Oito jogadores a observar na Suécia

De Mario Balotelli a Marcus Berg e passando por Bojan Krkić e Theo Walcott, o uefa.com apresenta-lhe oito estrelas em ascensão que deverão brilhar este Verão no Campeonato da Europa de Sub-21 da Suécia.

Mario Balotelli é uma das estrelas da selecção italiana
Mario Balotelli é uma das estrelas da selecção italiana ©Getty Images

Após o sorteio do Campeonato da Europa de Sub-21 em 2009, o uefa.com apresenta-lhe o melhor jogador de cada um dos oito finalistas, aqueles que acreditamos que possam vir a fazer a diferença na Suécia, neste Verão.

Grupo A

Bielorrússia: Sergei Kryvets
Posição: Médio
Registo na qualificação: 8 jogos, 3 golos
Data de nascimento: 8 de Junho de 1986
Clube: FC BATE Borisov

Sergei Kryvets foi o jogador que mais brilhou na campanha de qualificação da Bielorrússia, dando nas vistas depois de ter conquistado um lugar na equipa a partir do terceiro jogo e impressionando pela sua versatilidade, criatividade e capacidade concretizadora. Com um físico imponente, Kryvets foi frequentemente utilizado como médio-defensivo, mas considera-se mais eficaz como organizador de jogo e pode actuar ocasionalmente no flanco direito. A estreia na UEFA Champions League pelo FC BATE Borisov aumentou a sua confiança e deixou a sua marca na principal competição europeia de clubes com um golo no empate (2-2) contra a Juventus. Marcou ainda três golos na fase de qualificação pela selecção de Sub-21, ficando a apenas um golo do melhor marcador da equipa, Dmitri Komarovski.

Itália: Mario Balotelli
Posição: Avançado
Registo na qualificação: 3 jogos, 3 golos
Data de nascimento: 12 de Agosto de 1990
Clube: FC Internazionale Milano

Marcello Lippi já afirmou que Mario Balotelli "alcançará grandes feitos no futuro" e o atleta não deverá ter de esperar muito pela sua estreia na selecção principal. Depois de ter iniciado a sua carreira profissional ao serviço do Lumezzane Calcio, na Serie C1, com apenas 15 anos de idade, Balotelli assinou pelo FC Internazionale Milano em 2006 e marcou três golos em 11 jogos da Serie A na época 2007/08, ano em que os "nerazzurri" conquistaram o "scudetto". Marcou ainda quatro golos noutros tantos jogos para a Taça de Itália, sagrando-se o melhor marcador da competição. Teve sucesso imediato nos "azzurrini", depois de receber o passaporte italiano ao atingir os 18 anos de idade. Nascido em Palermo, filho de pais ganeses mas adoptado por uma família de Brescia desde os dois anos de idade, marcou na sua estreia no empate (1-1) ante a Grécia e marcou mais dois golos na vitória por 3-1 sobre Israel no "play-off" que valeu a qualificação à selecção italiana.

Sérvia: Gojko Kačar
Posição: Médio
Registo na qualificação: 8 jogos, 6 golos
Data de nascimento: 26 de Janeiro de 1987
Clube: Hertha BSC Berlin

Líder da nova geração sérvia, Gojko Kačar é o sonho de qualquer treinador. Com o físico de um "boxeur" - o seu tio Tadija foi medalha de prata na categoria de pesos-médios nos Jogos Olímpicos de 1976 - possui uma energia interminável e demonstra a mesma confiança no centro da defesa, do meio-campo ou do ataque. Apesar de Kačar não ter actuado no "play-off" contra a Dinamarca devido a lesão, já inscreveu o seu nome na história do país ao tornar-se o primeiro sérvio a marcar cinco golos num jogo internacional, na goleada por 8-0 à Hungria no dia 7 de Setembro. Kačar iniciou a sua carreira como defesa-central, mas depois de ter marcado 11 golos na primeira metade da temporada 2007/08 ao serviço do FK Vojvodina, foi adaptado a avançado antes de recuar para o meio-campo após a transferência para o Hertha no Verão de 2008. Fez parte da selecção sérvia que atingiu a final do Campeonato da Europa de Sub-21 em 2007 e também já actuou várias vezes pela selecção principal.

Suécia: Marcus Berg
Posição: Avançado
Data de nascimento: 17 de Agosto de 1986
Clube: FC Groningen

Marcus Berg trocou o IFK Göteborg pelo FC Groningen a meio da época passada na Suécia, em Agosto de 2007, mas ainda assim foi o melhor marcador da Allsvenskan com 14 golos em 17 jogos. Esses golos também contribuíram para a primeira vitória no campeonato do Gotemburgo em 11 anos. O seu faro pelo golo também tem sido notório no campeonato holandês, onde marcou dois golos no seu segundo jogo na Eredivisie contra o AFC Ajax, terminando a época 2007/08 como melhor marcador do Groningen, com 18 golos. Nessa época também se estreou na selecção principal da Suécia, num particular em Fevereiro na Turquia que terminou empatado a zero. Desde então, tem sido sempre convocado para os jogos de qualificação para o Campeonato do Mundo de 2010. Berg é proveniente de uma pequena vila na região de Varmland, mas por enquanto é apenas o segundo filho pródigo de Torsby no futebol - é possível, no entanto, que em breve substitua um tal de Sven-Göran Eriksson como o favorito local.

