Expectativa cresce em Israel com o EURO

O Europeu Sub-21 de 2013 ainda pode parecer muito distante para os 52 países que participaram no sorteio da fase de qualificação, esta quinta-feira, mas para a anfitriã Israel já se afigura no horizonte.

O sorteio decorreu esta quinta-feira
O sorteio decorreu esta quinta-feira ©UEFA.com

O Campeonato da Europa Sub-21 de 2013 ainda está a dois anos de distância, mas Israel, anfitriã da fase final, já atravessa um estado de considerável entusiasmo, depois do sorteio da fase de qualificação ter sido realizado esta quinta-feira, em Nyon, Suíça.

O anfitrião participa automaticamente na fase final, o que deixou Ori Shilo, director-executivo da Federação Israelita de Futebol, o papel de observador no sorteio – não que isso tenha esmorecido o seu entusiasmo. "Hoje estamos tão empolgados que estar na sala já foi um sonho para todos nós", disse Shilo ao UEFA.com. "Realizámos um trabalho muito grande para garantir a realização da fase final em Israel, e ainda era difícil de acreditar quando entrámos na sala à frente dos restantes países para o sorteio e vimos o nosso nome como anfitrião."

O Comité Executivo da UEFA atribuiu a edição de 2013 a Israel no dia 27 de Janeiro, e para Shilo e a sua equipa, as memórias não são menos agradáveis por terem sido tão recentes. "Anteriormente, estivemos muito perto de ser escolhidos, por isso estávamos nervosos", revelou, quando recordou o momento da decisão de atribuir a Israel a primeira fase final de uma prova da UEFA.

"No dia em que era aguardada a decisão, cheguei a falar com o nosso presidente de cinco em cinco minutos, e não consigo descrever o quanto estava expectante. Hoje foi possível estarmos mais calmos, porque não participávamos no sorteio, antes queríamos saber em que grupos tinham ficado Inglaterra e Alemanha. É óptimo saber que temos sido bem-sucedidos até ao momento, mas nos próximos dois anos e meio ainda temos muito trabalho pela frente para garantir que esta competição seja memorável."

Apesar de Israel não ter conseguido passar da fase de grupos na edição que se conclui este ano, Shilo destaca que as boas exibições do país a nível de clubes são um sinal de que o futebol israelita está a crescer. "Israel tem dado passos firmes na UEFA Champions League e na UEFA Europa League com Maccabi Haifa, Maccabi Tel-Aviv e Hapoel Tel-Aviv", disse.

"Antes não ouvíamos sequer o hino da UEFA Champions League, mas quando isso acontece, vemos as crianças a festejar e a agitar bandeiras. Agora, o Europeu Sub-21 vai ser uma grande inspiração para o futebol e uma oportunidade para as pessoas conhecerem Israel."

Topo