Espanha à procura de repetir sucesso na Croácia

A Croácia tem contas por ajustar com a Espanha quando, na quinta-feira, receber a detentora do troféu em Osijek, enquanto Alemanha e Turquia procurarão a quarta vitória consecutiva.

Luis Milla tem boas recordações da viagem de Espanha de há um ano à Croácia
©Action Images

Quase um ano após a Espanha ter derrotado a Croácia num "play-off" no terreno desta, a caminho do triunfo no Campeonato da Europa de Sub-21, os detentores do troféu voltam a defrontar os croatas, quando, esta semana, for retomada a fase de apuramento para a fase final de 2013.

Luis Milla, que era o responsável pelo conjunto espanhol que, a 12 de Outubro de 2010, venceu em Varazdin por 3-0, dirigirá a Espanha na Croácia na quinta-feira, à procura da vitória para o Grupo 5, depois de um par de sucessos frente à Geórgia. Para além de permitir à Croácia uma rápida oportunidade de vingar a eliminação de há quase 12 meses, o encontro de Osijek possibilita aos anfitriões poderem somar os seus primeiros pontos na "poule", após duas jornadas em branco.

A Alemanha, que não esteve presente na fase final deste ano, na Dinamarca, teve um arranque demolidor no Grupo 1, com três vitórias consecutivas, nas quais marcou 12 golos e sofreu somente um. O adversário seguinte é a Bósnia-Herzegovina, que tem quatro pontos dos seus primeiros dois encontros.

Como a Alemanha, a Turquia também teve um arranque com três triunfos consecutivos. No sábado, dois dias depois de a Itália defrontar o Liechtenstein no seu segundo jogo para o Grupo 7, a equipa de Raşit Çetiner terá como adversária a Hungria, que perdeu ambos os encontros realizados. Caso os dois primeiros classificados mantenham os seus inícios totalmente vitoriosos, alguém terá de ceder quando, na terça-feira, as duas equipas se defrontarem em Rieti.

Na sexta-feira, a ARJ da Macedónia receberá, para o Grupo 4, em Skopje, a Sérvia, que lidera o grupo com seis pontos noutros tantos possíveis. A Dinamarca, que venceu o único jogo realizado esta época, medirá forças, no mesmo dia, com as Ilhas Faroé.

Apesar de todos os grupos se encontrarem ainda nas primeiras jornadas, nenhum está mais equilibrado do que o Grupo 6, onde quatro das cinco equipas estão empatadas com três pontos, após um e dois jogos. Uma dessas formações, Portugal, pode travar a progressão de um desses conjuntos quando, na quinta-feira, receber a Polónia, antes do duelo da Rússia na República Moldava – a única equipa que ainda não pontuou – menos de 24 horas depois.

A lista completa dos encontros deste mês, que terão lugar entre 6 e 11 de Outubro, poderá ser consultada aqui.


 

Topo