O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

O dia em que a Noruega bateu a Inglaterra

Vice-presidente da federação do país, Bjarne Berntsen recorda o seu papel na histórica vitória da Noruega sobre a Inglaterra em 1981 e antevê o confronto de sábado.

Bjarne Berntsen fazia parte da selecção da Noruega que bateu a Inglaterra em 1981
Bjarne Berntsen fazia parte da selecção da Noruega que bateu a Inglaterra em 1981 ©Sportsfile
A Noruega festeja uma vitória histórica
A Noruega festeja uma vitória histórica©Getty Images

Se a selecção Sub-21 da Noruega anda à procura de inspiração para a partida de sábado, do Grupo A, frente à Inglaterra, pode encontrá-la numa conversa com um membro da delegação fazendo uma viagem pelas suas memórias.

Actual vice-presidente da Federação Norueguesa de Futebol (NFF), Bjarne Berntsen fez parte da equipa que derrotou a Inglaterra em 1981, na qualificação para o Campeonato do Mundo do ano seguinte, em Espanha, numa altura em que metade da selecção nórdica era formada por jogadores amadores.

“Um momento histórico”, assim define Berntsen, na altura professor do ensino básico a jogar futebol no Viking FK, sobre o regresso ao passado, três décadas atrás, para falar sobre a vitória por 2-1, no dia 9 de Setembro de 1981, a primeira em seis tentativas contra a selecção inglesa.

Para o reencontro nos Sub-21, Berntsen anseia pela vitória no Estádio Ha Moshava, no sábado. Apesar do empate com Israel averbado pela equipa de Tor Ole Skullerud, na quarta-feira, o antigo jogador e agora dirigente gostou do desempenho em campo – “tivemos 11 grandes oportunidades contra três deles” – e aponta como incentivo a forma apertada como a Noruega perdeu duas vezes com a Inglaterra na fase de qualificação. “Talvez tenhamos feito o nosso melhor jogo [da ronda] de qualificação em Chesterfield”, disse.

“Acredito que teremos uma oportunidade se estivermos num dia bom.
 “Se vencermos a Inglaterra será eliminada, pelo que eles estarão pressionados. Sabemos que podemos conseguir um bom resultado e vencer será um resultado excelente. Porque a Inglaterra chegou a esta competição no lote dos favoritos, penso que estará a sofrer essa pressão.” A Inglaterra sobre pressão? Faz lembrar um final de tarde de Outono em 1981...