O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Recordes, factos e números do EURO Sub-21

Confira todos os recordes do EURO de Sub-21 e da sua competição predecessora de Sub-23.

 A Espanha conquistou a prova pela quinta vez em 2019
A Espanha conquistou a prova pela quinta vez em 2019 AFP via Getty Images

Lista de honra: finais

Campeonato da Europa de Sub-21
Fases finais com 12 equipas
2021: Alemanha 1-0 Portugal (anfitriãs: Hungria e Eslovénia)
2019: Espanha 2-1 Alemanha (Itália e San Marino)2017: Alemanha 1-0 Espanha (Polónia)

Como foram ganhas as finais dos Sub-21 entre 1996 e 2017
Como foram ganhas as finais dos Sub-21 entre 1996 e 2017

Fases finais com oito equipas (incluindo a fase de grupos)
2015: Suécia 0-0, 4-3p Portugal (República Checa)
2013: Espanha 4-2 Itália (Israel)
2011: Espanha 2-0 Suíça (Dinamarca)
2009: Alemanha 4-0 Inglaterra (Suécia)
2007: Países Baixos 4-1 Sérvia (Países Baixos)
2006: Países Baixos 3-0 Ucrânia (Portugal)
2004: Itália 4-0 Sérvia e Montenegro (Alemanha)
2002: República Checa 0-0, 3-1p França (Suíça)
2000: Itália 2-1 República Checa (Eslováquia)

Fases finais com oito equipas (a eliminar)
1998: Espanha 1-0 Grécia (Roménia)

Fases finais com quatro equipas (a eliminar)
1996: Itália 1-1, 4-2p Espanha (Espanha)
1994: Itália 1-0ap Portugal (França)

Finais a duas mãos
1992: Itália 2-1 (total) Suécia
1990: União Soviética 7-3 Jugoslávia
1988: França 3-0 Grécia
1986: Espanha 3-3, 3-0p Itália
1984: Inglaterra 3-0 Espanha
1982: Inglaterra 5-4 RFA
1980: União Soviética 1-0 RDA
1978: Jugoslávia 5-4 RDA

Campeonato da Europa de Sub-23 da UEFA

1976: União Soviética 3-2 (total) Hungria
1974: Hungria 6-3 RDA
1972: Checoslováquia 5-3 União Soviética

Recordes das equipas

Espanha - Itália: estrelas de anteriores Europeus de Sub-21
Espanha - Itália: estrelas de anteriores Europeus de Sub-21

Mais títulos
5: Itália
5: Espanha
3: Alemanha
2: Inglaterra
2: Países Baixos
2: Rússia (incluindo a União Soviética)

Mais finais
8: Espanha
7: Itália
5: Alemanha (incluindo a RFA)
4: Sérvia (incluindo a Jugoslávia/Sérvia e Montenegro)
3: Inglaterra, Portugal

Mais meias-finais
12: Itália
10: Espanha
9: Inglaterra
6: França
5: Alemanha (incluindo a RFA)
5: Países Baixos
5: Suécia

Mais jogos (incluindo a qualificação)
253: Itália
246: Inglaterra
242: Espanha
221: França
217: Alemanha (incluindo a RFA)
211: Portugal
209: Sérvia (incluindo a Sérvia e Montenegro/Jugoslávia)
207: Suécia
203: Dinamarca
202: Países Baixos

Mais golos marcados (incluindo a qualificação)
511: Alemanha (incluindo a RFA)
509: Espanha 
488: Inglaterra
466: Itália
418: Portugal
414: Países Baixos
411: França
410: Dinamarca

Maiores vitórias

Qualificação: Espanha 14-0 San Marino (08/02/2005)
Eliminatória a duas mãos: Inglaterra 6-1 França (28/02/1984), RFA 5-0 União Soviética (30/04/1982), Hungria 5-0 Polónia (26/03/1986), Dinamarca 5-0 Polónia (11/03/1992)
Fase final: Inglaterra 6-0 Turquia (29/05/2000)

Recordes de jogadores

Golos num único jogo

Qualificação: 5 – Jan Chramosta (República Checa, contra Andorra, 05/06/2012), Gojko Kačar (Sérvia, contra a Hungria, 07/09/2008)

Eliminatória a duas mãos: 4 – Aris Karasavvidis (Grécia, contra os Países Baixos, primeira mão das meias-finais, 13/04/1988), Mark Hateley (Inglaterra, contra a França, primeira mão dos quartos-de-final, 28/02/1984)

Fase final: 3 – Luca Waldschmidt (Alemanha, contra a Sérvia, 20/06/2019), Marco Asensio (Espanha, contra a Macedónia do Norte, 17/06/2017), Jan Kliment (República Checa, contra a Sérvia, 20/06/2015), Thiago Alcántara (Espanha, contra a Itália, 18/06/2013), Marcus Berg (Suécia, contra a Bielorrússia, 16/06/2009)

