O "site" oficial do futebol europeu

2007: Royston Drenthe

Publicado: Sexta-feira, 1 de Junho de 2007, 1.00CET
Holanda
2007: Royston Drenthe
Royston Drenthe festeja após a final ©Getty Images
SSI Err
Publicado: Sexta-feira, 1 de Junho de 2007, 1.00CET

2007: Royston Drenthe

Holanda

Uma das primeiras questões colocadas pelos repórteres a Royston Drenthe quando se transferiu, em Agosto de 2007, por 14 milhões de euros, para o Real Madrid CF, foi: "Em que posição joga?" Para ser justo, o debate centrava-se se Drenthe era extremo-esquerdo ou lateral-esquerdo. Ainda assim, tratava-se de um bom indicador de quão longe já havia chegado Drenthe em tão pouco tempo.

Seis jogos realizados em 2007 fizeram toda a diferença – Drenthe monopolizou o Campeonato da Europa de Sub-21, assumindo-se como o dínamo da selecção holandesa que conquistaria o troféu perante o seu público. As suas incursões pelo flanco esquerdo deixavam o público sempre na expectativa, à medida que a Holanda ia progredindo na prova. Drenthe começou o certame como lateral-esquerdo e depois avançou para o meio-campo, transformando tudo o que tocava em ouro – criou dois golos e marcou um dos cinco tentos da "Jong Oranje" na fase de grupos.

A sua emergência surpreendeu muita gente, embora ninguém na selecção holandesa. Afinal de contas, quando o seleccionador Foppe de Haan mostrou a sua frustração num jogo particular frente à República da Irlanda, foi, ao que consta interpelado por um jogador, que lhe disse: "Não se preocupe que o Royston está ao rubro". Drenthe marcaria o único tento da partida. O então jogador do Feyenoord não se eclipsou quando mais importava, também. Ao invés, aumentou o seu estatuto no embate frente à Inglaterra, antes de a Holanda bater a Sérvia na final. O Real Madrid ficou mais do que impressionado.

Última actualização: 18-06-10 12.26CET

http://pt.uefa.com/under21/season=2007/golden-player/index.html#2007+royston+drenthe