Determinação bielorrussa alvo de elogios

O treinador da Bielorrússia, Georgi Kondratyev, elogiou a sua equipa por "ter dado o melhor de si" para garantir a presença nos Jogos Olímpicos, à custa da República Checa.

A Bielorrússia festeja o triunfo no "play-off" frente à República Checa
A Bielorrússia festeja o triunfo no "play-off" frente à República Checa ©Getty Images

Com a presença nos Jogos Olímpicos já garantida, o treinador da Bielorrússia, Georgi Kondratyev, destacou a exibição da sua equipa ao longo de todo o Campeonato da Europa Sub-21, na Dinamarca.

O seu momento de glória foi a vitória deste sábado no jogo do "play-off", frente à República Checa, graças ao golo de Yegor Filipenko, aos 88 minutos. O treinador derrotado, Jakub Dovalil, preferiu realçar os aspectos positivos da experiência vivida pela sua equipa na fase final, apesar de não terem cumprido o seu objectivo.

Georgi Kondratyev, treinador da Bielorrússia
Hoje foi um jogo realmente difícil, com as equipas a lutarem pelo lugar nos Jogos Olímpicos. Vi a minha equipa deixar em campo todas as suas energias. Agora estou muito feliz por termos garantido a presença nos Jogos Olímpicos para a Bielorrússia.

Foi muito difícil de assistir. Na primeira parte as coisas não correram como eu queria, mas na segunda parte reorganizámo-nos e depois jogámos muito bem. Podíamos ter virado o jogo a nosso favor mesmo antes do golo, mas ainda assim, independentemente do resultado, uma vitória é sempre uma vitória, e estamos felizes por isso. Sabia que o estilo dos checos seria mais físico, e que o jogo em si também, mas os meus jogadores estiveram bem e não perdemos a batalha; mereceram vencer.

Penso que realizámos um bom torneio. A equipa lutou em todos os jogos, mas também praticou bom futebol, e devem ser elogiados por isso.

Jakub Dovalil, treinador da República Checa
Penso que estava ao nosso alcance vencer o jogo. Infelizmente, o cartão vermelho exibido ao Lukáš Vácha teve uma grande influência no desenrolar dos acontecimentos. Depois disso, foi muito difícil encontrar mais energia, naquele que foi o nosso quinto jogo no torneio. A Bielorrússia teve mais sorte e venceu. Os bielorrussos estavam mais cansados, o que fez a nossa exibição parecer melhor, mas hoje tinha tudo a ver com o aspecto psicológico, e nós infelizmente falhámos.

O positivo é que nos apurámos para as meias-finais depois de ultrapassar um grupo complicado. Realizámos bons jogos, por isso foi motivante para o futuro. Infelizmente falhámos na meia-final e neste último jogo, que dava acesso aos Jogos Olímpicos.

Topo