Portugal preparado para a estreia

Os Sub-21 portugueses iniciam esta quinta-feira, na República Moldava, a caminhada até Israel 2013 e o seleccionador Rui Jorge lembra: "É importante começar a vencer."

O bom desempenho de Portugal no recente Mundial de Sub-20 elevou as expectativas quanto aos Sub-21
O bom desempenho de Portugal no recente Mundial de Sub-20 elevou as expectativas quanto aos Sub-21 ©AFP

Portugal defronta esta quinta-feira a República Moldava no encontro inaugural do Grupo 6 de qualificação para o Campeonato da Europa de Sub-21 de 2013 e o seleccionador Rio Jorge está confiante.

“É sempre importante começar a vencer”, revelou o técnico dos Sub-21 sobre a partida agendada para Tiraspol. “A Moldávia é uma equipa mais forte ofensivamente do que defensivamente. Vamos confiar no que temos vindo a fazer e na qualidade dos nossos jogadores. Trabalhámos aquilo que pensamos que deveria ter sido feito e os jogadores têm correspondido, pelo que estamos preparados.”

O ponta-de-lança Rui Fonte, do RCD Espanyol, também apela à superação no arranque da campanha. "Sabemos que é uma equipa em desenvolvimento pelos últimos resultados alcançados, pelo que não esperamos facilidades e vamos ter que estar ao nosso melhor", afirmou o capitão dos Sub-21. "Portugal tem sempre a pressão de ganhar. Entrar com o pé direito, a ganhar, é sempre bom."

Entre o lote de 21 eleitos, destaca-se a chamada, pela primeira vez, de Mika, Cédric, Saná e Nélson Oliveira, que recentemente se sagraram vice-campeões mundiais de Sub-20. Com o jogo seguinte no agrupamento marcado apenas para Outubro, em casa, diante da Polónia, os Sub-21 portugueses defrontam a congénere da França na segunda-feira, às 21h15, no Estádio Municipal de Rio Maior, em partida amigável.

Topo