O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Portugal - Inglaterra: retrospectiva, guia de forma, confrontos

Portugal e Inglaterra vão medir forças na segunda jornada e os duelos entre os dois países nos Sub-21 têm sido bastante equilibrados.

Portugal venceu a Croácia na primeira jornada
Portugal venceu a Croácia na primeira jornada Getty Images

Portugal e Inglaterra vão medir forças na segunda jornada e os duelos entre os dois países em Campeonatos da Europa de Sub-21 da UEFA têm sido bastante equilibrados.

• No encontro do Grupo D no Stadion Stožice, em Ljubljana, vão defrontar-se duas equipas que têm sido presenças regulares nas fases finais dos últimos anos, com Portugal a estar presente pela terceira vez nos últimos quatro Europeus de Sub-21 e a Inglaterra estar na oitava fase de grupos consecutiva.

• Portugal bateu a Croácia por 1-0 no seu jogo de estreia, mercê de um golo do recém-entrado Fábio Vieira aos 68 minutos, ao passo que a Inglaterra perdeu pelo mesmo resultado frente à Suíça.

EURO Sub-21 de 2021: conheça as equipas
EURO Sub-21 de 2021: conheça as equipas

Confrontos anteriores
• O último duelo entre os dois países foi no Torneio de Toulon de 2016, com Lewis Baker a marcar o único golo para Inglaterra.

• Os últimos três jogos entre as equipas no Campeonato da Europa de Sub-21 também terminaram com 1-0 no marcador, com Portugal a sair vencedor do último duelo na fase de grupos de 2015, na República Checa. João Mário apontou o único golo aos 57 minutos, dando à sua equipa um triunfo que contribuiu para a vitória no Grupo B com cinco pontos. A Inglaterra ficou no último lugar com três.

• Este resultado terminou com uma série de quatro jogos sem vencer de Portugal em jogo oficiais com Inglaterra, foi a primeira vitória desde o triunfo por 2-1 em Liverpool a 9 de Setembro de 2003. A Inglaterra venceu Portugal por 1-0, em casa e fora, na qualificação para a fase final de 2011, graças aos golos de Danny Rose (em Londres) e Daniel Sturridge (em Barcelos).

• Portugal levou a melhor por 3-1 quando as equipas mediram forças na fase de grupos de 2002, com golos de Filipe Teixeira (7), Ariza Makukula (20 pen) e Hugo Viana (69), com Alan Smith a reduzir aos 43 minutos. Apesar disto, Portugal falhou a passagem às meias-finais, ficou em terceiro lugar no Grupo B com a Inglaterra a ser quarta.

• Portugal venceu cinco dos dez encontros oficiais entre as duas equipas (2E 3D), incluindo os duelos em casa (4-2) e fora (2-1) na qualificação para a edição de 2004, com Hélder Postiga e Ricardo Quaresma a marcarem em ambos os jogos e Cristiano Ronaldo a também apontar um golo em Rio Maior.

• Aaron Ramsdale e Ryan Sessegnon ajudaram Inglaterra a bater Portugal, por 2-1, na final do Campeonato da Europa de Sub-19 de 2017. Diogo Costa, Diogo Queirós, Diogo Dalot e Gedson Fernandes, Jota e o suplente Rafael Leão jogaram por Portugal, com Diogo Leite e Florentino Luís a serem suplentes não utilizados.

• Um "hat-trick" de Jota e um golo de Rafael Leão ajudaram Portugal a golear Inglaterra por 7-3 num torneio de Sub-17 organizado pela Federação Inglesa de Futebol em 2015. A 4 de Outubro desse ano, um golo de Jota permitiu a Portugal empatar 1-1 na recepção a Inglaterra na qualificação para o Campeonato da Europa de Sub-17 de 2016.

EURO Sub-21 de 2021: As cidades-anfitriãs
EURO Sub-21 de 2021: As cidades-anfitriãs

Guia de forma
Portugal
• Portugal marcou presença pela última vez na fase final em 2017, quando foi eliminado após ser segundo no Grupo B, atrás da Espanha. Os portugueses venceram a Sérvia (2-0) e a Macedónia do Norte (4-2), mas a derrota por 3-1 frente aos vizinhos ibéricos na segunda jornada acabou por ser decisiva.