Golo mais rápido: 29 segundos - Florian Wirtz (Alemanha 1-2 Países Baixos)

Resumo de 2019: Alemanha 6-1 Sérvia
Resumo de 2019: Alemanha 6-1 Sérvia

Melhores marcadores

Fase final (desde a introdução da fase de grupos)
2021: Lukas Nmecha (Alemanha) 4
2019: Luca Waldschmidt (Alemanha) 7
2017: Saúl Ñíguez (Espanha) 5
2015: Jan Kliment (República Checa) 3
2013: Álvaro Morata (Espanha) 4
2011: Adrián (Espanha) 5
2009: Marcus Berg (Suécia) 7
2007: Maceo Rigters (Países Baixos) 4
2006: Klaas-Jan Huntelaar (Países Baixos) 4
2004: Alberto Gilardino (Itália), Johan Elmander (Suécia) 4
2002: Massimo Maccarone (Itália) 3
2000: David Jarolím (República Checa), Igor Tudor (Croácia), Lukáš Došek (República Checa) 2

Total (incluindo a qualificação)
2021: Odsonne Édouard (França), Eddie Nketiah (Inglaterra) 13
2019: Dawid Kownacki (Polónia), George Puşcaş (Roménia) 11
2017: Patrik Schick (República Checa) 11
2015: Saido Berahino (Inglaterra) 10
2013: Rodrigo (Espanha) 12
2011: Tomáš Pekhart (República Checa) 10
2009: Robert Acquafresca (Itália) 8
2007: Nikita Bazhenov (Rússia), Igor Denisov (Rússia), Dragan Mrdja (Sérvia), Maceo Rigters (Países Baixos), Theo Walcott (Inglaterra) 4
2006: Klaas-Jan Huntelaar (Países Baixos) 14
2004: Alberto Gilardino (Itália) 11
2002: Ricardo Cabanas (Suíça) 9
2000: Lampros Choutos (Grécia) 15
1998: Steffen Iversen (Noruega) 9
1996: Roy Makaay (Países Baixos), Ole Gunnar Solskjær (Noruega) 10
1994: Toni (Portugal) 8
1992: Peter Møller (Dinamarca) 9
1990: Igor Kolyvanov (União Soviética) 9
1988: Aristidis Karasavidis (Grécia) 5
1986: Gianluca Vialli (Itália) 4
1984: Mark Hateley (Inglaterra) 6
1982: Pierre Littbarski (RFA) 6
1980: Ramaz Shengelia (União Soviética) 3
1978: Vahid Halilhodžić (Jugoslávia) 6

Memória dos Sub-21: "hat-trick" de Berg abate a Bielorrússia
Memória dos Sub-21: "hat-trick" de Berg abate a Bielorrússia

Fases finais (desde 2000)
7 Marcus Berg (Suécia)
7 Luca Waldschmidt (Alemanha)
5 Adrián (Espanha)
5 Saúl Ñíguez (Espanha)

Total, incluindo a qualificação
15 Lampros Choutos (Grécia)
15 Tomáš Pekhart (República Checa)
15 George Puşcaş (Roménia)
14 Klaas-Jan Huntelaar (Países Baixos)
14 Roy Makaay (Países Baixos)
14 Marcus Ingvartsen (Dinamarca)
13 Odsonne Édouard (França)
13 Eddie Nketiah (Inglaterra)

Mais jogos

Fases finais (desde 2000)
13 Branislav Ivanović (Sérvia/Sérvia e Montenegro)
11 Dejan Milovanović (Sérvia/Sérvia e Montenegro)
10 Thiago Alcántara (Espanha)
10 Nathaniel Chalobah (Inglaterra)
10 David de Gea (Espanha)
10 Nathan Redmond (Inglaterra)

No total, incluindo a qualificação
32 James Milner (Inglaterra)
29 Jan Polák (República Checa)
28 Mickaël Landreau (França)
27 Gerard Deulofeu (Espanha)
27 Branislav Ivanović (Sérvia/Sérvia e Montenegro)

Maiores assistências

Final dos Sub-21: 35.500 – Itália - Espanha (31/05/1996, Barcelona)
Fase final dos Sub-21 (sem ser a final): 30.000 – Suíça - Itália (22/05/2002, Basileia)
Eliminatória a duas mãos dos Sub-21
: 32.152 – Espanha - Itália (29/10/1986, Valladolid)
"Play-off" de qualificação dos Sub-21
: 42.000 – Turquia - Alemanha (18/11/2003, Istambul)
Fase de grupos da qualificação dos Sub-21
: 38.763 – Rússia - Sérvia (11/09/2018, Nizhniy Novgorod)
Sub-23: 67.392 – Áustria - Checoslováquia (15/10/1972, Viena)

Última actualização: 06/09/2021