O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Boletim do EURO Sub-21: Quinta-feira, 18 de Junho

As selecções do Grupo B entraram finalmente em acção nesta fase final do EURO Sub-21 de 2015, enquanto as do Grupo A passaram o dia a recuperar dos jogos da véspera.

Inglaterra e Portugal ofereceram um bom espectáculo em Uherske Hradiste, com a selecção das "quinas" as levar a melhor
Inglaterra e Portugal ofereceram um bom espectáculo em Uherske Hradiste, com a selecção das "quinas" as levar a melhor ©Sportsfile
O desafio da bola na barra dos checos
O desafio da bola na barra dos checos

Grupo A
República Checa
Os 11 jogadores que actuaram de início frente à Dinamarca realizaram treino ligeiro composto por alongamentos e corrida, treino esse orientado por Radek Bejbl, antigo internacional checo que fazia parte da equipa finalista vencida do UEFA EURO '96 e que faz agora parte da equipa técnica de Jakub Dovalil. Os restantes jogadores cumpriram uma sessão de treino normal antes de assistirem ao Desafio da Barra entre Adam Jánoš e Ladislav Takács.

Dinamarca
Jogadores e treinadores acompanharam com atenção as eleições gerais realizadas esta quinta-feira no seu país. Aqueles que ainda residem no seu país tinham já ido votar juntos antes de rumarem a Praga. A equipa treinou de manhã, com Frederik Sørensen a ficar de fora da sessão de treino devido a um problema muscular na coxa que está ainda a ser avaliada. À tarde houve tempo para socializar com amigos e família presentes na República Checa, antes de jantarem em conjunto.

Marc-André ter Stegen durante o treino
Marc-André ter Stegen durante o treino©Sportsfile

Alemanha
BOs preparativos para o jogo com a Dinamarca decorrem já a todo o gás, com a compilação dos dados recolhidos da observação do outro jogo de quarta-feira do Grupo A. Na conferência de imprensa que contou com a presença de Marc-André ter Stegen, a imprensa alemã mostrou curiosidade em saber como é a relação deste com Bernd Leno, o principal concorrente do guarda-redes do Barcelona à titularidade na baliza germânica. "Existe um enorme respeito mútuo", salientou o vencedor da UEFA Champions League. "Mas não precisamos de nos estarmos sempre a abraçar, a competição é demasiado dura para isso."

Sérvia
Os jogadores reuniram-se de manhã para analisarem o seu jogo de estreia na prova, antes de assistirem a uma palestra sobre manipulação de resultados preparada pela UEFA. Depois do almoço, Uroš Spajić e Aleksandar Pešić marcaram presença na conferência de imprensa da equipa. "Sinceramente, não esperava que a República Checa perdesse com a Dinamarca. Agora, as duas selecções - República Checa e Sérvia - estão sob pressão. Eles vão jogar, talvez, o tudo ou nada e vão contar com o apoio de um estádio que estará lotado. Nunca é fácil defrontar a equipa da casa. Eles mostraram muita qualidade nos primeiros 45 minutos do jogo com a Dinamarca e teremos de esgar atentos no sábado", afirmou Spajić. A Sérvia repousou durante o princípio da tarde, antes de os jogadores se juntarem novamente no relvado para uma sessão de treino ligeira.

Veja como a Suécia deu a volta à Itália
Veja como a Suécia deu a volta à Itália

Grupo B
Itália 1-2 Suécia
• Isaac Kiese Thelin converteu um penalty perto do fim que permitiu à Suécia dar a volta ao marcador e somar um triunfo no arranque do Grupo B, num jogo em que ambas as selecções terminaram reduzidas a dez elementos.
• "É fantástico, não sei o que dizer. Contámos com um apoio incrível por parte dos nossos adeptos aqui presentes e foi por eles que fizemos isto", destacou o médio sueco Oscar Lewicki.

Inglaterra 0-1 Portugal
• João Mário marcou, aos 57 minutos, o único golo da partida e deu a Portugal uma vitória sobre a Inglaterra no jogo de estreia no Grupo B, que lhe permite manter assim o registo 100 por cento vitorioso na prova desde o início da qualificação.
• "Foi, sem dúvida, um triunfo do talento e do sacrifício", afirmou o seleccionador Sub-21 luso, Rui Jorge. Reacções.