O "site" oficial do futebol europeu

Cimeira de líderes em Guimarães

Publicado: Quinta-feira, 25 de Maio de 2006, 9.44CET
Vencedores na primeira jornada, França e Alemanha defrontam-se em Guimarães com os olhos postos na liderança do Grupo A e nas meias-finais.
por Michael Harrold e Michael Bumm
de Porto

Estatísticas da prova

FrançaAlemanha

Golos marcados8
 
1
Remates à baliza21
 
1
Remates para fora7
 
0
Cantos14
 
0
Faltas cometidas74
 
45
Cartões amarelos5
 
6
Cartões Vermelhos0
 
0
Publicado: Quinta-feira, 25 de Maio de 2006, 9.44CET

Cimeira de líderes em Guimarães

Vencedores na primeira jornada, França e Alemanha defrontam-se em Guimarães com os olhos postos na liderança do Grupo A e nas meias-finais.

França e Alemanha já espreitam as meias-finais do Campeonato da Europa de Sub-21 e esperam capitalizar o bom início do Grupo A, quando se encontrarem em Guimarães, esta quinta-feira.

"Ainda há muito por fazer"
A selecção gaulesa silenciou os adeptos da equipa da casa ao derrotar Portugal, por 1-0, enquanto a Alemanha levou a melhor, pelo mesmo resultado, sobre a Sérvia e Montenegro. O treinador dos “bleuets”, René Girard, estava particularmente satisfeito com o rendimento da sua equipa no duro teste que constituiu o embate em Braga. “Tenho de admitir que tinha algum receio, dada a qualidade dos portugueses e por eles jogarem em casa, mas concentrámo-nos e espondemos da melhor forma possível, mas ainda há muito por fazer”.

Briand decisivo
A França não sentiu a ausência do ponta-de-lança lesionado, Anthony Le Tallec, com Jimmy Briand e Florent Sinama-Pongolle a combinarem bem no ataque. Foi o fantástico cabeceamento de Briand que fez a diferença entre franceses e portugueses e René Girard não vê qualquer razão para acelerar o regresso de Le Tallec. “Ele está apto, posso utilizá-lo, mas é apenas uma questão de decidir a melhor altura para o fazer”.

“Cansaço”
A principal preocupação de Girard é a de ver como a sua equipa rende ao jogar duas partidas importantes em três dias. “É uma questão de saber lidar com o cansaço, temos de ter cuidado. Fisicamente, os jogadores acusarão alguma fadiga, mas o espírito é bom. Vencer é a melhor vitamina”, indicou Girard, sublinhando, contudo, que o trabalho árduo apenas agora começou. “Temos de estar atentos e não creio que já tenhamos feito o suficiente. A Alemanha é muito sólida e os seus jogadores gostam de partir rapidamente da defesa para o ataque. Levaram a melhor sobre a Inglaterra na fase de qualificação, o que mostra o quão fortes são”.

Elogios aos franceses
Os “bleuets” mereceram elogios semelhantes do treinador germânico, Dieter Eilts. “A equipa francesa é muito forte, muito poderosa física e mentalmente. Pressionaram Portugal e cedo mostraram que queriam marcar golos. Não é uma grande surpresa, pelo menos para mim, que tivessem vencido o país-anfitrião, pois, afinal de contas, venceram a Inglaterra num 'play-off'. O jogo com a França será muito difícil para nós”.

Polanski preocupa
O autor do golo da vitória alemã sobre a Sérvia e Montenegro, o patrão do meio-campo, Eugen Polanski, é a única dúvida devido a lesão, pelo que Eilts foi cauteloso quando questionado sobre a inclusão do médio no próximo jogo. “Não farei grandes mudanças, mas não vos posso dizer o ‘onze’ exacto que irei apresentar. Podem haver ligeiras alterações”, concluiu.

Última actualização: 19-02-12 4.38CET

http://pt.uefa.com/under21/season=2006/matches/round=1912/match=83594/prematch/preview/index.html#cimeira+lideres+guimaraes