O "site" oficial do futebol europeu

Sumo a mais

Publicado: Segunda-feira, 5 de Junho de 2006, 0.24CET
Holanda 3-0 Ucrânia
Dois golos de Klaas Jan Huntelaar e um de Hofs inspiraram a Holanda para a conquista do seu primeiro Campeonato da Europa de Sub-21.
por Nuno Tavares
de Estádio Bessa XXI, no Porto

Estatísticas dos jogos

HolandaUcrânia

Golos marcados3
 
0
Remates à baliza7
 
6
Remates para fora6
 
4
Cantos5
 
4
Faltas cometidas5
 
13
Cartões amarelos1
 
4
Cartões Vermelhos0
1

Classificação

Publicado: Segunda-feira, 5 de Junho de 2006, 0.24CET

Sumo a mais

Holanda 3-0 Ucrânia
Dois golos de Klaas Jan Huntelaar e um de Hofs inspiraram a Holanda para a conquista do seu primeiro Campeonato da Europa de Sub-21.

A Holanda conquistou este domingo o seu primeiro Campeonato da Europa de Sub-21, após derrotar na final a Ucrânia, por 3-0. Klaas Jan Huntelaar bisou na partida disputada no Estádio Bessa XXI, cabendo a Hofs selar o histórico triunfo "laranja".

Apenas uma novidade
Tal como já se previa, o seleccionador holandês, Foppe De Haan, não mexeu na equipa que havia brilhantemente derrotado a favorita França nas meias-finais, com a "laranja" a revelar-se cada vez mais mecânica e letal na sua caminhada até ao jogo decisivo. Assim, a única novidade nas duas equipas ficou reservada para a Ucrânia, que trocou Adrian Pukanych por um médio de características mais defensivas, Olexiy Godin. Na frente, a tarefa de derrubar a muralha defensiva holandesa ficou mais uma vez a cargo das estrelas da companhia, Milevskiy e Fomin.

Naturalmente... Huntelaar!
O remate inaugural da partida pertenceu ao lateral holandês Emanuelson, mas Pyatov não teve dificuldades para segurar a bola. A resposta ucraniana aconteceu aos oito minutos e só não deu em golo porque o remate de pé direito de Mikhalik foi detido com mestria pelo guarda-redes Vermeer. Apesar deste lance, a equipa ucraniana não conseguia disfarçar um anormal nervosismo, que se viria a revelar fatal aos 11 minutos. Hofs efectuou um cruzamento do lado direito, com Yarmash a falhar por completo o tempo de salto e a deixar isolado Klaas Jan Huntelaar. O avançado não se fez rogado e, depois de parar o esférico no peito, bateu Pyatov com um disparo de pé direito.

Poste salva Holanda
Pese embora continuasse a revelar uma gritante falta de inspiração, a verdade é que a Ucrânia dispôs de duas soberanas oportunidades para restabelecer a igualdade. Primeiro foi Dmytro Chygrynskiy quem acertou no poste aos 14 minutos, na sequência de um cabeceamento após livre na esquerda de Godin, antes de o mesmo Godin ver o seu livre directo embater no ferro da baliza holandesa, estavam decorridos 23 minutos. No entanto, os lances de bola parada eram mesmo a única forma que a formação de Leste encontrava para se aproximar com perigo do último reduto holandês.

Penalty imperdoável
Sempre mais rápida sobre a bola e fazendo uso da sua superioridade táctica e técnica, a equipa holandesa dominou o encontro a seu bel-prazer e ainda viu o adversário oferecer-lhe o segundo golo antes do intervalo. Yatsenko desviou a bola com a mão, impedindo que o cruzamento da direita chegasse ao inevitável Huntelaar. Chamado a cobrar o castigo máximo, o ponta-de-lança do Ajax não perdoou e fez o 2-0 aos 43 minutos, lançando uma enorme onda de desilusão nos inúmeros adeptos ucranianos que se deslocaram ao Estádio do Bessa.

Mudar para melhor
Como seria de esperar, a Ucrânia mexeu no seu "onze" ao intervalo, com Feschuk e Aliyev a serem as apostas para operar a reviravolta no marcador. Bem mais pressionantes e acutilantes, os ucranianos começaram a criar outras dificuldades a uma surpreendida Holanda, sendo que Feschuk lançou o primeiro aviso aos 53 minutos, mas o seu disparo errou o alvo. Castelen ainda respondeu pela Holanda na jogada seguinte, mas a verdade é que o domínio das operações pertencia agora à Ucrânia.