Grupo B

Inglaterra: Theo Walcott
Posição: Avançado
Registo na qualificação: 7 jogos, 1 golo
Data de nascimento: 16 de Março de 1989
Clube: Arsenal FC

Rápido, competitivo, com excelente controlo de bola e aptidão para o golo, o avançado do Arsenal é um dos jogadores ingleses mais promissores da actualidade. Walcott juntou-se ao Arsenal, oriundo do Southampton FC, a troco de 17,5 milhões de euros em Janeiro de 2006 e rapidamente revelou todo o seu potencial. Tornou-se no atleta mais jovem de sempre a representar a selecção principal de Inglaterra, com 17 anos e 75 dias, na vitória de 3-1 sobre a Hungria, em Maio de 2006. Nesse ano foi ainda surpreendido pela chamada para representar o seu país no Mundial da Alemanha. Ainda assim, a completa afirmação na selecção surgiu no passado mês de Setembro, quando assinou um "hat-trick" na vitória de 4-1 sobre a Croácia, em partida de qualificação para o Campeonato do Mundo. A presença de Walcott na equipa principal tem limitado os jogos nos Sub-21, apesar de ser sempre uma valiosa ajuda. Basta lembrar a exibição no "play-off" frente à Alemanha, em 2007, tendo sido decisivo no apuramento da Inglaterra para a fase final do Europeu na Holanda.

Finlândia: Tim Sparv
Posição: Médio
Registo na qualificação: 9 jogos, 3 golos
Data de nascimento: 20 de Fevereiro de 1987
Clube: Halmstads BK

Tim Sparv é o motor da Finlândia e o seu líder em campo, pois é ele quem conduz o ataque da equipa e é o primeiro a defender. Sparv é ainda o capitão finlandês, uma responsabilidade que carrega facilmente. Encarregado da marcação de grandes penalidades, Sparv terminou a fase de qualificação com três golos, todos eles decisivos nas três vitórias por 1-0 sobre a Dinamarca, Eslovénia e Lituânia. Apesar de medir 1,94cm de altura, o que lhe confere um físico semelhante ao de Peter Crouch, é forte no desarme e difícil de ultrapassar. Sparv iniciou a sua carreira no Norrvalla FF antes de se transferir para o Southampton FC em 2003, onde actuou na mesma equipa de formação do inglês Theo Walcott. A falta de oportunidades na primeira equipa levou-o a ingressar no Halmstads em 2007, depois de ter representado o Vaasan Palloseura por empréstimo, e conquistou um lugar entre os titulares do Halmstads esta época, tendo actuado em 13 partidas.

Alemanha: Mesut Özil
Posição: Médio
Registo na fase de apuramento: 8 jogos, 4 golos
Data de Nascimento: 15 de Outubro de 1988
Clube: Werder Bremen

Este talentoso organizador de jogo viveu uma época de afirmação a nível de clubes, terminando da melhor forma, com a obtenção do único golo do triunfo do Werder Bremen na final da Taça da Alemanha, ante o Bayer 04 Leverkusen, a 30 de Maio. Nascido em Gelsenkirchen, iniciou a sua carreira na Bundesliga ao serviço do clube da sua cidade, o FC Schalke 04, antes de se mudar para Bremen a troco de cinco milhões de euros, em Janeiro de 2008. Se muitos colocaram questões sobre o valor dispendido pelo atleta, a verdade é que agora poucos duvidam de que foi dinheiro bem gasto, tal a visão de jogo, qualidade de passe e faro pelo golo demonstrados por Mesut Özil. O atleta, que se estreou pela principal selecção alemã em Fevereiro, beneficiou muito por jogar ao lado do brasileiro Diego, no meio-campo do Bremen. O futebolista de 20 anos fez a assistência para 15 golos e apontou três na Bundesliga de 2008/09, tendo sido uma pedra importante na caminhada da equipa até à final da Taça UEFA.

Espanha: Bojan Krkić
Posição: Avançado
Registo na qualificação: 6 jogos, 3 golos
Data de nascimento: 28 de Agosto de 1990
Clube: FC Barcelona

Com apenas 18 anos, o avançado Bojan Krkić, do FC Barcelona, já possui uma reputação de temível goleador na primeira divisão espanhola. Em paralelo com uma carreira brilhante nos escalões de formação do clube, Bojan conquistou um lugar nas selecções jovens espanholas e marcou o golo da vitória sobre a Inglaterra na final do Campeonato da Europa de Sub-17 contra a Inglaterra, em 2007. O lendário treinador de formação espanhol Juan Santisteban afirmou em tempos: "Nunca vi um jogador com tanta qualidade e imaginação". Bojan tem dado razão ao seu antigo treinador na equipa principal do Barcelona e já é o jogador mais jovem de sempre do clube a actuar na UEFA Champions League e a marcar na Liga. Apesar de ainda não estar completamente desenvolvido fisicamente, a sua velocidade, toque de bola e instinto goleador deverão garantir-lhe muito sucesso no futuro.