O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Últimas do EURO Sub-21: Portugal e Dinamarca seguem só com vitórias

Portugal bateu a Inglaterra por 2-0 e somou a segunda vitória em dois jogos no Campeonato da Europa de Sub-21, tal como a Dinamarca, que também voltou a vencer, num domingo em que Croácia e França também triunfaram.

Portugal venceu a Inglaterra no domingo
Portugal venceu a Inglaterra no domingo Getty Images

Com dois golos na segunda parte, Portugal derrotou este domingo a Inglaterra e somou a segunda vitória em dois jogos no Grupo D. Também a Dinamarca segue 100 por cento vitoriosa, depois de bater a Islândia, continuando no topo do Grupo C, mas vitórias de Croácia e França deixam ainda todos os lugares nos quartos-de-final em aberto para os jogos decisivos de terça e quarta-feira.

Sábado, um golo aos 84 minutos valeu à Alemanha um precioso empate ante os Países Baixos, enquanto a Roménia foi a única selecção a ganhar, acabando com o sonho da anfitriã Hungria; a Espanha manteve a liderança do Grupo B ao empatar sem golos ante a Itália.

Classificações actualizadas dos grupos

Domingo

Grupo C

Islândia 0-2 Dinamarca (Győr)
A Dinamarca alcançou a segunda vitória em dois jogos e garantirá desde já o apuramento para a fase seguinte se a França não derrotar a Rússia, resultado que permitirá à Islândia continuar ainda a sonhar. Os dinamarqueses marcaram os seus dois golos logo nos primeiros 18 minutos, por intermédio de Gustav Isaksen, com um bonito remate em arco, e Mads Bech. A Islândia ainda desperdiço uma grande penalidade e o resultado não sofreu mais alterações.

Rússia 0-2 França (Szombathely)
A França igualou a Rússia com três pontos graças a dois penáltis convertidos ainda na primeira parte. Odsonne Édouard fez o 1-0 ao converter o primeiro "castigo máximo" aos 15 minutos e Jonathan Ikoné não perdoou no segundo, nove minutos mais tarde, batendo a sua grande penalidade "à Panenka" fazendo o 2-0. A Rússia tinha, antes, ficado perto de marcar por Arsen Zakharyan e, perto do fim, também viu Denis Makarov e Fedor Chalov disporem de boas oportunidades.

Grupo D

Portugal - Inglaterra (Ljubljana)
Portugal ficou muito perto de garantir um lugar nos quartos-de-final depois de conseguir a segunda vitória em dois jogos no Grupo D. Ben Godfrey, com um corte em cima da linha, ainda adiou o golo dos pupilos de Rui Jorge, mas estes acabariam por se colocar, com justiça, na frente do marcador no arranque da segunda parte, graças a uma excelente finalização de Dany Mota, assistido por Pedro Gonçalves. Vindo do banco, Francisco Trincão fixou o resultado em 2-0 na transformação de uma grande penalidade cometida sobre outro suplente, Gonçalo Ramos. A Inglaterra continua sem qualquer ponto somado.

Croácia 3-2 Suíça (Koper-Capodistria)
A Suíça dominou a primeira parte, mas acabou por ser ela a sofrer o único golo dos primeiros 45 minutos, assinado por Luka Ivanušec, e a Croácia marcou depois por mais duas vezes no espaço de quatro minutos perto da hora de jogo. Nikolo Moro, de penálti, e Dario Vizinger, colocaram então o resultado em 3-0, antes de surgir a reacção helvética. Kastriot Imeri reduziu de penálti e aos 89 minutos um autogolo ainda lançou dúvidas quanto ao desfecho, mas a Croácia igualou mesmo os três pontos da Suíça na tabela.

Sábado

Grupo A

Hungria 1-2 Roménia (Budapeste)
A Roménia esteve a perder mas acabou por ganhar e chegar aos quatro pontos, deitando por terra as aspirações dos co-anfitiões, que se viram reduzidos a dez jogadores em cima do intervalo mas que ainda assim conseguiram ganhar vantagem aos 56 minutos, por intermédio de András Csonka. Com um grande golo, contudo, Alexandru Mățan restabeleceu a igualdade e, depois, assistiu Pașcanu para para a cambalhota no marcador, já perto do fim.

Resumo: Alemanha 1-1 Países Baixos (2 mins)
Resumo: Alemanha 1-1 Países Baixos (2 mins)

Alemanha 1-1 Países Baixos (Székesfehérvár)
Lukas Nmecha marcou a seis minutos do fim e manteve a Alemanha na frente do grupo. Os Países Baixos pareciam caminhar para o triunfo quando Justin Kluivert abriu o marcador após roubar a bola ao guarda-redes contrário, no início do segundo tempo, mas dois minutos depois de saltar do banco Jonathan Burkardt trabalhou bem na direita e assistiu Nmecha para o empate final.

Grupo B

Eslovénia 1-1 República Checa (Celje)
A co-anfitriã Eslovénia viu a vitória fugir-lhe ao cair do pano devido a um autogolo. Derrotados na estreia em fases finais pela Espanha, na primeira jornada, os eslovenos marcaram aos 32 minutos, por Aljoša Matko. Mas quando parecia que o resultado não sofreria mais alterações, Nik Prelec desviou para o fundo da própria baliza um cruzamento de Dominik Janošek, a quatro minutos do fim, e ofereceu aos checos o segundo empate em dois jogos no grupo.

Resumo: Eslovénia 1-1 República Checa (2 mins)
Resumo: Eslovénia 1-1 República Checa (2 mins)

Espanha 0-0 Itália (Maribor)
A Espanha, detentora do troféu, foi travada por uma Itália muito consistente. Os italianos até estiveram perto de marcar, num remate de Davide Frattesi que ainda tocou na trave e o nulo subsistiu mesmo até ao fim. Perto do fim, houve ainda dois cartões vermelhos para a Itália e um para a Espanha, que continua no topo do grupo com dois pontos de avanço.

Onde ver os jogos