O "site" oficial do futebol europeu

2002: Petr Čech

Publicado: Sábado, 1 de Junho de 2002, 1.00CET
Republica Checa
2002: Petr Čech
Petr Čech defende a grande penalidade de Cristiano Ronaldo na final da UEFA Champions League de 2008 ©Getty Images
SSI Err
Publicado: Sábado, 1 de Junho de 2002, 1.00CET

2002: Petr Čech

Republica Checa

Quando é chegado o momento das malfadadas grandes penalidades é sempre reconfortante saber que, entre os postes, está um guarda-redes que, nos 90 minutos anteriores, assim como no prolongamento, esteve invencível. Petr Čech foi assim na final de 2002 do Campeonato da Europa de Sub-21, em que a República Checa se impôs à França, por 3-1, no desempate por grandes penalidades, apagando as memórias da desilusão de 2000, em igual fase da prova. A fantástica exibição de Čech assegurou que a final terminaria sem golos e, no desempate por grandes penalidades, fez mais duas defesas, antes de Jean-Alain Boumsong acertar na trave e terminar com as esperanças gaulesas.

"Eles tiveram um grande guarda-redes. Grande não apenas na estatura, mas também pela exibição que produziu e isso fez a diferença", indicou o seleccionador gaulês Raymond Domenech após a derrota da sua equipa. O número 1 da selecção checa, natural de Plzen, cimentou o seu estatuto na selecção principal no UEFA EURO 2004™, onde Čech manteve as redes invioladas em cinco jogos até às meias-finais e foi eleito para a Equipa do Torneio.

Čech ingressou no Chelsea FC nesse Verão e viria a ganhar dois títulos de campeão inglês consecutivos nas suas primeiras duas épocas em Stamford Bridge. Foi finalista vencido na UEFA Champions League de 2007/08, mas não conseguiu repetir a proeza de 2002, pese embora tenha detido a tentativa de conversão de Cristiano Ronaldo no desempate por grandes penalidades. Uma presença impressionante na área e fantástico a parar remates, foi titular no Mundial de 2006 e no UEFA EURO 2008™.

Última actualização: 21-08-08 17.19CET

http://pt.uefa.com/under21/season=2002/golden-player/index.html#2002+petr+cech