Estágios dos Sub-21: Quarta-feira

O Campeonato da Europa de Sub-21 arrancou esta quarta-feira com os primeiros jogos do Grupo A, e o UEFA.com reuniu as reacções e antecipa os embates do Grupo B.

©Getty Images

Grupo A
Inglaterra
O seleccionador Stuart Pearce reconheceu que a sua equipa não justificou outro resultado depois de ter visto chegar ao fim em Telavive uma série de nove triunfos consecutivos. "Fomos terríveis em certos momentos", explicou. "Temos dois jogos por disputar e penso que temos de vencer os dois, mas o mesmo se aplica a Israel e à Noruega", acrescentou Pearce, que manteve Wilfried Zaha no banco na quarta-feira, pois o atacante apresentou queixas num tornozelo antes do jogo.

Israel
Israel conquistou o primeiro ponto na fase final de um Campeonato da Europa de Sub-21, mas o seleccionador Guy Luzon e os jogadores consideram que foram felizes, isto apesar de a Noruega só ter feito o empate a dois golos no período de compensação. Luzon mostrou descontentamento com a organização defensiva da sua equipa e considerou esta “a pior exibição de sempre da equipa".

Itália
O seleccionador dos “azzurrini”, Devis Mangia, deu largas à emoção ao comemorar o único golo do encontro com Inglaterra, explicando no final: "Não me interessa. Foi a minha estreia como treinador num Campeonato da Europa”.

Noruega
O sentimento geral que se vivia no balneário da Noruega no Estádio Municipal de Netanya não era que tinha sido conquistado um ponto, com um golo ao cair do pano do suplente Harmeet Singh, mas que tinham sido perdidos dois, tal o número de oportunidades criadas frente a Israel. "Precisávamos de um ponto, mas merecíamos os três", comentou o seleccionador Tor Ole Skullerud.

Holtby explicou que está apto
Holtby explicou que está apto©Getty Images

Holanda
Os holandeses deixaram a impressão de estarem em boa forma no último treino realizado no Estádio Ha Moshava. O seleccionador Cor Pot contou com todos os jogadores, que realizaram uma série de exercícios ligeiros sem qualquer problema, com os futebolistas a trocarem a bola com grande eficácia. Pot explicou na conferência de imprensa que a sua equipa está preparada para alterar a forma de jogar mediante a táctica da Alemanha. "Se a Alemanha jogar de forma aberta, só faremos o mesmo".

Rússia
Os jogadores russos regressaram à sala de aulas na tarde de quarta-feira, pois foram divididos em dois grupos para estudar a Espanha, o adversário no jogo de estreia. Andrei Panyukov, que foi chamado à última hora para render o lesionado Aleksandr Kokorin, treinou sem limitações com os colegas e o seleccionador Nikolai Pisarev confirmou que todos os outros jogadores estão em condições para jogar.

O seleccionador de Espanha, Julen Lopetegui
O seleccionador de Espanha, Julen Lopetegui©Saúl Ramos Magdaleno
Topo