O "site" oficial do futebol europeu

Emoção até final

Publicado: Quarta-feira, 24 de Maio de 2006, 22.30CET
Itália 3-3 Dinamarca
Os campeões europeus em título evitaram uma comprometedora derrota na estreia, graças a um golo já perto do fim da partida.

Estatísticas dos jogos

ItáliaDinamarca

Golos marcados3
 
3
Remates à baliza7
 
8
Remates para fora7
 
5
Cantos5
 
6
Faltas cometidas16
 
20
Cartões amarelos2
 
1
Cartões Vermelhos0
 
0

Classificação

Grupo B DEN / ITA / NED / UKR

EquipasJVEDGMGSDGPts
1Ucrânia Ucrânia11002113
2Dinamarca Dinamarca10103301
3Itália Itália10103301
4Holanda Holanda100112-10

Legenda:

J: Jogados   
V: Vitórias   
E: Empates   
D: Derrotas   
GM: Golos marcados   
GS: Golos sofridos   
DG: Diferença de golos   
Última actualização: 30/11/2017 14:56 CET
Publicado: Quarta-feira, 24 de Maio de 2006, 22.30CET

Emoção até final

Itália 3-3 Dinamarca
Os campeões europeus em título evitaram uma comprometedora derrota na estreia, graças a um golo já perto do fim da partida.

Dinamarca e Itália empataram a três bolas no segundo jogo do Grupo B, disputado no Estádio Municipal de Aveiro. Apesar de ter estado em vantagem por 3-1, o conjunto nórdico não conseguiu segurar a vitória, numa partida com emoção até final.

Itália entra a dominar
O encontro começou com uma soberana ocasião para a formação transalpina, logo aos cinco minutos, após um cruzamento de Chiellini. Pazzini não faz e emenda por pouco, mas o lance foi invalidado por fora-de-jogo. A Itália, campeã em título, dominou os instantes iniciais e foi com naturalidade que chegou ao golo, aos 16 minutos. Após um livre estudado, Foggia recebeu a bola e efectuou o cruzamento ao segundo poste. Potenza encostou para o fundo das redes, sem hipóteses de defesa para Ellegaard.

Resposta dinamarquesa
A Dinamarca respondeu da melhor forma e, cinco minutos volvidos, restabeleceu a igualdade, na marcação de um pontapé de canto. Após alguma confusão na área italiana, Würtz efectuou o disparo certeiro, num começo de jogo emocionante. Os comandados de Claudio Gentile entraram a todo o vapor, mas a selecção nórdica foi equilibrando as operações, revelando-se muita perigosa em lances de bola parada.

Domínio nórdico
Assim, aos 33 minutos, a Dinamarca deu mesmo a volta ao resultado, por intermédio de Kahlenberg, em novo lance de bola parada. Bergvold aproveitou uma saída inoportuna do guardião Curci e rematou à baliza, valendo o corte de Chiellini. Contudo, o esférico sobrou para Kahlenberg, que apontou o segundo tento da sua equipa, numa fase em que os dinamarqueses controlavam por completo os campeões europeus. Aos 40 minutos, o conjunto liderado por Flemming Serritslev dilatou a vantagem, novamente no seguimento de um lance de bola parada. Andreasen cobrou um livre à entrada da área, com a bola a passar por entre a barreira transalpina, sem que Curci conseguisse rectificar a sua posição na baliza.

Campeões tentam rectificar
No segundo tempo, a Itália entrou decidida em anular a vantagem da Dinamarca e, aos 56 minutos, o recém-entrado Rosina atirou ao poste da baliza à guarda de Ellegaard. O aviso não demorou a sortir efeito, já que os italianos reduziram aos 61 minutos. Bovo marcou um livre no lado esquerdo e Palladino, com um desvio de cabeça, fez o 3-2. Os campeões europeus tentaram chegar ao empate e desperdiçaram algumas oportunidades de golo, nomeadamente por Bianchi (74’) e Palladino (78’).

Empate ao cair do pano
O tento da igualdade surgiria mesmo em cima do minuto 90, com a assinatura de Bianchi, numa altura em que poucos acreditavam no empate. Os italianos voltam a entrar em acção na próxima sexta-feira, ante a Ucrânia, ao passo que a Dinamarca enfrenta no mesmo dia a Holanda na segunda jornada do Grupo B.

Melhor em Campo Carlsberg: Rasmus Würtz

Última actualização: 27-03-13 7.45CET

http://pt.uefa.com/under21/season=2006/matches/round=1912/match=83593/postmatch/report/index.html#emocao+final

Equipas

Itália

Itália

Dinamarca

Dinamarca

22
CurciGianluca Curci (GR)
1
EllegaardKevin Stuhr Ellegaard (GR)
2
PotenzaAlessandro Potenza
Goal16
2
JakobsenMichael Jakobsen
3
BovoCesare Bovo
3
AndreasenLeon Andreasen
Goal41
8
CaniniMichele Canini
4
AggerDaniel Agger
6
ChielliniGiorgio Chiellini
17
TroestJonas Troest
17
FoggiaPasquale Foggia (C)
6
WürtzRasmus Würtz (C)
Goal21
Yellow Card60
4
DonadelMarco Donadel
Yellow Card40
7
BergvoldMartin Bergvold
21
SammarcoPaolo Sammarco
9
KamperJonas Kamper
14
DefendiMarino Defendi
Substitution55
10
KahlenbergThomas Kahlenberg
Goal33
11
PazziniGiampaolo Pazzini
Yellow Card59
Substitution68
20
S. PoulsenSimon Poulsen
Substitution73
19
PalladinoRaffaele Palladino
Goal61
21
BendtnerNicklas Bendtner
Substitution79

suplentes

1
AgliardiFederico Agliardi (GR)
16
T. RasmussenTheis Rasmussen (GR)
5
MantovaniAndrea Mantovani
5
Martin PedersenMartin Pedersen
7
PepeSimone Pepe
8
Jacob SørensenJacob Sørensen
Substitution73
9
BianchiRolando Bianchi
Substitution68
Goal90
11
RasmussenMorten Rasmussen
10
BiondiniDavide Biondini
12
J. PoulsenJakob Poulsen
12
MiranteAntonio Mirante (GR)
13
ZimlingNiki Zimling
13
CodaAndrea Coda
14
KildentoftHenrik Kildentoft
15
ScurtoGiuseppe Scurto
15
F. HansenFrank Hansen
16
FerronettiDamiano Ferronetti
18
ThygesenMikkel Thygesen
18
MontolivoRiccardo Montolivo
19
AbsalonsenJohan Absalonsen
20
RosinaAlessandro Rosina
Substitution55
22
J. HansenJesper Hansen (GR)

Treinador

Claudio Gentile (ITA) Flemming Serritslev (DEN)

Árbitro

Alon Yefet (ISR)

Árbitros assistentes

Shmuel Shteif (ISR), Geir Åge Holen (NOR)

Quarto árbitro

Pedro Proença (POR)

Legenda:

  • GolosGolos
  • Auto-goloAuto-golo
  • Grandes penalidadesGrandes penalidades
  • Penalties falhadosPenalties falhados
  • reds_cardCartões Vermelhos
  • yellow_cardsCartões amarelos
  • yellow_red_cardsDuplo amarelo
  • SubstituiçãoSubstituição