O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Chalobah: Inglaterra tem de reagir

Nathaniel Chalobah, médio da Inglaterra, diz que a equipa "não pode desistir após um jogo", mas procurar reagir à derrota com a Itália e somar os três pontos diante da Noruega.

Nathaniel Chalobah quer reacção inglesa
Nathaniel Chalobah quer reacção inglesa ©Getty Images

O médio Nathaniel Chalobah não quer que a Inglaterra desista após a exibição menos conseguida na estreia com a Itália, mas reconhece que a equipa tem de aprender depressa se quiser obter um bom resultado na partida com a Noruega.

Membro da selecção inglesa de Sub-17 que derrotou a Espanha e conquistou o Campeonato da Europa da categoria, em 2010, no Liechtenstein, Chalobah sabe o que é preciso para ter sucesso no futebol a este nível da competição. No entanto, o médio nada pôde fazer para ajudar a sua equipa a evitar a derrota com a Itália (1-0), num jogo em que apenas entrou na segunda parte.

Nathaniel Chalobah durante um treino
Nathaniel Chalobah durante um treino©Getty Images

"Foi um resultado decepcionante, mas penso que o mais importante é levantarmos a cabeça e pensarmos no próximo jogo porque aqui tudo acontece muito rápido. Foi a nossa estreia no torneio e os nervos ditaram leis. Não jogámos de acordo com o nosso potencial. Temos de dar o melhor para ganharmos na segunda jornada", afirmou o médio do Chelsea FC, esperançado numa reacção positiva no segundo jogo, diante da Noruega, selecção que os ingleses derrotaram por duas vezes na fase de qualificação para este Europeu de Sub-21.

"O treinador falou connosco no balneário depois do jogo e disse-nos para continuarmos confiantes. Não podemos desistir depois de um encontro. Temos jogadores com qualidade e com carisma na equipa. O capitão falou connosco, mas [Steven] Caulker e o guarda-redes [Jack] Butland também são influentes. Todos os jogadores se dão bem nesta equipa."