estatísticas dos jogos

IsraelPortugal

Golos marcados0
4
Remates à baliza3
 
12
Remates para fora1
 
13
Cantos1
 
12
Faltas cometidas19
 
15
Cartões amarelos3
 
5
Cartões Vermelhos0
 
0

Classificação

Grupo A NED / ISR / POR / BEL(País Anfitrião: Holanda)

EquipasJVEDGMGSDGPts
1Holanda Holanda32105327
2Bélgica Bélgica31203215
3Portugal Portugal31115234
4Israel Israel300306-60

Legenda:

J: Jogados   
V: Vitórias   
E: Empates   
D: Derrotas   
GM: Golos marcados   
GS: Golos sofridos   
DG: Diferença de golos   
Última actualização: 30/11/2017 14:56 CET
Publicado: Domingo, 17 de Junho de 2007, 0.45CET

Goleada frustrante

Israel 0-4 Portugal
Os portugueses cumpriram com dois golos em cada parte mas o empate no Bélgica-Holanda colocou estas duas selecções nas meias-finais.

Portugal cumpriu e goleou a inofensiva selecção de Israel por 4-0, mas o empate a dois no outro jogo do Grupo A, entre a Holanda e a Bélgica, colocou estas duas equipas nas meias-finais do Europeu de Sub-21. Resta a possibilidade de conseguir ainda o acesso aos Jogos Olímpicos de Pequim.

Equipa ofensiva
Como se esperava, o seleccionador português José Couceiro, que assistiu ao encontro na bancada, após a expulsão no desafio anterior ante os holandeses, introduziu duas alterações na equipa inicial que começou o esse encontro. Assim, fez entrar João Pereira para o lado direito da defesa, em vez de Amoreirinha, enquanto o avançado Ricardo Vaz Té, recuperado da lesão que o afastou dos dois primeiros desafios, surgiu no lugar do médio Ruben Amorim.

Ribeiro atento
Ciente de que apenas uma vitória servia para poder ainda seguir em frente, Portugal fez valer o esquema claramente atacante gizado por Couceiro nesta partida e, fruto da enorme percentagem de posse de bola na fase inicial, ganhou três cantos logo nos primeiros cinco minutos. No entanto, o primeiro lance de perigo pertenceu aos israelitas, estavam decorridos 17 minutos. Idan Srur apontou um livre e perante a tentativa de desvio de um companheiro, que não aconteceu, Paulo Ribeiro afastou com dificuldade.

Amarelo para Almeida
A resposta lusitana chegou três minutos volvidos. João Moutinho entrou pela área adversária adentro, foi à linha e colocou a bola com conta, peso e medida na cabeça de Vaz Té. No entanto, o avançado do Bolton Wanderers FC, que começou a partida descaído para o lado esquerdo, atirou de cabeça por cima da barra quando estava sozinho no coração da área. Israel tentava surpreender em rápidos contra-ataques e num deles obrigou o capitão Hugo Almeida a fazer falta e a ver o segundo cartão amarelo na prova.

Nani de bicicleta
Srur tentou novamente a sorte de livre só que desta vez o guarda-redes português defendeu sem qualquer problema. Aos 34 minutos, igualmente de livre, após toque curto de Moutinho, Manuel da Costa rematou forte, mas Tom Al Madon estirou-se e desviou para canto. A pressão lusitana acentuou-se e Nani deixou novamente o aviso quando atirou ligeiramente por cima da baliza num espectacular pontapé de bicicleta dentro da área.

Portugal abre o activo
A nova estrela do Manchester United FC combinou depois, aos 37 minutos, com Manuel Fernandes, perto da grande área, e o médio português desferiu um potente e colocado remate sem hipótese para Al Madon, fazendo o esférico roçar ainda na parte inferior da trave antes de entrar na baliza. No outro jogo, em Heerenveen, exactamente na mesma altura, a Holanda dava a volta ao marcador e adiantava-se perante a Bélgica, por 2-1. Portugal precisava então de vencer por mais de um golo de diferença e voltou a festejar ainda antes do intervalo.

Vaz Té não perdoa
João Pereira cruzou largo da direita e Vaz Té, solto na área, assinalou a estreia na competição com a obtenção do segundo golo da selecção das quinas, correspondendo de cabeça à solicitação do lateral. Com a Bélgica a perder, a equipa de Couceiro igualava na classificação os “jovens diabos”, mas a diferença de golos era-lhe favorável e isso mesmo foi visível no punho cerrado e sorriso do técnico depois do tento conseguido por Vaz Té.

