O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
A partir de 25 de Janeiro, o UEFA.com já não vai suportar o Internet Explorer.
Para obter a melhor experiência possível, recomendamos que use Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Dier procura afirmar-se em Inglaterra

Novidade na selecção inglesa de Sub-21, o defesa/médio do Sporting, Eric Dier, espera dar-se a conhecer no seu país, onde é praticamente desconhecido.

Eric Dier (ao centro) em acção frente ao Benfica, na época passada
Eric Dier (ao centro) em acção frente ao Benfica, na época passada ©Getty Images

Quando a Inglaterra anunciou os convocados da selecção Sub-21 para o amigável de sexta-feira, frente à Escócia, em Sheffield, havia um novo nome na lista que deixou algumas pessoas curiosas em "terras de Sua Majestade".

Eric Dier é praticamente desconhecido no país onde nasceu e onde passou os primeiros anos de vida, mas o defesa, que ascendeu nos escalões de formação do Sporting Clube de Portugal, está prestes a anunciar-se no seu país-natal. Neto do antigo secretário da Federação Inglesa de Futebol (FA), Ted Croker, Dier deixou a sua casa em Cheltenham aos dez anos, quando os pais optaram por permanecer em Portugal, após o seu envolvimento no UEFA EURO 2004. O seu talento foi imediatamente descoberto e num ápice rumou à academia do Sporting.

Fluente em português, Dier evoluiu bem e beneficiou de um empréstimo de 18 meses ao Everton FC, antes de regressar a Lisboa no Verão passado, estreando-se pelo Sporting em Novembro, na vitória caseira por 1-0 sobre o SC Braga – onde fez a assistência para o tento solitário. "Foi tudo muito rápido", disse o jovem de 19 anos à imprensa sobre a sua estreia. "[Frank] Vercauteren [na altura treinador do Sporting] só me disse que ia jogar poucos minutos antes do início da partida. O nosso guarda-redes, Rui Patrício, disse-me que devia desfrutar do momento, pois a estreia só acontece uma vez na vida. Foi o que fiz", prosseguiu.

Desde então, Dier alinhou como lateral-direito, defesa-central e médio-defensivo nos "leões", e parece ser para esta última posição que está destinado. "Só quero jogar, não interessa onde", disse. Presença forte e versátil, com tempo de corte oportuno, o inglês mostra-se confortável com a bola nos pés e possui boa capacidade de passe – que resultou na sua mudança da defesa para o meio-campo.

Quanto ao futuro, Dier acredita que está no clube certo para desenvolver o seu talento óbvio. "Tenho apenas 19 anos, sou muito novo e o Sporting é o clube ideal para mim neste momento", disse no final da temporada passada à imprensa. "Não quero pensar em mais nada. Quero conquistar troféus e, se um dia deixar o Sporting, que seja com títulos no meu currículo. Se não for esse o caso, quero ganhar títulos aqui até ao fim da minha carreira. Depois, sonho jogar ao mais alto nível em Inglaterra, na Premier League. Esse é o meu sonho e ambição."