Vermeer a toda a prova
Milevskiy, até então uma perfeita nulidade, apareceu no encontro aos 57 minutos, quando passou por dois adversários e serviu na perfeição Cheberyachko, mas o remate deste último deixou muito a desejar. O assédio ucraniano parecia não ter fim e conheceu um novo capítulo quatro minutos volvidos, com Aliyev a proporcionar mais uma excelente defesa a Vermeer. O guardião holandês, a viver uma noite de grande inspiração, voltou a negar o golo ucraniano aos 65 minutos, ao desviar para canto um remate mortífero de Cheberyachko.

Hofs a fechar
Porém, as últimas esperanças de a Ucrânia ainda poder discutir o troféu caíram por terra aos 76 minutos, quando Olexandr Romanchuk viu o segundo cartão amarelo e correspondente vermelho por uma falta sobre Hofs. O mesmo Hofs ainda acertou na barra aos 88 minutos, antes de estabelecer o resultado final já em tempo de descontos, quando passou pelo seu marcador directo em habilidade e "fuzilou" Pyatov com o pé direito, iniciando os festejos em tom de laranja.

Melhor em Campo Carlsberg: Klaas Jan Huntelaar

Última actualização: 27-03-13 7.43CET

http://pt.uefa.com/under21/season=2006/matches/round=1914/match=84133/postmatch/report/index.html#sumo+mais

Equipas

Holanda

Holanda

Ucrânia

Ucrânia

1
VermeerKenneth Vermeer (GR)
1
PyatovAndriy Pyatov (GR)
16
TiendalliDwight Tiendalli
15
YarmashGrigoriy Yarmash
Yellow Card38
17
VlaarRon Vlaar
Yellow Card74
6
ChygrynskiyDmytro Chygrynskiy
3
LuirinkGijs Luirink
5
YatsenkoOlexandr Yatsenko (C)
Yellow Card42
5
EmanuelsonUrby Emanuelson
2
RomanchukOleksandr Romanchuk
Red/Yellow Card77
10
AissatiIsmaïl Aissati
Substitution78
17
MikhalikTaras Mikhalik
20
De ZeeuwDemy de Zeeuw
18
GodinOlexiy Godin
Substitution46
6
SchaarsStijn Schaars (C)
14
CheberyachkoYevhen Cheberyachko
8
HofsNicky Hofs
Goal90+4
19
MaksymovOlexandr Maksymov
9
HuntelaarKlaas-Jan Huntelaar
Goal11
Goal43
10
MilevskiyArtem Milevskiy
7
CastelenRomeo Castelen
Substitution69
11
FominRuslan Fomin
Substitution46

suplentes

21
VormMichel Vorm (GR)
12
RybkaOlexandr Rybka (GR)
22
PasveerRemko Pasveer (GR)
22
ShirayevYevgen Shirayev (GR)
2
VerhaeghPaul Verhaegh
3
IshchenkoMykola Ishchenko
4
ZomerRamon Zomer
Substitution78
7
FeschukMaxym Feschuk
Substitution46
Yellow Card59
11
De RidderDaniël de Ridder
Substitution69
8
AliyevOlexandr Aliyev
Substitution46
12
MedunjaninHaris Medunjanin
9
PukanychAdrian Pukanych
13
GerritsenPatrick Gerritsen
13
PylypchukSerhiy Pylypchuk
14
JohnCollins John
16
KryvosheyenkoIvan Kryvosheyenko
15
BensonFred Benson
20
SytnikOlexandr Sytnik
18
KruiswijkArnold Kruiswijk
21
OberemkoAndriy Oberemko
19
BraafheidEdson Braafheid

Treinador

Foppe de Haan (NED) Oleksiy Mykhaylychenko (UKR)

Árbitro

Martin Hansson (SWE)

Árbitros assistentes

Fredrik Nilsson (SWE), Roger East (ENG)

Quarto árbitro

Howard Webb (ENG)

Legenda:

  • GolosGolos
  • Auto-goloAuto-golo
  • Grandes penalidadesGrandes penalidades
  • Penalties falhadosPenalties falhados
  • reds_cardCartões Vermelhos
  • yellow_cardsCartões amarelos
  • yellow_red_cardsDuplo amarelo
  • SubstituiçãoSubstituição