Estágios dos Sub-21: Domingo

Holanda e Espanha passaram às meias-finais, a Alemanha foi eliminada e houve um evento para fomentar a responsabilidade social: o UEFA.com resume o quinto dia da fase final.

Os jogadores de Espanha exibem a camisola do lesionado Sergio Canales despois da vitória
Os jogadores de Espanha exibem a camisola do lesionado Sergio Canales despois da vitória ©Sportsfile

Grupo B
Alemanha
O seleccionador Rainer Adrion reconheceu que a sua equipa ficou aquém do esperado, ao ser eliminada na derrota por 1-0 com a Espanha, o segundo desaire com um golo ao cair do pano no Grupo B. "Falhámos um pouco no ataque, mas também nos faltou alguma sorte. Se tivéssemos empatado um dos dois jogos, ainda poderíamos discutir a qualificação frente à Rússia", salientou Adrion. O treinador respondeu às questões sobre o seu futuro no comando dos Sub-21 ao recordar que renovou contrato por mais um ano antes do início da fase final.

Holanda
Os holandeses tiveram mais um excelente dia ao somarem o segundo triunfo em outros tantos jogos no Grupo B, embora estes três pontos tenham sido bem menos suados do que os conquistados na estreia frente à Alemanha, pois golearam por 5-1 a Rússia, que terminou reduzida a dez jogadores. O triunfo da Espanha no segundo jogo do grupo confirmou a passagem dos "jong oranje" às meias-finais, dando um presente de aniversário atrasado a Cor Pot, pois o treinador comemorou os 62 anos no sábado. O técnico não escondeu o entusiasmo com a exibição da sua equipa, explicando: "Jogámos a toda a largura do campo, sempre a tentar abrir a defesa. Praticámos um futebol fantástico."

Rússia
A equipa de Nikolai Pisarev perdeu por 5-1 com a Holanda e já não pode passar à fase seguinte, pois a Espanha conseguiu bater a Alemanha ao cair do pano. A Rússia começou muito bem, mas chegou em desvantagem ao intervalo e ficou em inferioridade numérica aos 50 minutos, quando Nikita Chicherin foi expulso. Denis Cheryshev, que marcou o primeiro golo dos russos no Europeu, considera que estes jogadores podem ter um bom futuro. “Tenho a certeza absoluta que todos nesta equipa vão ter um grande futuro no futebol, mas temos de ver onde errámos e o que temos de melhorar", explicou.

Espanha
O seleccionador de Espanha, Julen Lopetegui, fez questão de elogiar os seus dois avançados, depois de Álvaro Morata ter entrado para o lugar de Rodrigo - o jogador do SL Benfica que foi o melhor na fase de qualificação -, e marcado um golo nos minutos finais. "O Rodrigo fez um bom trabalho e o Morata entrou com a atitude correcta", explicou. A Espanha somou o segundo triunfo no Grupo B e já garantiu um lugar nas meias-finais, mas é obrigada a vencer a Holanda na última jornada para terminar no primeiro lugar, devido à diferença de golos em relação aos rivais.

Grupo A
Inglaterra
A desilusão foi bem evidente na selecção de Inglaterra este domingo, com a equipa a reflectir sobre a derrota com a Noruega, que implica o regresso a casa após o último jogo da fase de grupos frente a Israel. Declan Rudd, Jason Steele, Nathan Delfouneso e Marvin Sordell participaram num evento especial em Netanya, no qual são destacados os passos firmes que têm sido dados pela Federação Israelita de Futebol (IFA), com a ajuda da Federação Inglesa de Futebol (FA) e da New Israel Fund (NIF ), para promover e fomentar a responsabilidade social e a tolerância através do futebol.

Israel
A equipa anfitriã tentou recuperar da derrota frente à Itália com uma sessão de relaxamento, a que se seguir a participação num evento para fomentar a responsabilidade social através do futebol. "Não são apenas os golos e os resultados que são importantes, não podemos esquecer as vitórias fora de campo", explicou Avraham Luzon, presidente da IFA, no início do evento que decorreu em Netanya. Enquanto isso, Omri Altman, que joga em Inglaterra ao serviço do Fulham FC, é realista quanto as possibilidades de Israel conseguir o resultado que necessita frente à equipa de Stuart Pearce, mas está ansioso por aquilo que considera ser um "derby pessoal". O médio de 18 anos ainda não foi utilizado por Guy Luzon na fase final, mas considera o Europeu uma "experiência tremenda".

Itália
Os italianos garantiram a passagem às meias-finais com um jogo ainda por disputar e os jogadores utilizados no importante triunfo sobre Israel fizeram apenas um treino ligeiro na piscina, enquanto os restantes treinaram-se normalmente. O único contratempo do desafio de sábado foi a lesão sofrida por Lorenzo Insigne, um dos jogadores em maior destaque da equipa, que teve de deixar o relvado de maca e foi levado ao hospital, mas a boa notícia é que não fracturou o tornozelo e a sua situação será acompanhada nos próximos dias. Devis Mangia deu folga à equipa na parte da tarde e um grupo de italianos decidiu visitar Jerusalém.

Noruega
Os jogadores nórdicos aproveitaram para descontrair depois do triunfo de sábado sobre a Inglaterra, com uma deslocação da parte da tarde a um café na praia em Herzliya, onde participaram numa recepção organizada pela embaixada da Noruega. Chegaram boas notícias do departamento médico, pois o defesa Fredrik Semb Berge, que sofreu uma pancada frente a Inglaterra e saiu do encontro a coxear, deve estar em condições de alinhar frente a Itália, na sexta-feira, na última jornada da fase de grupos.

Topo