• A equipa de Rui Jorge foi batida na final de 2015 pela Suécia, na primeira participação na prova desde 2007. Portugal tinha sido vice-campeão em 1994 e dois anos depois ficou pelos quartos-de-final. Posteriormente, a selecção portuguesa ficou em terceiro lugar em 2004, mas foi eliminada da fase final na fase de grupos em 2002, 2006 (como anfitriã), 2007 e 2017.

• No comando da equipa desde 2010, Rui Jorge levou Portugal ao segundo lugar do Grupo 7 de qualificação para a fase final de 2021. Portugal terminou empatado com a Holanda com 27 pontos, mas a derrota por 4-2 no terreno dos holandeses no terceiro desafio deixou os portugueses em desvantagem na classificação devido aos confrontos directos. Portugal venceu os restantes nove jogos, incluindo os últimos sete e terminou com um triunfo por 2-1 na recepção os Países Baixos, isto permitiu que fosse o melhor entre os nove segundos classificados.

• Portugal chega a esta edição nove vitórias em 23 jogos em fases finais do EURO Sub-21 (7E 7D).

Inglaterra
• A Inglaterra qualificou-se pela oitava vez consecutiva para a fase final de um Europeu de Sub-21, a série mais longa actualmente. Há dois anos os ingleses não conseguiram vencer qualquer jogo em Itália, sofrendo dois golos nos minutos finais nas derrotas com França (1-2) e Roménia (2-4) e empatando com a Croácia (3-3) para terminar no terceiro lugar do Grupo C.

• A Inglaterra ultrapassou a fase de grupos em três destas sete participações na fase final, embora a derrota nas grandes penalidades com a Alemanha, que viria a conquistar o título, nas meias-finais de 2017 seja a única eliminatória disputada nas últimas cinco fases finais em que participou. Vice-campeões em 2009, os ingleses também foram derrotados nas meias-finais de 2007.

• Esta é a décima participação da Inglaterra em fases finais do Europeu de Sub-21, com oito ou 12 equipas, seis das nove campanhas anteriores terminaram na fase de grupos.

• Campeã em 1982 e 1984, a Inglaterra também alcançou as meias-finais em 1978, 1980, 1986 e 1988.

• A Inglaterra venceu apenas três dos seus últimos 17 jogos da fase de grupos em fases finais (5E 9D), estando sem um triunfo há já quatro encontros (1E 3D).

• Na qualificação para esta fase final, Aidy Boothroyd - que lidera a equipa desde 2016 - não sofreu qualquer derrota, com a Inglaterra a vencer nove dos dez jogos realizados e a terminar no primeiro lugar do Grupo 3 com 28 pontos, mais dez do que a Áustria.

• A Inglaterra conseguiu atingir as últimas quatro fases finais de Sub-21 sem perder qualquer desafio. A última derrota na qualificação foi com a Bélgica, por 2-1, a 14 de Novembro de 2011, depois disso o registo é de 37V 6E.

• Eddie Nketiah foi o melhor marcador da qualificação com 13 golos. O atacante é o mais concretizador de sempre dos Sub-21 de Inglaterra com 16 golos.

Veja todas as finais dos Sub-21 de 1996 a 2017
Veja todas as finais dos Sub-21 de 1996 a 2017

Ligações e curiosidades
• Jogaram em Inglaterra:
Gedson Fernandes (empréstimo ao Tottenham 2020–)
Vitinha (empréstimo ao Wolverhampton Wanderers 2020–)
Pedro Neto (Wolverhampton Wanderers 2019–)
Diogo Dalot (Manchester United 2018–20)
Rúben Vinagre (Wolverhampton Wanderers 2017–20)
Pedro Gonçalves (Wolverhampton Wanderers 2017–19)
João Virgínia (Everton 2019–, empréstimo ao Reading 2019/20)

• Morgan Gibbs-White é companheiro de equipa no Wolves de Vitinha, Neto, Vinagre e Gonçalves.

• Também jogaram juntos:
Diogo Dalot e Mason Greenwood (Manchester United 2018–20)
Gedson Fernandes e Oliver Skipp (Tottenham 2020)

• Os golos de Fábio Vieira e Diogo Queirós ajudaram o Porto a bater o Chelsea, por 3-1, na final da UEFA Youth League de 2018/19. Diogo Costa, Diogo Leite e Vitinha alinharam pelo clube português.

• Gonçalo Ramos bisou no triunfo do Benfica, por 4-1, sobre o Liverpool nos oitavos-de-final da UEFA Youth League de 2019/20.