Irmãos Gabbiadini elevam nome da família

Manolo Gabbiadini tem-se afirmado como um dos mais promissores talentos dos Sub-21 de Itália, mas não é o único membro da família em acção numa grande competição este Verão.

Manolo Gabbiadini à conversa com o UEFA.com em Herzliya, base de operações dos Sub-21 de Itália em Israel
Manolo Gabbiadini à conversa com o UEFA.com em Herzliya, base de operações dos Sub-21 de Itália em Israel ©UEFA.com

Há, definitivamente, algo nos genes de Manolo Gabbiadini. Já com dois golos marcados neste Campeonato da Europa de Sub-21, o jogador não é o único membro da sua família a exibir-se numa grande prova continental neste Verão. A sua irmã mais velha, Melania, faz parte da selecção de Itália que se prepara para disputar o UEFA Women's EURO, no próximo mês.

Melania é a capitã do ASD CF Bardolino Verona e uma das estrelas da selecção principal feminina de Itália. "Ela tem sido extremamente importante para mim", destaca Manolo ao UEFA.com. "Tenho uma excelente relação com ela e também com os meus pais, bem como com a minha outra irmã, claro. Somos uma família muito unida."

Gabbiadini admite que gostava de ter alguma da "velocidade e inteligência" da sua irmã, mas a verdade é que não se tem dado nada mal com as suas próprias capacidades e tem-se afirmado como um dos maiores talentos à disposição do seleccionador italiano de Sub-21, Devis Mangia. Efectivamente, com os seus 11 golos ao serviço dos Sub-21 da "squadra azzurra", só é superado neste escalão por Alberto Gilardino e Andrea Pirlo.

Chegou à fase final deste Europeu depois de uma impressionante temporada ao serviço do Bologna FC, que representou por empréstimo da Juventus, assinando seis golos em 30 jogos na Serie A. Para além disso, apontou seis tentos na qualificação dos Sub-21 de Itália rumo a Israel, e agora mais dois, já na fase final do torneio, precisamente diante da selecção da casa.

Até à data esta tem sido, pois, "uma experiência extraordinária", mas Gabbiadini quer mais e ambiciona oferecer à Itália o seu sexto título de campeã da Europa de Sub-21, o que seria "algo de fantástico." E afirma: "Estamos a trabalhar com vista a este EURO há já dois anos e chegámos aqui com muita confiança. Queremos ter uma grande prestação." E, se Manolo continuar assim, Melania terá muito que fazer na Suécia, no próximo mês, para estar à altura do irmão.

Topo