Kliment vence Bota de Ouro

Jan Kliment, autor de apenas três golos na primeira divisão durante a carreira, venceu a Bota de Ouro adidas graças ao "hat-trick" apontado na segunda jornada pela República Checa.

Jan Kliment festeja o seu memorável "hat-trick" pelos anfitriões na segunda jornada
Jan Kliment festeja o seu memorável "hat-trick" pelos anfitriões na segunda jornada ©Getty Images

Jan Kliment, ponta-de-lança da República Checa, venceu o prémio Bota de Ouro adidas, mercê do "hat-trick" que apontou frente à Sérvia, na segunda jornada.

Kliment marcou três golos no decorrer dos primeiros 56 minutos da partida que terminou com o triunfo checo, por 4-0, a 20 de Junho. O dianteiro de 21 anos, que desde então trocou o Jihlava pelos alemães do Estugarda, foi uma surpresa na lista de convocados da República Checa para a fase final, isto depois de ter apontado apenas dois golos nos 15 jogos do escalão principal que disputou na época transacta. Com efeito, Kliment contabiliza somente três golos na primeira divisão checa durante toda a sua carreira.

"É o ponto mais alto da minha carreira e nem considerava muito este prémio. Ainda assim, nunca ganhei tamanha distinção e nem sonhava em vencer o prémio, mesmo após o jogo com a Sérvia. Estava mais concentrado na minha equipa e no jogo frente à Alemanha. Ainda hoje penso sobre o empate que ditou a nossa eliminação", afirmou Kliment. 

Kliment terminou à frente de cinco jogadores que apontaram dois golos no torneio. Entre eles contam-se John Guidetti e Simon Tibling, da campeã Suécia, e João Mário, cuja selecção portuguesa perdeu na final de Praga.

Fase final
Bota de Ouro: Jan Kliment (República Checa) – 3 golos
Bota de Prata: Kevin Volland (Alemanha) – 2 golos, 1 assistência
Bota de Bronze: John Guidetti (Suécia) – 2 golos, 1 assistência
João Mário (Portugal) – 2 golos
Simon Tibbling (Suécia) – 2 golos
Kevin Volland (Alemanha) – 2 golos

Assistências e só depois minutos jogados (com o jogador que possuir a melhor relação golos/minutos a ter vantagem) são utilizados para desempatar jogadores com o mesmo número de golos.

Antigos vencedores*
2013 – Álvaro Morata, Espanha (4)

2011 – Adrián López, Espanha (5)
2009 – Marcus Berg, Suécia (7)
2007 – Maceo Rigters, Holanda (4)
2006 – Klaas-Jan Huntelaar, Holanda (4)
2004 – Alberto Gilardino, Itália (4)
2002 – Massimo Maccarone, Itália (3)
2000 – Andrea Pirlo, Itália (3)

* Formato actual

Melhores marcadores da edição de 2015 (incluindo a qualificação)
10 – Saido Berahino (Inglaterra)
9 – Arkadiusz Milik (Polónia)
8 – Kevin Volland (Alemanha), Álvaro Morata (Espanha), Emil Atlason (Islândia), Munas Dabbur (Israel) 
7 – Philipp Hofmann (Alemanha), Marcelo Brozović (Croácia), Quincy Promes (Holanda)

Pode encontrar mais informação sobre a Bota de Ouro aqui.

Topo