Dois golos num minuto
O desfecho não interessava a Israel e Levy trocou o médio Lior Rafaelov pelo avançado Omer Peretz. Contudo, Portugal voltou a marcar e por duas vezes. Quatro minutos após o regresso dos balneários, Miguel Veloso marcou um livre junto à linha lateral do lado direito, aparentemente inofensivo. A bola descreveu um arco e entrou sem que ninguém lhe tivesse tocado. Logo a seguir, Nani rematou de fora da área e bateu novamente o guarda-redes israelita.

Duplo golpe
A partir deste momento, com tudo decido perante a inofensiva equipa de Israel, os ouvidos portugueses colaram-se no encontro de Heerenveen. Todavia, a formação das quinas sofreu dois rudes golpes sensivelmente no mesmo momento, pois os belgas chegaram ao empate e Nani saiu lesionado no tornozelo esquerdo, aos 68 minutos, após falta duríssima de Dani Bondarv.

À espera do “play-off”
A desilusão tomou então conta da selecção portuguesa que terminou o agrupamento no terceiro lugar, mas pode ainda chegar à prova de Pequim, a disputar em 2008. Para isso, precisa que a Inglaterra, que compete nas Olimpíadas integrada no Reino Unido, consiga no domingo juntar-se à Sérvia nas formações semifinalistas do Grupo B. O eventual “play-off” está marcado para quinta-feira.

Última actualização: 27-03-13 7.37CET

http://pt.uefa.com/under21/season=2007/matches/round=2240/match=85178/postmatch/report/index.html#goleada+frustrante

Equipas

Israel

Israel

Portugal

Portugal

18
Al-MadonTom Al-Madon (GR)
1
Paulo RibeiroPaulo Ribeiro (GR)
2
ShpunginYuval Shpungin
3
João PereiraJoão Pereira
3
DaninEliran Danin
4
Miguel VelosoMiguel Veloso
Goal49
5
KeinanDekel Keinan (C)
Yellow Card87
5
SemedoSemedo
6
JanLior Jan
8
Manuel FernandesManuel Fernandes
Goal37
Yellow Card53
7
SrurIdan Srur
Substitution56
9
Hugo AlmeidaHugo Almeida (C)
Yellow Card30
Substitution67
9
ItzhakiBarak Itzhaki
Yellow Card3
10
João MoutinhoJoão Moutinho
Substitution60
12
DuaniRami Duani
17
Ricardo Vaz TéRicardo Vaz Té
Goal45
17
SaharBen Sahar
Substitution80
18
NaniNani
Yellow Card12
Goal50
Substitution71
20
TagaAmir Taga
21
AntunesAntunes
22
RefaelovLior Refaelov
Substitution46
22
Manuel Da CostaManuel da Costa
Yellow Card87

suplentes

1
LevitaOhad Levita (GR)
12
Ricardo BatistaRicardo Batista (GR)
23
ShekelYossi Shekel (GR)
23
João BotelhoJoão Botelho (GR)
4
MaymonShai Maymon
2
AmoreirinhaAmoreirinha
8
BaruchyanAviram Baruchyan
6
OrganistaOrganista
10
TamuzToto Tamuz
7
Filipe OliveiraFilipe Oliveira
11
PeretzOmer Peretz
Substitution46
11
GonçalvesJosé Gonçalves
13
DamariNitzan Damari
Substitution80
13
RolandoRolando
14
ArbeitmanShlomi Arbeitman
14
Paulo MachadoPaulo Machado
Substitution60
15
PeserNaor Peser
15
Rúben AmorimRúben Amorim
16
Ben ShushanAmit Ben Shushan
16
MoreiraJoão Moreira
Substitution67
19
BondarvDani Bondarv
Substitution56
Yellow Card69
19
VarelaSilvestre Varela
Substitution71
Yellow Card90
21
YeiniSheran Yeini
20
Yannick DjalóYannick Djaló

Treinador

Guy Levi (ISR) Rui Manuel Dos Santos Caçador (POR)

Árbitro

Zsolt Szabó (HUN)

Árbitros assistentes

Tomislav Petrović (CRO), Tikhon Kalugin (RUS)

Quarto árbitro

Damir Skomina (SVN)

Legenda:

  • GolosGolos
  • Auto-goloAuto-golo
  • Grandes penalidadesGrandes penalidades
  • Penalties falhadosPenalties falhados
  • reds_cardCartões Vermelhos
  • yellow_cardsCartões amarelos
  • yellow_red_cardsDuplo amarelo
  • SubstituiçãoSubstituição